Benefícios das Plantas

Arnica Montana: Para que Serve? Como Usar? e Efeitos Colaterais!

Arnica Montana: Para que Serve? Como Usar? e Efeitos Colaterais que você precisa conhecer antes de usar os Benefícios da Arnica Montana. Além disso, a Arnica Montana Serve Para Combater quase todas as dores presentes em nosso corpo. Além do mais, a Arnica Montana é uma planta medicinal também conhecida como arnica-silvestre, espiga-de-ouro, erva-lanceta, arnica-da-montanha, tabaco-das-montanhas, tabaco-montês, leopardsbane, bane leopard, wolfsbane e bane wolf (inglês). Pertence a família Asteraceae.

arnica montana

Propriedades da Arnica Motana:

As Propriedades da Arnica montana para o nosso corpo já são conhecidas há muitos séculos e, cada vez mais considerados pelas medicinas modernas. O que atrai na Propriedades da Arnica é a sua capacidade de agir no combate às situações dolorosas (contusões, dores de cabeça, machucados) e seu potencial anti-inflamatório, comprovadamente efetivo, para além do seu uso consagrado como cicatrizante e no combate às hemorragias. Também é reconhecida em suas ações anti-séptica e analgésica, tônica e estimulante.

O Arnica montana seu Uso também é muito recomendado na homeopatia e na antroposofia como preventivo nos pré-operatórios e como tratamento em casos de cirurgia ortodôntica, pequenas cirurgias ambulatoriais, pós-operatórios, tanto na medicina humana quanto na veterinária.

Para que Serve a Arnica Motana?

A Arnica Motana Serve Para Combater:

 Hematomas;
 Torções;
 Escoriações;
 Contusões;
 Edemas relacionados à fraturas e dores reumáticas dos músculos e articulações;
 Processos inflamatórios da orofaringe;
 Furunculose;
 Picadas e ferroadas de insetos;
 Flebite superficial;

Benefícios da Arnica Montana:

As flores, folhas e raízes concentram as propriedades curativas da Arnica montana Serve Para Combater dores, contusões, artrite e reumatismo. Também é administrada para estado de choque, epilepsia, enjoos no mar, flebites, frieiras, laringites, traumas, varizes e vertigem.

Quando usada homeopaticamente antes e depois de cirurgias, a Arnica Montana Serve Para ajudar a minimizar a tensão pós-traumática. As flores são usadas ​​para reduzir o inchaço e a dor causada por contusões, entorses, problemas musculares e articulares.

arnica montana para que serve

A Arnica melhora o fluxo de sangue coronário e ajuda na reabsorção de fibrina, proteína sanguínea muito importante que é perdida após a pessoa sofrer danos internos. É utilizada também no tratamento de pessoas com choques e traumas resultantes da exposição à violências, terror, morte, desastre ou histeria.

A arnica é usada topicamente e não deve ser aplicada sobre a pele raspada ou feridas abertas. O extrato das flores da Arnica Montana é caracterizado como um líquido de cor marrom-escura.

Arnica Montana Como Usar?

Para adultos e crianças, aplicar a pomada 03 vezes ao dia no local afetado. Se possível massagear de forma circular a parte lesionada até que tenha aderido totalmente à pele. Ou conforme a orientação de um profissional habilitado.

Para que Serve a Pomada da Arnica Montana?

A Pomada de Arnica Montana, é um medicamento homeopático que possui ótimas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Serve Para aliviar as dores reumáticas, nevralgias (dor aguda de um ou mais nervos), entorses e contusões. É uma pomada de uso adulto e pediátrico.

Arnica Motana Para que Serve o Chá:

Mergulhe uma toalha ou pedaço de tecido no chá quente e aplique na área machucada ou dolorida. Adicione um litro de chá a um banho quente para criar uma imersão calmante. Enxágue os cabelos recém-lavados com o chá quente para incentivar o crescimento do cabelo.

Outros nomes populares da Arnica Montana: arnica-das-montanhas, arnica-verdadeira, panacéia-das-quedas, quina-dos-pobres, tabaco-de-montanha, tabaco-dos-saboianos; arnica-verdadeira; echte arnika (alemão), arnica (espanhol, francês, inglês e italiano), arnicae (latim).

Gel da Arnica Montana Para que Serve:

As raízes da arnica contêm derivados de timol, que são usados ​​como fungicidas e conservantes, e podem ter um efeito anti-inflamatório. Quando usado topicamente num gel a uma concentração de 50%, a Arnica Montana possui o mesmo efeito para o tratamento dos sintomas de osteoartrite nas mãos comparado a géis com 5% de ibuprofeno.

arnica montana como usar

Efeitos Colaterais da Arnica Montana:

A Arnica Montana contém a toxina helenalina, que pode ser venenosa caso a planta seja ingerida em grande quantidades. Pode provocar uma gastroenterite grave e causa hemorragia interna do aparelho digestivo em altas doses. O contato direto com a planta pode causar irritação da pele. É contra-indicado o uso excessivo interno, uma vez que pode causar irritações nos rins e no sistema digestivo.

Também pode causar vertigens, razão pela qual é mais popular quando utilizada em doses homeopáticas. A planta arnica age na cicatrização de feridas e, no caso de aplicação do extrato da arnica diretamente no corpo, deve ser aplicada com cuidado e moderação, de forma sistêmica, uma vez que pode causar irritação na pele.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.