Trigo Mourisco – Benefícios, Usos e Efeitos Colaterais

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Dicas de Saúde

Trigo Mourisco – Benefícios, Usos e Efeitos Colaterais
4.8 (95.89%) 224 votos

O trigo mourisco é uma planta. As pessoas fazem farinha das folhas e flores. Esta farinha pode ser usada como alimento (geralmente em pão, panquecas e macarrão) ou como remédio.

Trigo Mourisco

Como medicamento, o trigo mourisco é utilizado para melhorar o fluxo sanguíneo, fortalecendo as veias e os pequenos vasos sanguíneos; para tratar varizes e má circulação nas pernas; e prevenir o “endurecimento das artérias” (aterosclerose).

O Trigo mourisco também é usado para tratar diabetes:

Como Funciona?

O trigo mourisco pode ajudar as pessoas com diabetes, melhorando a forma como o corpo lida com o açúcar no sangue.

Usos e Eficácia?

Varizes e outros problemas circulatórios (insuficiência venosa crônica);

Pesquisas iniciais mostram que beber chá de trigo mourisco por 3 meses pode impedir que as pernas de pessoas com insuficiência venosa crônica fiquem mais inchadas.

Diabetes:

Pesquisas iniciais sugerem que o consumo diário de 70 a 100 gramas de farinha ou grãos de trigo mourisco pode melhorar a tolerância à glicose a longo prazo em pessoas com diabetes.

Problemas de Visão em Pessoas com Diabetes:

Pesquisas iniciais sugerem que tomar trigo sarraceno por via oral por 3 meses pode melhorar a visão em pessoas com problemas de visão devido ao diabetes.

Melhora o Fluxo Sanguíneo:

Previne o “endurecimento das artérias” (aterosclerose);

Efeitos Colaterais:

O trigo mourisco é seguro para adultos quando tomado por via oral em quantidades medicinais. Alguns efeitos colaterais, incluindo aumento do risco de queimaduras solares, ocorrem.

Precauções Especiais e Advertências:

Gravidez e Amamentação: Não existe informação suficiente e confiável sobre a segurança de tomar trigo mourisco caso esteja grávida ou em amamentação. Fique do lado seguro e evite o uso.

Alergia a Trigo Sarraceno: Algumas pessoas expostas ao trigo mourisco no trabalho desenvolvem alergia a trigo sarraceno. Outras pessoas também podem se tornar alérgicas ao trigo mourisco.

Trigo Mourisco

A reexposição ao trigo mourisco pode levar a reações alérgicas graves, incluindo erupções cutâneas; coriza; asma; e uma queda potencialmente fatal da pressão arterial, coceira, inchaço e dificuldade em respirar (choque anafilático).

Doença Celíaca ou Sensibilidade ao Glúten: Alguns pesquisadores acreditam que adicionar trigo sarraceno em uma dieta sem glúten pode não ser seguro.

No entanto, o trigo mourisco é considerado um alimento aceitável por muitas entidades. Pessoas com doença celíaca ou sensibilidade ao glúten provavelmente podem comer o trigo sarraceno com segurança.

Alergia ao Arroz: Algumas pessoas que são alérgicas ao arroz também podem se tornar alérgicas ao trigo mourisco.

Diabetes: O trigo mourisco pode reduzir os níveis de açúcar no sangue. Há uma preocupação de que isso possa interferir no controle do açúcar no sangue em pessoas com diabetes. A dose de medicação para diabetes pode precisar ser alterada.

Cirurgia: O trigo mourisco pode reduzir os níveis de açúcar no sangue. Há uma preocupação de que isso possa interferir no controle do açúcar no sangue durante e após a cirurgia. Pare de usar grandes quantidades de trigo mourisco, pelo menos, duas semanas antes de uma cirurgia programada.

Interações:

No momento não temos informações sobre interações do trigo mourisco.

Dosagem do Trigo Mourisco:

A dose apropriada de trigo mourisco para uso como tratamento depende de vários fatores, como idade, saúde e várias outros problemas do usuário. Atualmente, não há informações científicas suficientes que determinam uma faixa apropriada para o trigo mourisco.

Tenha em mente que os produtos naturais nem sempre são seguros e que as dosagens podem ser importantes. Siga as instruções relevantes nos rótulos dos produtos e consulte seu farmacêutico, médico ou outro profissional de saúde antes de usar.

0/5 (0 Reviews)

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *