Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos

Peste Negra – O que é, Sintomas e Tratamentos


Peste Negra – O que é, Sintomas e Tratamentos com antibióticos. Além disso, a peste é uma infecção bacteriana grave transmitida pela bactéria Yersinia pestis, presente em todos os continentes do mundo menos na Oceania. Humanos adquirem a doença quando são mordidos por uma pulga infectada ou entram em contato com material infectado. Existem três formas de infecção pela Peste Negra, dependendo da rota que a bactéria faz: bubônica, septicêmica e pneumônica. A peste bubônica afeta as glândulas linfáticas, causando inchaço e inflamação nessas áreas. A peste septicêmica ocorre quando a infecção se espalha para o sistema circulatório, ou seja, para o sangue.

A peste bubônica afeta as glândulas linfáticas, causando inchaço e inflamação nessas áreas. A peste septicêmica ocorre quando a infecção se espalha para o sistema circulatório, ou seja, para o sangue. No geral ela ocorre como uma complicação da peste bubônica, uma vez que a bactéria pode sair do sistema linfático e atingir o sangue.

Se a bactéria atinge os pulmões, no geral pelo sangue, o paciente desenvolve peste pneumônica, que é transmitida de pessoa para pessoa por meio de objetos infectados com muco ou pelo ar. Os sintomas iniciais de peste bubônica aparecem 7-10 dias após a infecção .

O diagnóstico precoce permite que a Peste Negra seja curada com antibióticos. Se não for tratada rapidamente, a Peste Negra pode ser fatal. Durante a época medieval, estima-se que a Peste Negra matou 50 milhões de pessoas. Hoje a praga ocorre em menos de 5.000 pessoas por ano em todo o mundo.

Epidemias de Peste Negra já ocorreram na África, Ásia e América do Sul. Mas, desde a década de 1990 a maioria dos novos casos ocorreu no continente africano. Em 2013 foram registrados 783 casos em todo mundo, incluindo 126 mortes. Os três países mais endêmicos são Madagascar, República Democrática do Congo e Peru.

Causas da Peste Negra: A Peste Negra é uma doença causada pela bactéria Yersinia pestis, que afeta primariamente roedores. Ela é transmitida de um roedor a outro por meio de pulgas, que ao morderem o roedor passam a carregar a bactéria. Humanos adquirem a doença quando são mordidos por uma pulga infectada.

Sintomas da Peste Negra: Pessoas infectadas com Peste Negra geralmente desenvolvem sintomas parecidos com os da gripe após um período de incubação de 3-7 dias. Os Sinais típicos incluem:

  • Febre alta (39°C)
  • Calafrios
  • Dor de cabeça
  • Dores no corpo
  • Fraqueza
  • Náusea e vômitos
  • Convulsão.

Tipos da Peste Negra: Os 3 Tipos de Peste Negra, ou “morte negra” pois, é muito lembrada pelos historiadores, porque já foi uma das doenças mais avassaladoras da história. Na época medieval, em 1348, a peste chegou a Europa e dizimou cerca de 25% da população, matando milhões de europeus. Hoje, no entanto, existem poucos casos da doença, cerca de 1.000 a 2.000 casos, ao ano, no mundo. Os locais mais atingidos pela praga é a Ásia, África e locais da América do Sul. Eis Os 3 Tipos de Peste Negra:

Peste Bubônica: É a forma mais comum de peste, geralmente é contraída quando você leva uma mordida de algum rato infectado ou de alguma pulga. Essa forma da doença afeta o sistema imunológico, causando inflamação.

Sintomas da Peste Bubônica: Eles aparecem em até três dias depois da infecção são eles:

  • febre e calafrios
  • dor de cabeça
  • dor muscular
  • fraqueza
  • convulsões
  • aumento dos gânglios linfáticos (bubões) no local da mordida, ou da picada. Aparecem também na virilha, axilas e pescoço.

Peste Septicêmica: Essa forma da doença aparece quando as bactérias se multiplicam no organismo. A peste septicêmica pode ser contraída também por uma pulga, ou por mordida de um roedor, ela também pode ser causada por uma peste bubônica ou pneumônica não tratada.

Sintomas da Peste Septicêmica: Os sinais aparecem dentro de dois a sete dias após a exposição, mas ela pode levar a morte antes que os sintomas apareçam. Os sinais incluem:

  • dor abdominais
  • diarreia
  • náuseas
  • febre e calafrios
  • extrema fraqueza
  • hemorragia (o sangue pode não ser capaz de coagular)

Peste Pneumônica: Ela é a forma mais grava peste, que ocorre quando a bactéria infecta os pulmões e causar pneumonia.Você pode se contaminar quando inala a bactéria de uma pessoa ou animal infectado ( esse é conhecido como a pneumonica primária). A secundária acontece quando a bubônica ou a peste septicêmica não é tratada. Essa forma da peste pode se espalhar através de arranhões ou mordidas de gatos domésticos infectados, o que não acontece com os outros dois tipos.

Sintomas da Peste Pneumônica: Os sintomas dessa fase aparecem muito rapidamente, até um dia após a contaminação pela bactéria. Os sinais incluem:

  • Problemas respiratórios
  • dor no peito
  • tosse
  • febre.
  • dor de cabeça
  • fraqueza geral
  • expectoração com sangue (saliva e muco ou pus dos pulmões)

Transmissão da Peste Negra: O contato do homem com a Peste Negra ocorre principalmente pela mordida de ratos e pulgas ou, ainda, pela transmissão aérea. Na sua forma bubônica, a bactéria entra na corrente sanguínea e ataca o sistema linfático, causando a morte de várias células e criando regiões inchadas dolorosas entre as axilas e a virilha.

Esses inchaços se espalham por todo o corpo e, ao atacar o sistema circulatório, o infectado tem aproximadamente apenas mais uma semana de vida. Além do sistema linfático, a peste também pode atingir o ser humano diretamente no sistema respiratório. Esta versão da doença é conhecida como peste pneumônica.

Tratamento da Peste Negra: O tratamento da peste, em todas as suas formas, deve ser feito com antibióticos. A estreptomicina ou a gentamicina são as opções mais utilizadas. A tetraciclina ou a doxiciclina são opções alternativas, caso a estreptomicina e a gentamicina não estejam disponíveis.

O tratamento deve ser mantido por 10 dias e a taxa de sucesso, quando iniciado precocemente, é de mais de 90%. Os pacientes contaminados devem ficar em isolamento respiratório durante as primeiras 48 horas de tratamento antibiótico para prevenir a contaminação de outras pessoas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.