Dicas de Saúde

As 10 Dicas Para Exercitar o Cérebro

Dicas Para Exercitar o Cérebro

As Dicas Para Exercitar o Cérebro e torna-lo mais eficiente. Além disso, quem foi que disse que o Cérebro não precisa de exercícios para se manter ativo? Se o nosso corpo necessita de malhação para ficar sempre em ordem e cheio de disposição, por que com a mente seria diferente? O Cérebro também vai perdendo sua capacidade produtiva ao longo dos anos e, se não for treinado com exercícios, pode falhar. O neurocientista norte-americano, Larry Katz, autor do livro Mantenha seu Cérebro Vivo, criou o que é chamado de neuróbica, ou seja, uma ginástica específica para o Cérebro.

Dicas Para Exercitar o Cérebro
Dicas Para Exercitar o Cérebro

A teoria de Katz é baseada no argumento de que, tal como o corpo, para se desenvolver de forma equilibrada e plena, a mente também precisa ser treinada, estimulada e desenvolvida. É comum não prestamos atenção naquilo que fazemos de forma mecânica, por isso costumamos esquecer das ações que executamos pouco tempo depois. Confira As 10 Dicas Para Exercitar o Cérebro:

Leia o Máximo que Puder Para Exercitar o Cérebro: A leitura é um ótimo exercício para o Cérebro. Você pode escolher ler jornais, revistas ou livros, mas tenha em mente que quanto mais desafiador for o texto mais treino você dará ao seu Cérebro. Como qualquer exercício, comece devagar e vá aumentando a dificuldade aos poucos.

Fazer Contas à Moda Antiga Para Exercitar o Cérebro: Quando foi a última vez que você pegou caneta e papel para fazer cálculos? Você lembra de coisinhas chamadas tabuada e regra de três? Pois saiba que puxar isso da memória pode ser um exercício e tanto para turbinar a massa cinzenta.

Aumente o Seu Vocabulário Para Exercitar o Cérebro: Aprenda novas palavras com um calendário que ensine uma palavra nova por dia ou dicionário. Dessa forma, você exercitará a porção responsável pela linguagem do seu Cérebro.

Evite Palavras Cruzadas Para Exercitar o Cérebro: Muitos de nós, quando pensamos em bom raciocínio e memória, lembramos dos jogos de palavras cruzadas. Fazer palavras cruzadas pode melhorar a nossa fluência, mas estudos mostram que eles não são suficientes. Eles até que são divertidos mas não aprimoram nossas aptidões.

Claro que se você gosta de palavras cruzadas para se divertir, vá em frente! Mas se você estiver jogando para melhorar sua memória e raciocínio, então é melhor escolher uma outra atividade.

Pratique Meditação Para Exercitar o Cérebro: A meditação melhora sua vida sob todos os aspectos. E você não deveria olhá-la com ressalvas, meditação não está necessariamente vinculada a uma religião.

Faça Exercícios de Memorização Para Exercitar o Cérebro: Treinar a memória também ajuda a desenvolver a mente. Tente esses exercícios:

  • 1- Ao entrar numa sala onde esteja muita gente, tente determinar quantas pessoas estão do lado esquerdo e do lado direito. Identifique os objetos que decoram a sala, feche os olhos e enumere-os
  • 2- Experimente memorizar aquilo que precisa comprar no supermercado, em vez de elaborar uma lista. Utilize técnicas de memorização ou separe mentalmente o tipo de produtos que precisa. Desde que funcionem, todos os métodos são válidos
  • 3- Ouça as notícias na rádio ou na televisão quando acordar. Durante o dia escreva os pontos principais de que se lembrar

Relembrar Detalhes do Dia a Dia Para Exercitar o Cérebro: Digamos que hoje é uma quarta-feira. Você consegue lembrar o que fez na quarta-feira da semana passada? A roupa que você usou? O que comeu no almoço? Que compromissos teve no trabalho? Force seu Cérebro a lembrar desses detalhes.

Tenha o hábito de Escrever Para Exercitar o Cérebro: Escrever exige muita reflexão! Você pode escrever histórias inventadas, Crie histórias de humor para estimular múltiplas partes do Cérebro.

Dicas Para Exercitar o Cérebro
Dicas Para Exercitar o Cérebro

Evite Bebidas Alcoólicas Para Exercitar o Cérebro: Se você achou que eu ia dizer que uma vodka com suco de limão, ou um whisky com guaraná são ótimos para o Cérebro, infelizmente, digo que é o contrário. Estudos em ratos levaram a concluir que os que consumiam grandes quantidades de bebidas alcoólicas produziam menos células novas nos seus cérebros. Mas, parece que aquela velha teoria de que o álcool queima neurônios, é falsa. Apenas diminui a capacidade de produzir células novas.

Trabalhe seu Corpo Para Exercitar o Cérebro: Você sabia que os exercícios não só trabalham o seu corpo, mas também melhoram a aptidão do seu Cérebro? Fazer 20 minutos de exercícios diários é o suficiente para facilitar as funções de memória e de processamento de informações. Mas não é apenas isso: exercício realmente ajuda o Cérebro criar essas novas conexões neurais mais rápido. Você vai aprender mais rápido, o seu nível de alerta vai aumentar, e você terá tudo isso se mexendo mais.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

7 comentários

  • […] consequência ao Beijar, o nível de serotonina no cérebro (substância neurotransmissora responsável por sensações de euforia e relaxamento) cresce. Em […]

  • […] libido. Remédios que incluem Canfora em concentração permitida ajudam a ativar as regiões do cérebro que estimulam desejos e impulsos sexuais. É um poderoso estimulante, portanto, uma aplicação […]

  • […] de momentos ouvindo música clássica, lendo e escrevendo. Se o corpo precisa se exercitar, com o cérebro não é […]

  • […] diminui a sensação de fadiga e sonolência, pois possui propriedades excitantes, e estimula o cérebro. O Chá Preto também é rico em minerais: cálcio, fósforo, ferro, iodo, cobre, zinco, manganês, […]

  • […] O glioblastoma é um tipo agressivo de câncer que pode ocorrer no cérebro ou na medula espinhal. O glioblastoma é formado por células chamadas astrócitos que suportam […]

  • […] irá comer mais do que realmente precisa. Mas comer sozinho, com atenção, pode dar ao seu cérebro uma chance de lhe dizer quando deve ser o momento certo de interromper a comida, agindo assim sem […]

  • […] Cérebro […]

Deixe um comentário