Dicas de Saúde Efeitos Colaterais

Os 10 Efeitos Colaterais Pepino

Os 10 Efeitos Colaterais Pepino

Revisado por

Dermatologia graduada pela Unicamp

Especialista do Dicas de Saúde

Os 10 Efeitos Colaterais Pepino
4.8 (95.82%) 273 votos

Os Efeitos Colaterais Pepino são raros, Porém, o que pode ser benéfico para algumas pessoas, para outras pode ocorrer certos efeitos colaterais. Além disso, quem não gostaria de comer um pepino crocante e refrigerado? Você pode adicioná-lo às suas saladas, massas, ou sanduíche ou apenas grelhá-los com um tempero de sua preferência! Você pode mesmo cozê-los como suas batatas fritas favoritas! Embora ofereça uma grande variedade de benefícios, ele também tem muitos efeitos colaterais. Um arroto embaraçoso e uma pele pruriginosa são dois dos efeitos colaterais mais comumente relatados ao consumir o pepino. Então, confira Os 10 Efeitos Colaterais Pepino.

Efeitos colaterais do pepino

O Pepino Pode Causar Efeito Tóxico: A presença de toxinas, como cucurbitacinas e triterpenoides tetracíclicos em pepino, é um ponto a se preocupar. Estudos têm provado que estes elementos desencadeiam o sabor amargo nestes legumes maravilhosos. Pesquisas apontam que consumir pepino além da moderação pode ser fatal.

Pepino Pode Causar Perda Excessiva de Líquido: As sementes de pepino são fonte de cucurbitina, um ingrediente que é conhecido por conter propriedades diuréticas. Mesmo que a natureza diurética seja leve, a ingestão excessiva pode revelar-se prejudicial para você. Quando ingerido em grandes quantidades, estes ingredientes diuréticos resultam em eliminação excessiva de fluido de seu corpo, dificultando o equilíbrio eletrolítico. Em condições extremas, pode deixá-lo gravemente desidratado!

Pode Causar Excesso de Vitamina C: A Vitamina C é um elemento impulsionador do sistema imunológico. Além disso, ele desempenha um papel importante na prevenção e combate a vários problemas de saúde, incluindo gripe e escorbuto. É também um poderoso antioxidante. No entanto, exceder os limites recomendados tem seu próprio conjunto de efeitos nocivos. A Vitamina C, quando ingerida em quantidades extremamente grandes, age como um pró-oxidante contra a sua natureza antioxidante inata. Isto, por sua vez, desencadeia o crescimento e a propagação dos radicais livres. E, quando os radicais livres vagam pelo seu corpo, você tem um risco mais elevado de câncer, acne, envelhecimento precoce, e assim por diante.

Pepino Pode Ser Nocivo Para o Sistema Renal: A hipercalemia é uma condição médica que surge devido à presença do alto teor de Potássio no corpo. Ele leva ao inchaço, cólicas abdominais e gases intestinais, inicialmente. O problema piora ao longo do tempo, dificultando o funcionamento dos rins de forma eficaz. Isso, por sua vez, coloca seu sistema renal no risco de sucumbir aos danos.

Pepino Pode Causar Danos ao Coração: O pepino, como todos sabem, contém mais de 90% de água em sua composição. E bebe-lo em excesso pode provocar uma ingestão excessiva deste vegetal carregado de fibra. Quanto maior a ingestão de água, maior será o volume líquido de sangue. Isto, por sua vez, exerce pressão sobre os vasos sanguíneos e o coração. O resultado: seu coração e os vasos sanguíneos terá danos indesejados. A presença excessiva de água também pode criar um desequilíbrio nos níveis de eletrólito do sangue, o que realmente provoca uma infiltração nas células. Isso levará a dores de cabeça frequentes e obstrução da respiração.

efeitos-coaterais-do-pepino

Pepino Pode Causar Alergia ao Leite: Isso soa estranho, mas é verdade. Muitas vezes, os agricultores usam cera para revestir a pele destes vegetais frágeis para protegê-lo de insetos, bem como danos de transporte. A cera é composta de inúmeros ingredientes, incluindo caseína de leite, sabonetes e álcool etílico. As pessoas alérgicas ao leite podem demonstrar uma reação alérgica à caseína do leite também.

Pepino Pode Causar Inchaço e Flatulência: Pepinos, como mencionado acima, contêm um ingrediente chamado cucurbitacina. Este elemento pode provocar uma indigestão em certas pessoas, especialmente se eles têm um sistema digestivo sensível. A indigestão desencadeia o inchaço e flatulência, que seu corpo tenta eliminar na forma de arrotos e peidos.

Pepino Pode Causar Alergia Oral e da Pele: Um estudo conduzido pela Academia Americana de Alergia, Asma e Imunologia sobre as reações alérgicas do pepino em seres humanos sugerem que as pessoas que são alérgicas ao pólen de ambrósia, melões, chá de camomila, bananas e sementes de girassol também pode experimentar alergia depois de consumir este vegetal verde.

Pepino Pode Causar Sinusite: Se você tem sinusite ou qualquer tipo de condições respiratórias crônicas, então é aconselhável ficar longe do consumo de pepino. Os efeitos de resfriamento desse vegetal podem agravar essas condições, levando a complicações.

Pepino Durante a Gravidez: Enquanto o pepino é considerado seguro durante a gravidez, existem certas condições que pode torná-lo desconfortável se consumidos excessivamente. A natureza diurética destes vegetais desencadeará uma vontade de urinar frequentemente, deixando você irritado e desconfortável. Os pepinos são boas fontes de fibra e, portanto, porções incontroladas podem deixá-lo inchado.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.