As 6 Principais Causas do Mesotelioma

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

As Principais Causas do Mesotelioma que você precisa saber. Além disso, o Mesotelioma é um tipo de câncer que afeta a fina membrana que cobre os órgãos internos, conhecida como mesotélio. Cerca de 3000 pessoas são diagnosticadas com mesotélio nos EUA. Muitas vezes, elas são causadas pela exposição ao amianto e pode demorar anos para se desenvolver em um estado cancerígeno.

Causas do MesoteliomaNesse momento, as pessoas começam a perceber seus sintomas e ao diagnosticá-lo, a doença já estará progredindo para um estado mais avançado. Embora 70-80% dos casos relatados estejam relacionadas ao amianto, existem outros fatores que ocasionam o Mesotelioma. Então, confira As 6 Principais Causas do Mesotelioma:

Amianto: O Mesotelioma é desenvolvido pela exposição ao amianto no trabalho. A exposição pode acontecer em locais de construção, nas indústrias automotivas, enquanto servia em navios militares ou vivia perto de minas de amianto. O amianto sem sombra de dúvidas é uma das Principais Causas do Mesotelioma.

Os membros da família e os círculos sociais também correm o risco de desenvolver Mesotelioma. Até mesmo lavar as roupas de alguém que trabalha com amianto pode aumentar o risco de contrai-lo. Como o amianto é extremamente prejudicial para a saúde, cerca de 60 países proibiram seu uso. Um estudo revelou que algumas pessoas começaram a desenvolver câncer em apenas 1-3 meses de exposição.

Às vezes, certos fatores ambientais também podem levar ao Mesotelioma, incluindo pessoas que vivem perto de uma mina de amianto. Quando as pessoas inalam o amianto, suas fibras perigosas começam a corroer o revestimento protetor dos pulmões e do abdômen. Isso causa inflamação e eventualmente forma o câncer .

Genética: Os pesquisadores chegaram a conclusão de que a genética é uma das Principais Causas do Mesotelioma, após terem encontrado relações entre alguns genes e  o Mesotelioma. Uma proteína associada ao gene é responsável pela supressão do crescimento de células tumorais e cancerosas. Mas o amianto, quando inalado, causa danos e mutação ao DNA, o que leva ao crescimento do câncer .

Vírus: Outro estudo descobriu que uma infecção com um vírus conhecido como vírus de símio 40 (SV40) pode ser uma das Principais Causas do Mesotelioma. Entre 1955 e 1963, uma vacina contra a poliomielite foi contaminada com o vírus e milhões de pessoas foram expostas a ela. Até agora, isso não causou um risco aumentado de Mesotelioma.

Talco: A maioria de nós não estamos ciente do lado prejudicial do talco, razão pela qual é usado em vários produtos cosméticos e farmacêuticos. Alguns estudos afirmam que, como o talco e o amianto estão localizados próximo um ao outro no chão, causa o mesmo efeito prejudicial nas pessoas. Outro estudo descobriu que o amianto fazia parte dos produtos químicos no pó de talco e isso foi revelado como uma das Principais Causas do Mesotelioma em mulheres.

Erionite: A erionite é um mineral que tem os mesmo efeitos similares do amianto. Um estudo descobriu que a Erionite é uma das Principais Causas do Mesotelioma, após observarem  que um grande número de pessoas que moravam no sudeste da Turquia sofria de Mesotelioma pleural maligno. Isso ocorre porque a maioria deles foi exposta ao erionite desde a infância e causou 50% de todas as mortes em várias aldeias.

Exposição à Radiação: A exposição à radiação também pode ser uma das Principais Causas do Mesotelioma. A Sociedade Americana do câncer revelou que a radiação nos pulmões ou abdômen pode causar danos nos tecidos e eventualmente se desenvolver em câncer .

Uma forma de tratar o Mesotelioma é uma mistura de quimioterapia, cirurgia e radiação. Várias pessoas também encontraram alívio combinando seu tratamento com alguns métodos alternativos, como acupuntura, aromaterapia e terapia energética.

0/5 (0 Reviews)

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Os 7 Benefícios do Pólen de Abelha Para Saúde

Os 10 Principais Sintomas da Cardiomiopatia