Doenças e Tratamentos

Os 5 Principais Causas da Amebíase!

Causas da Amebíase

Os Principais Causas da Amebíase que todos devem ficar atentos. Além disso, a Amebíase é uma parasitose causada pelo protozoário Entamoeba histolytica. Este protozoário não possui flagelos ou cílios e o seu deslocamento ocorre por meio de pseudópodos, que são expansões do citoplasma.

Habitam preferencialmente o intestino grosso (na forma de cistos), sendo o homem o seu único hospedeiro. Em condições normais, não causa doença, mas em algumas condições se torna patogênica, invadindo células e tecidos e provocando a doença. Então, confira Os 5 Principais Causas da Amebíase:

Causas da Amebíase
Causas da Amebíase

Causas da Amebíase: Amebíase é causada pelo parasita Entamoeba histolytica, que entra no organismo principalmente por meio da ingestão de água ou comida contaminadas. Esse parasita também pode entrar no corpo por meio do contato direto com a matéria fecal.

Entamoeba histolytica libera cistos, que são uma forma relativamente inativa do parasita e que pode viver por vários meses no ambiente em que foram depositados, geralmente nas fezes, no solo e na água. Eles também podem ser transmitidos por manipuladores de alimentos e por meio de relação sexual desprotegida.

Diagnóstico da Amebíase: Utiliza-se o exame parasitológico de fezes (EPF) com a identificação de cistos e trofozoítos do parasita. Este exame é feito coletando-se três amostras em dias alternados. A correta coleta das fezes é importante para que não haja contaminação cruzada e resultados falso-negativos. Podem ser utilizados também soros e exsudatos para o diagnóstico.

Prevenção da Amebíase: Várias medidas de prevenção podem ser adotadas, dentre elas:

  • proporcionar saneamento básico para toda a população;
  • utilizar sempre que possível água tratada para beber;
  • lavar as mãos antes e após as refeições;
  • lavar bem frutas e hortaliças e deixá-las de molho em uma solução de água sanitária e água (1 colher de sopa de água sanitária para cada
  • litro de água)
  • filtrar e ferver (por no mínimo 20 minutos) água de poço ou rios antes de bebê-las;
  • evitar o contato com fezes humanas;
  • lavar com muita água e sabão se tiver tido contato com fezes humanas.

Tratamento Para Amebíase: Para os casos graves, deve-se permanecer em repouso, utilizando uma dieta rica em proteínas e com hidratação constante. A medicação normalmente utilizada é o Metronidazol por 10 dias por via oral. Se o parasita invadir os tecidos, o tratamento deve contemplar todas as áreas afetadas pelo parasita. Ao término do tratamento, as fezes devem ser examinadas novamente para ter certeza de que a doença foi eliminada.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Técnico em informática, Cursando Sistema em informação, hábil em seo, estrutura de dados, e apaixonado por musculação, boa alimentação e bem estar. Buscando sempre informação de forma segura com profissionais qualificados no assunto.

Deixe um comentário