Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos

Pancreatite Aguda – Causas, Sintomas e Tratamentos

Pancreatite Aguda – Causas, Sintomas e Tratamentos
Gostou do post? Avalie!

Pancreatite Aguda – Causas, Sintomas e Tratamentos capazes de reduzirem as dores e eliminar de vez essa doença. Além disso, a Pancreatite Aguda é a inflamação no pâncreas. O pâncreas é uma glândula localizada atrás do estômago no abdome superior. Entre as suas funções está fazer a digestão das gorduras e carboidratos que ingerimos usando o suco pancreático, substância que contém enzimas digestivas.

Algumas pessoas têm mais que um ataque e se recuperam completamente após cada um deles, mas a Pancreatite Aguda pode ser grave, com risco de vida e muitas complicações. Cerca de 80 000 casos ocorrem nos Estados Unidos a cada ano, cerca de 20% deles são graves. A Pancreatite Aguda ocorre, em nosso meio (Brasil), mais freqüentemente em mulheres que em homens.Além disso, o pâncreas é responsável por produzir os hormônios insulina e glucagon. A insulina é responsável por reduzir as taxas de açúcar no sangue, ao passo que o glucagon tem o efeito contrário, aumentando essas concentrações.

A Pancreatite Aguda ocorre subitamente e dura por um curto período de tempo e geralmente melhora. A pancreatite crônica não melhora por si só e conduz a uma destruição gradativa do pâncreas. Qualquer uma das formas pode causar complicações sérias.

Nos casos graves, podem ocorrer hemorragia, lesão tecidual e infecção. Pseudocistos, que são acúmulos de líquido e restos de tecido, também podem se desenvolver. As enzimas e toxinas podem entrar na circulação sanguínea, lesar o coração, pulmões e rins, ou outros órgãos. Então, confira mais sobre a Pancreatite Aguda – Causas, Sintomas e Tratamentos:

Sintomas de Pancreatite Aguda: Alguns sintomas podem aumentar a dor e o desconforto.

  • Quando algum desses sintomas for acompanhado de dor abdominal, você deve procurar cuidados médicos imediatos.
  • Abdome distendido e sensível;
  • Febre;
  • Náuseas;
  • Vômito;
  • Icterícia (amarelamento da pele);
  • Diarreia;
  • Inchaço;
  • Sudação intensa;
  • Pulso rápido;

A dor pode variar dependendo de certos fatores. Esses incluem:

  • Dor dentro após beber ou comer comida;
  • Dor espalhando-se do seu abdômen para as costas ou área do ombro esquerdo;
  • Dor que dura vários dias de cada vez;
  • Dor quando você deita de costas, mais do que quando está sentado.

Causas de Pancreatite Aguda: A Pancreatite Aguda é causada direta ou indiretamente. As causas diretas afetam o próprio pâncreas, seus tecidos ou seus ductos. Causas indiretas resultam de doenças ou condições que se originam em outro lugar em seu corpo.

A Pancreatite Aguda ocorre quando as enzimas digestivas produzidas no pâncreas são ativadas no interior do órgão, causando danos. Durante a digestão normal, as enzimas pancreáticas inativadas se movem por meio de ductos presentes no pâncreas e viajam para o intestino delgado, onde são ativadas e ajudam na digestão.

Isto faz com que essas enzimas causem irritação às células do pâncreas, causando inflamação e os sinais e sintomas associados à Pancreatite Aguda. A Pancreatite Aguda ocorre quando essa inflamação acontece de repente, e não costuma durar mais do que alguns dias. Dentre as diversas causas, estão:

  • Cálculo biliar;
  • Ataques súbitos do sistema imunológico no pâncreas ou pancreatite autoimune;
  • Dano de pancreático ou cirurgia ou lesão da vesícula biliar;
  • Gorduras excessivas chamadas triglicerídeos em seu sangue;
  • Cirurgia abdominal;
  • Complicações decorrentes de fibrose cística;
  • Hipercalcemia;
  • Genética
  • Hiperparatireoidismo;
  • Infecções virais, como caxumba e pneumonia;
  • Lesões no abdômen;
  • Câncer de pâncreas;
  • Doenças autoimunes;
  • Doença de Kawasaki;
  • Síndrome de Reye.

Tratamento da Pancreatite Aguda: O tratamento é clínico, que inclui jejum (até melhora do quadro de dor e dos vômitos), hidratação intensa (com soro na veia) e medicamento para controle da dor e dos vômitos. Há a necessidade de se tirar o fator causador, como abstinência alcoólica, suspensão de medicamentos, correção das alterações metabólicas, etc. Obviamente esse paciente deve permanecer internado em hospitais.

A cirurgia é indicada nos casos que tem como causa o trauma abdominal e que se associam com lesões de outros órgãos (baço, fígado, rim, intestinos, vasos sanguíneos, etc) ou quando evolui com alguma complicação grave como formação de cisto, abscesso (coleção de pus) ou necrose parcial ou total do pâncreas.

Este artigo foi útil?
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 Votos, Média: 3,00 de 5)
Loading...

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 Votos, Média: 3,00 de 5)
Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.