Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Os 10 Principais Sintomas da Leucemia

Os 10 Principais Sintomas da Leucemia

Revisado por

Formado em Clínico Geral pela USP!

Especialista do Dicas de Saúde

As Principais Causas da Leucemia que poucos sabem. Além disso, a Leucemia é um tipo de câncer do sangue que ataca os glóbulos brancos (leucócitos) responsáveis pela defesa do organismo. Essa doença se desenvolve quando as células jovens (blásticas) se acumulam e  são substituídas por células sanguíneas normais. Acredita-se também que  o problema possa ser ocasionado no momento de produção das células sanguíneas  na medula óssea. No entanto, até hoje a medicina ainda não descobriu as causas da Leucemia, somente hipóteses não comprovadas. Então, confira Os 10 Principais Sintomas da Leucemia:

LeucemiaSintomas da Leucemia: Danos à medula óssea resultam na falta de plaquetas no sangue, as quais são importantes para o processo de coagulação. Isso significa que pessoas com Leucemia podem sangrar excessivamente. As células brancas do sangue, que estão envolvidas no combate a agentes patogênicos, podem ficar suprimidas ou sem função, colocando o paciente sob risco de infecções.

Já a deficiência de células vermelhas ocasiona anemia, a qual pode causar falta de ar e fadiga. Pode ocorrer dor nos ossos ou articulações por causa da extensão do câncer a essas áreas. Dor de cabeça e vômito podem indicar que o câncer disseminou-se até o sistema nervoso central. Em alguns tipos de Leucemia pode os nódulos linfáticos podem ficar dilatados. Todos esses sintomas podem também ser atribuídos a outras doenças. Para o diagnóstico é preciso fazer teste de sangue e biópsia da medula óssea.

  • Febre ou calafrios
  • fadiga
  • Fraqueza
  • Infecções frequentes ou graves
  • Perda de peso sem esforço
  • Aumento do fígado ou do baço
  • Sangramento fácil ou hematomas
  • Hemorragias nasais recorrentes
  • Manchas vermelhas minúsculas na pele
  • Transpiração excessiva (principalmente à noite)
  • Dor nos ossos ou articulações.

Tratamento para Leucemia: O tratamento é bastante específico para cada tipo de Leucemia. Em geral, os quadros de Leucemia aguda exigem intervenção emergencial com quimioterapia, e com frequência são encaminhados para fila de transplante de medula óssea. Já nos casos de Leucemia crônica, o tratamento não costuma ser tão urgente e nem tão agressivo, exigindo apenas um acompanhamento profissional regrado e métodos mais brandos de estabilização do quadro. O tratamento cirúrgico não é muito comum nos casos de Leucemia, por dificilmente haver presença de tumores. A radioterapia ocasionalmente é utilizada para tratar casos de Leucemia crônica.

Assim como a grande maioria dos quadros de câncer, é muito difícil se atingir a cura – o que se busca é a estabilização do quadro. É importante reforçar que pessoas portadoras de Leucemia podem conviver com o diagnóstico levando uma vida longa e de qualidade, desde que os tratamentos adequados sejam administrados corretamente.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.