As 4 Razões Para Evitar o Peixe Solha

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

As 4 Razões Para Evitar o Peixe Solha são bastante convincentes e peculiares Além disso, embora haja muitos tópicos que os nutricionistas e os profissionais de saúde tendem a discordar, os benefícios dos peixes para saúde são universalmente reconhecidos e aceitos em todos os sentidos. Mas, embora seja de conhecimento comum que alguns dos peixes mais saudáveis para comer, como o salmão e o atum capturados na natureza, estejam repletos de benefícios nutricionais, certos tipos de peixe, como o solha, podem não ser tão bons na sua lista de compras.

Além de ser mais pobre em nutrientes valiosos do que outros tipos de peixe, há também muitas preocupações sobre a segurança do Peixe Solha, tanto em termos de saúde quanto de meio ambiente. Desde que foi adicionado em 2010 à lista de peixes vermelhos provenientes de práticas de pesca insustentáveis, os consumidores estão cada vez mais conscientes das potenciais desvantagens desta espécie de peixes chatos.

Razões Para Evitar o Peixe Solha

O que é o Peixe Solha?

O solha é um tipo peixe magro que pertence à família Soleidae. Eles são encontrados principalmente ao redor da costa da Europa, mas certos tipos também são encontrados nas águas das Américas. Existem muitos tipos de peixe de linguado, mas o peixe de linguado de Dover é o mais comum e amplamente disponível.

Tem uma aparência plana e é tipicamente marrom com uma parte inferior branca. Tem dois pequenos olhos no lado direito do corpo e pode crescer até 28 centímetros de comprimento. É o único peixe que habita perto do fundo do oceano e também se alimenta no fundo, o que significa que se alimenta de crustáceos e mariscos encontrados no fundo do mar.

Estes peixes são tipicamente capturados por redes de arrasto, que são grandes redes que raspam o fundo do oceano para pegar peixes. Eles têm um sabor suave e são versáteis, cujo podem ser usados em muitas receitas diferentes. No entanto, existem várias preocupações sobre a segurança de comer Peixe Solha, além de sua sustentabilidade e os potenciais impactos ecológicos e ambientais de seus métodos de pesca controversos. Então confira As 4 Razões Para Evitar o Peixe Solha:

1. Tem um Alto Risco de Contaminação

Uma das maiores preocupações com a ingestão de qualquer tipo de peixe é a contaminação. Metais pesados e toxinas podem se acumular nos tecidos dos peixes, o que pode causar sérios problemas de saúde quando consumidos pelos seres humanos.

Por causa da alta quantidade de poluição e resíduos industriais, as variedades de peixe chato como o Peixe Solha são mais propensos a conter contaminantes perigosos que podem causar estragos na saúde. Estudos que analisam biomarcadores de exposição a contaminantes descobriram que peixes solha em algumas áreas podem estar expostos a grandes quantidades de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, substâncias químicas tóxicas associadas a danos ao DNA e ao desenvolvimento de câncer.

Peixe Solha

2. É Sob-explorado e Insustentável

Além de ser potencialmente arriscado em termos de saúde, o peixe é Sob-explorado e insustentável. Na verdade, o Peixe Solha chegou até a lista de peixes “sujos” de várias organizações, cujo recomendava que você nunca deve comer devido às práticas de pesca insustentáveis e inseguras que são utilizadas.

Isto acontece porque a maioria dos peixes são capturados em redes de arrasto demersal, que são redes grandes que são puxadas através do oceano e usadas para atacar peixes de fundo. Este método de pesca pode ter um impacto ambiental e ecológico negativo, uma vez que esses tipos de pesca podem causar danos a longo prazo aos habitats sensíveis no fundo do oceano. Além disso, como os peixes no fundo do oceano geralmente viajam em grupos mistos, a pesca de arrasto pode resultar na captura acidental e no descarte de espécies de peixes vulneráveis, prejudicando suas populações.

3. É Baixo em Gorduras Saudáveis Para o Coração

A Associação Americana do Coração recomenda comer pelo menos duas porções de peixe gordo por semana para atender às suas necessidades de ácidos graxos ômega-3. Os ácidos graxos ômega 3 são fundamentais para muitos aspectos da saúde e têm sido associados a diversos benefícios potenciais do ácido graxo ômega-3, como melhora na saúde cardíaca, redução do desenvolvimento do câncer e proteção contra o declínio cognitivo.

Infelizmente, o Peixe Solha é um tipo de peixe magro, o que significa que é relativamente baixo em ácidos graxos ômega 3, em comparação com outros tipos de peixe. Em vez disso, é melhor adicionar algumas porções de variedades de peixes gordurosos, como salmão, sardinha, cavala e atum, em sua rotina semanal para conseguir uma dose saudável de ácidos graxos ômega 3.

Peixe Solha

4. Existem Opções Muito Melhores Disponíveis

Caso deseje aumentar o consumo de peixes, há muitas variedades de peixes mais densas e sustentáveis disponíveis. O salmão, a cavala, a sardinha, o atum, o bacalhau preto e as anchovas capturados na natureza são alternativas deliciosas, mais respeitadoras do ambiente e com um risco mínimo de efeitos secundários colaterais para saúde.

A maioria desses peixes nutritivos não é só empanturrado de ácidos graxos ômega 3 saudáveis para o coração, como também são altos em muitas vitaminas e minerais essenciais. Uma porção de salmão, por exemplo, contém uma quantidade saudável de tiamina, niacina, vitamina B6 e selênio necessária para o dia inteiro, além de 19 gramas de proteína. As sardinhas, por outro lado, são ricas em vitamina D e podem atender e exceder suas necessidades diárias de vitamina B12 em somente uma porção.

Você pode facilmente trocar por variedades de peixes mais saudáveis em suas receitas exclusivas para aumentar a quantidade de micronutrientes e ômega-3 de suas refeições. Para imitar a textura e o sabor suave do Peixe Solha, opte por tipos semelhantes de peixe, como o cioba ou bacalhau do Alasca.

Peixe Solha

Benefícios do Peixe Solha Para Saúde

Embora existam certamente muitas desvantagens em adicionar o Peixe Solha na sua dieta, existem alguns potenciais benefícios dos peixes para saúde que devem ser considerados também. Nutricionalmente, o Peixe Solha é baixo em calorias, mas rico em proteínas, o que pode ser especialmente benéfico para a perda de peso.

De acordo com um estudo, aumentar o consumo de proteínas em apenas 15% por 12 semanas aumentou a saciedade, diminuiu o peso corporal e reduziu o consumo calórico em uma média de 441 calorias ao longo do dia nos participantes. O Peixe Solha também contém uma série de outros nutrientes importantes também. Em particular, os peixes solha são uma boa fonte de selênio, vitamina B12 e fósforo, além de várias outras vitaminas e minerais. Além disso, embora tenham um alto risco de contaminação com certos compostos, eles são tipicamente mais baixos em mercúrio do que muitos outros tipos de peixes.

O envenenamento por mercúrio pode ser prejudicial à saúde, causando sintomas como fraqueza muscular, visão e fala prejudicadas e perda de coordenação. Para a maioria das pessoas, recomenda-se limitar a quantidade de peixe com alto teor de mercúrio consumida em geral, mas, para crianças e mulheres grávidas, é aconselhável evitar o consumo de peixes com alto teor de mercúrio. Em termos de teor de mercúrio, o Peixe Solha pode ser uma alternativa melhor para certos tipos de peixe rico em mercúrio, como o tubarão, o espadarte e o carapau.

Peixe Solha e Medicina Tradicional Chinesa e Ayurveda

O peixe é um ingrediente fundamental tanto da Ayurveda quanto da Medicina Tradicional Chinesa. Em uma dieta ayurvédica, o consumo de carnes saudáveis, como peixes, é permitido com moderação. O peixe pode ser especialmente benéfico para aqueles com uma constituição de vata, enquanto os tipos pitta e kapha devem limitar seu consumo apenas a peixes de água doce. peixes como filé de linguado são melhores quando combinados com outros alimentos leves, como grãos e vegetais. No entanto, eles podem não ser compatíveis com ovos ou laticínios.

Peixe Solha

Na Medicina Tradicional Chinesa, acredita-se que o peixe ajuda no fortalecimento do baço, alivio da diarreia, controla o sangramento e até mesmo age como um afrodisíaco. É frequentemente usado para tratar condições como hemorroidas, lesões de pele, fadiga, baixa libido e sangramento pós-parto.

Valor Nutricional do Peixe Solha

Peixe Solha é baixo em calorias e gordura, mas rica em proteínas e micronutrientes como selênio e vitamina B12. Uma porção de 85 gramas de filé de peixe cozido contém aproximadamente:

  • 100 calorias
  • 20,5 gramas de proteína
  • 1,3 gramas de gordura
  • 49,5 microgramas de selénio (71 por cento DV)
  • 2,1 microgramas de vitamina B12 (36% do VD)
  • 246 miligramas de fósforo (25% do VD)
  • 49,3 miligramas de magnésio (12% do VD)
  • 0,2 miligramas de vitamina B6 (10% do VD)
  • 1,9 miligramas de niacina (9% do VD)
  • 292 miligramas de potássio (8% do VD)
  • 0,1 mg de riboflavina (6% do VD)
  • 0,1 miligrama de tiamina (5% do VD)
  • 0,5 mg de ácido pantotênico (5% do VD)

Além dos nutrientes listados acima, o peixe só contém uma pequena quantidade de zinco, vitamina E, cálcio, ferro e ácido fólico.

Peixe Solha

Peixe Solha vs. Tilápia

A tilápia e o solha são populares por seu sabor suave, que funciona bem em muitas receitas diferentes. O sabor de tilápia e o solha é descrito como não-peixe e neutro, o que os torna ideais para destacar os sabores de outros ingredientes em seu prato.

Ambos também são atormentados com uma má reputação quando se trata de saúde. O Peixe Solha é conhecido por ser insustentável e prejudicial ao meio ambiente, enquanto a tilápia é tipicamente cultivada na fazenda e associada a uma série de efeitos negativos à saúde. Estudos mostram que peixes criados em fazendas como tilápia, salmão e peixe swai contêm concentrações mais altas de antibióticos, pesticidas e contaminantes perigosos, como as dioxinas.

No entanto, existem algumas diferenças notáveis entre estes dois tipos de peixe. As tilápias são um tipo de peixe de água doce que pertence à família Cichlidae, juntamente com outros tipos de peixes como o peixe-anjo e o tucunarés. O Peixe Solha, por outro lado, é um peixe de água salgada e membros da família dos peixes chatos.

Como eles possui um sabor igualmente suave, ambos podem ser adicionados em uma variedade de receitas. A tilápia e o linguado funcionam bem em tacos de peixe, ensopados, sopas e caril e também podem ser grelhados ou assados e servidos sozinhos.

História

Os peixes solha são nomeados por sua aparência plana e semelhança com uma sandália, ou “solea” em latim. Em outras línguas, como grego, alemão, espanhol e holandês, o peixe linguado é nomeado para a língua. A solha comum é uma das variedades mais populares de peixe de linguado, especialmente entre os chefes de cozinha, porque é fácil de trabalhar, versátil e tem um sabor suave mas ligeiramente doce.

É frequentemente usado em receitas clássicas como o sole meunière, que é um prato clássico francês no qual os filés de sola são revestidos com farinha, fritos na manteiga e depois servidos com limão e salsa. Apesar de sua popularidade, o Greenpeace Internacional acrescentou a solha à sua lista vermelha de frutos do mar em 2010 para conscientizar as práticas de pesca insustentáveis e prejudiciais que são usadas para capturar esse tipo popular de peixe.

Peixe Solha

Precauções

Alergias a peixes brancos como solha são mais comuns do que alergias a outros tipos de peixes, como peixes azuis. Caso sinta qualquer sintoma de alergia alimentar depois de comer peixe, suspenda o uso imediatamente e converse com seu médico. As mulheres grávidas e as crianças são avisadas para monitorar e limitar o consumo de mercúrio para evitar atrasos no desenvolvimento, bem como defeitos congênitos.

Embora o Peixe Solha tenha baixo teor de mercúrio e seja considerado seguro para consumo durante a gravidez, ele ainda deve ser limitado a uma a duas vezes por semana como parte de uma dieta saudável e nutritiva. Além disso, garanta que o Peixe Solha esteja totalmente cozido para minimizar o risco de infecções parasitárias e doenças transmitidas por alimentos. Geralmente, é recomendável cozinhar peixe a uma temperatura interna de 145 graus Fahrenheit ou cozinhar até que a carne possa ser facilmente separada com um garfo e seja opaca.

Pensamentos finais

O Peixe Solha é um tipo de peixes chatos que é capturado principalmente na costa da Europa. Está em maior risco de contaminação por compostos potencialmente perigosos que podem ter efeitos negativos na saúde. Há também preocupações sobre a sustentabilidade do arrasto, o método de pesca usado para pescar o linguado. Também é menor em ácidos graxos ômega-3 e vários nutrientes do que outros tipos de peixes, como salmão, cavala e atum. No entanto, é rico em proteínas, com baixo teor de mercúrio e fornece várias vitaminas e minerais importantes. O Peixe Solha pode ser facilmente comercializado por outras variedades de peixe saudáveis e sustentáveis para aumentar o valor nutricional de suas refeições e minimizar sua pegada ecológica.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Beta-Sitosterol: O Que é, Benefícios e Efeitos Colaterais!

Kombu – Benefícios, Para Que Serve e Efeitos Colaterais!