Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Dicas Variadas

Piolho – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

Piolho – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento, saber isso é uma boa maneira de acabar com o Piolho. Além disso, só de falar sobre Piolho, a cabeça já começa a coçar. Mas quem nunca passou por esse incômodo na infância ou conhece alguém próximo que pegou? O Piolho é um inseto que vive nos cabelos e se alimenta de sangue humano. Os animais também têm Piolho, mas são tipos diferentes, que não nos atacam.

O que é o Piolho: O Piolho ou ftirápteros constituem uma ordem de insetos que contém mais de 3 mil espécies. O Piolho não têm asas e é um parasita externo (ectoparasitas) de mamíferos (com exceção dos monotremados e morcegos) e das aves. O Piolho é atualmente classificado em quatro subordens:

  • Anoplura: Piolho sugador/picador, parasitam exclusivamente mamíferos, onde se inclui o Piolho humano.
  • Rhyncophthirina: Parasitas de facoceros e elefantes.
  • Ischnocera: Piolho mastigador de aves e mamíferos.
  • Amblycera: Piolho mastigador de aves e mamíferos.

Em classificações mais antigas, eles eram divididos em duas ordens: Mallophaga (Piolho mastigador) e Anoplura (Piolho sugador). O Piolho habita o cabelo ou penas do hospedeiro, onde se alimenta de sangue, resíduos da epiderme ou de penas e secreções sebáceas. Cada espécie tem uma relação exclusiva com um determinado tipo de hospedeiro, o que significa que, por exemplo, um Piolho de ave não afeta humanos e vice-versa. Esta característica torna o Piolho muito dependente do sucesso da espécie do hospedeiro.

O Piolho têm entre 0,5 e 8 mm de comprimento, corpo achatado e garras que lhes permitem a fixação ao hospedeiro. Os ovos do Piolho, ou lêndeas, são esbranquiçados e postos na pelagem ou penas dos hospedeiros. Em humanos, a infestação por Piolho é denominada pediculose.

Causas do Aparecimento do Piolho: Você pode contrair Piolho ao entrar em contato com o inseto ou com seus ovos – que costumam eclodir em cerca de uma semana, aproximadamente. Confira como uma pessoa pode contrair Piolho: Via contato com uma pessoa que já tenha Piolho. Isso é muito comum entre crianças e pessoas de uma mesma família, que moram no mesmo local, compartilham de determinados objetos de uso pessoal e que interagem de perto entre si.

Armazenar roupas infestadas de Piolho em armários ou guardar itens pessoais, como travesseiros, cobertores, pentes e brinquedos de pelúcia pode permitir que os Piolho se espalhe pelo guarda-roupa ou pela casa. Itens compartilhados entre amigos ou familiares, como roupas, fones de ouvido, escovas de cabelo, pentes, enfeites de cabelo, toalhas, cobertores, travesseiros e brinquedos de pelúcia.
O contato sexual com pessoas que tenham Piolho na região pubiana também pode causar o surgimento do problema.

Sintomas de Piolho: As queixas preponderantes são: coceira intensa e irritação do couro cabeludo, podendo surgir tipicamente erupções na nuca, acima e atrás das orelhas, acompanhadas nos casos mais graves de aumento dos gânglios linfáticos (ínguas). Os sintomas costumam aparecer logo. No mesmo dia ou, no máximo, no dia seguinte ao contágio. Geralmente a coceira começa assim que o parasita pica para se alimentar. E são substâncias da saliva do Piolho que provocam essa reação.

Um agravante: os sinais acima descritos, podem surgir porém depois de até dois meses da “invasão” dos Piolhos. Isso é típicos em crianças sub-sintomáticas. Ou seja, aquelas que de início não sentem coceira e assim, a quantidade de Piolho vai aumentando e aumentando. Essas crianças, só vão relatar os sintomas ou apresentar os sinais depois que a infestação já estiver grande. Se uma criança foi infestada apenas com uma fêmea, que a cada 7 dias produz novas ninfas, que depois de 2 semanas tornam-se adultos, e que se reproduzem… … Então, em dois meses, ela pode ter dezenas e dezenas de Piolhos.

Infestações graves podem levar as crianças a terem anemia e infecções. No caso do chato, os sintomas surgem de 1 a 2 semanas após a infestação ou em menor tempo, se o paciente apresentou infestação prévia pelo Piolho. O principal sintoma é o prurido intenso. O Piolho adulto e as lêndeas são encontrados fixados aos pelos pubianos e também nas regiões pilosas do abdômen inferior, coxas e nádegas. Algumas vezes, o chato adulto é encontrado nas axilas, pálpebras e supercílios. Lesões de urticária, vesículas e máculas pigmentadas (azuladas) podem ocorrer após as picadas do Piolho. Outros sintomas frequentes são uma certa irritação e vermelhidão na parte do corpo onde se encontram os chatos e as lêndeas.

Como uma Criança Pega Piolho: O mais comum é a criança pegar Piolho de um amiguinho, ou mesmo de um irmão. O Piolho é como a formiga: só anda. Não voa nem pula. Mas pode passar de uma pessoa para outra quando as cabeças ficam bem juntinhas (como num abraço, ou quando duas pessoas dividem o mesmo travesseiro). Uma vez que a fêmea do Piolho chegue à cabeça da criança, bota ovos e começa a infestar a área. Só a lêndea não passa de uma pessoa para outra. Apenas o Piolho vivo consegue ir de uma cabeça para outra.

O Piolho pode sobreviver por um dia inteiro fora da cabeça de uma pessoa. Por isso, em tese, é possível pegar Piolho se a pessoa usar itens como pentes, escovas, chapéus, que tenham sido usados por outra pessoa com Piolho. Esse método de transmissão, no entanto, é menos comum que o contato direto cabelo-com-cabelo. O Piolho dificilmente sairia de uma cabeça, onde tem alimento e as melhores condições, para passar para uma escova. O Piolho encontrado em pentes normalmente já está morto.

Tratamento Contra o Piolho: Lavar o cabelo com chá de Arruda, logo porque, um excelente remédio caseiro para tratar a infestação de Piolho e lêndea é lavar o cabelo com chá de arruda, pois ele elimina o Piolho e acalma a coceira no couro cabeludo. Você pode aplicar o chá nos cabelos já molhados antes de passar o pente fino e assim eliminar naturalmente o Piolho e seus ovos.

Ingredientes:

  • 40 g de folhas de arruda
  • 1 litro de água fervente

Modo de Preparo:

  • Colocar as folhas de arruda na água fervente e deixar em infusão por 10 minutos.
  • Tampar, deixar amornar e depois coar.
  • Depois que o chá estiver pronto você deve aplicar esta infusão nos cabelos, com auxílio de um pedaço de algodão ou gaze.
  • Garantindo que todo o cabelo fique molhado.
  • A seguir você deve enrolar uma toalha na cabeça e deixar a infusão de arruda agir por 30 minutos.
  • Depois lavar os cabelos com shampoo, aplicar condicionador e não enxaguar, passando um pente fino em cada mecha de cabelo para retirar os Piolhos mortos e as lêndeas.

Dicas Para Evitar o Piolho: Cortar o cabelo bem curto, pois facilita a visualização de lêndeas e a eliminação do Piolho.Um médico suíço, especializado em Piolho, explicou em uma televisão suíça que os melhores tratamentos contra o Piolho e com menor resistência, contém dimeticona (um óleo que atua como um tipo de cola sobre o Piolho). Estes são tratamentos que cobrem o Piolho com uma película oclusiva. Isto obstrui particularmente os orifícios respiratórios, e resulta na morte do Piolho.

Casos resistentes são menores, uma vez que é um mecanismo mecânico e não químico.No entanto, o efeito contra as lêndeas não é muito elevado.Muitas vezes esses produtos precisam ser reaplicados depois de alguns dias (geralmente 8-10 dias), peça conselhos na farmácia sobre os nomes dos medicamentos e a posologia exata!

Outra dica importante para acabar com o Piolho é lavar a roupa do indivíduo, o lençol, a fronha e a sua toalha de banho separadamente e depois colocar numa panela com água, deixando ferver por alguns minutos. Cada Piolho vive cerca de 30 dias, e põe em média de 6 a 8 ovos por dia, que dentro de 7 dias eclodem, dando origem ao Piolho, e por isso quando alguém está com Piolho é preciso ter muito cuidado para que os outros não sejam contaminados, evitando emprestar chapéus ou roupas que possam conter Piolho ou lêndea. Estes cuidados devem ser seguidos diariamente até que todos e Piolho e lêndeas sejam eliminados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.