Início » Doenças Respiratórias » Vape ou cigarro eletrônico faz mal? o que é, como funciona e mitos

Vape ou cigarro eletrônico faz mal? o que é, como funciona e mitos

maleficios do vape

O vape ou cigarro eletrônico, é um dispositivo que aquece um líquido e cria um vapor para ser inalado. Alguns tipos de dispositivos de vaporização incluem canetas, cigarros eletrônicos e narguilés.

vape
vape

Além disso, embora a vaporização pareça ser mais saudável o que fumar cigarros, ainda existem muitos riscos para a saúde envolvidos.

Ele possuem cartuchos cheios de um líquido que geralmente contém nicotina, aromatizantes e produtos químicos, que pode causar danos a saúde.

O que é o vape:

o que e vape
o que e vape

O vape é um dispositivo que aquece um líquido e produz vapor inalável, estes são dispositivos para fumar são alimentados por bateria.

Eles têm cartuchos cheios de um líquido que geralmente contém nicotina, aromatizantes e produtos químicos.

Como funciona o vape:

O vape com dispositivos movidos a bateria funciona para inalar um aerossol, que pode conter nicotina, maconha, aromatizantes e outros produtos químicos.

Além disso, ele ativa o dispositivo de aquecimento alimentado por bateria, que vaporiza o líquido no cartucho ou reservatório.

Malefícios do vape:

Afeta o cérebro e pulmão:

A nicotina é altamente viciante e pode retardar o desenvolvimento do cérebro e afetar a memória, concentração, aprendizado, autocontrole, a atenção e o humor.

maleficios do vape
maleficios do vape

Além disso, especialistas da saúde estão relatando sérios danos que o vape esta causando aos pulmões, incluindo algumas mortes. Além disso, este cigarro eletrônico também podem:

  • Danos graves aos pulmões;
  • Levar ao tabagismo
  • Algumas pessoas usam cigarros eletrônicos para vaporizar maconha e outros produtos químicos perigosos. No entanto, além de irritar os pulmões, essas drogas também podem afetar o desenvolvimento do cérebro. ((https://kidshealth.org/en/teens/e-cigarettes.html))

Causa ataque cardíaco:

A nicotina da vape passa rapidamente dos pulmões para a corrente sanguínea e faz com que o corpo libere adrenalina, um hormônio que aumenta o pulso, a pressão arterial e o ritmo respiratório. Isso pode contribuir para aumentar suas chances de ataque cardíaco.

Causas doenças nas gengivas:

A vaporização este cigarro também pode causar doenças nas gengivas, cujos sintomas incluem: perda de dentes, retração gengival, gengivas irritadas, vermelhas ou sangrando.

Possui toxinas:

O vapor feito de cigarros eletrônicos não é feito de água, ele contém produtos químicos prejudiciais para saúde, as partículas muito finas que são inaladas para os pulmões causando irritação pulmonar ou ate a morte.

O vício da nicotina leva a desejos muito fortes de nicotina. Também pode levar a:

  • dores de cabeça;
  • sentir-se cansado, irritado, com raiva ou deprimido;
  • dificuldade de concentração;
  • dificuldade em dormir;
  • fome;
  • inquietação;

Mitos sobre a vape:

mitos sobre a vape
mitos sobre a vape

Um mito sobre o vape é os seus relatos sobre que ela é menos prejudicial do que outros produtos do tabaco.

Na verdade, o vape contém uma combinação de produtos químicos que causam impactos à saúde de curto e longo prazo.

A maioria dos produtos vaporizados contém nicotina, que é altamente viciante.

Além disso, a vaporização é especialmente perigosa para os jovens porque a nicotina pode prejudicar o cérebro em desenvolvimento, criar problemas de memória e aumentar a depressão.

Cigarro vs vape:

cigarro vs vape
cigarro vs vape

A diferença entre o cigarro e vape é que fumar cigarro fornece nicotina ao queimar tabaco, o que pode causar doenças relacionadas ao fumo, e o vape pode fornecer nicotina ao aquecer um líquido de uma forma muito menos prejudicial.

Além disso, os cigarros e os vapes têm efeitos colaterais e riscos. Os cientistas ainda não entendem completamente os efeitos de longo prazo dos cigarros eletrônicos na saúde, mas a ciência indica que eles não são uma alternativa segura ao fumo.

A vaporização envolve respirar um aerossol que contém vários produtos químicos, incluindo nicotina e aromatizantes, por meio de um cigarro eletrônico ou outro dispositivo.

Uma pesquisa de 2018 descobriu que a popularidade da vaporização está crescendo entre os adolescentes.

De acordo com American Heart Association (AHA), muitas pessoas acreditam que vaporizar é mais seguro do que fumar, mas esse não é necessariamente o caso.

Evidências crescentes sugerem que a vaporização é perigosa.((https://www.medicalnewstoday.com/articles/vaping-vs-smoking))

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.