Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Alimentos Saudáveis Diabetes Dicas de Saúde

Os 12 Melhores Alimentos Para Controlar a Diabetes

Com Os Melhores Alimentos Para Controlar a Diabetes é possível manter os níveis glicêmicos estáveis e evitar esse mal. Quando o hormônio insulina deixa de ser produzido corretamente pelo pâncreas, a pessoa passa a sofrer com o famoso Diabetes.

Em alguns casos, é possível que essa doença surja em decorrência de fatores genéticos, entretanto, às vezes, são os hábitos que influenciam seu surgimento. Por isso, manter uma alimentação equilibrada é uma forma simples de prevenir o quadro. Então, confira Os 12 Melhores Alimentos Para Controlar a Diabetes:

alimentos para melhorar a diabetesAbacate: além de saborosa, essa fruta auxilia no metabolismo da glicose reduzindo, assim, a resistência à insulina.

Aveia: podendo ser utilizada nas mais diversas preparações, a quantidade de Fibras presentes em sua composição ajuda a manter o nível de glicose no sangue estável.

Banana Verde: de uma forma simples, é possível dizer que é o amido resistente característico desse fruto o responsável por reduzir os níveis de açúcar no corpo.

Batata-Doce: essa versão é riquíssima em carboidratos complexos, ou seja, aqueles que são absorvidos lentamente pela corrente sanguínea, demorando para se transformar em açúcar e, com isso, estabilizando os níveis de glicose.

Batata Yacon: rica em Fibras solúveis (aquelas que absorvem a água e se transformam em uma substância gelatinosa que envolve a gordura e impede a sua absorção) e prebióticos ( fibras não-digeríveis que funcionam como alimentos para as bactérias intestinais benéficas), essa batata vem sendo utilizada em pesquisa com diabéticos, já que seu consumo parece não aumentar a quantidade de açúcar no sangue.

Berinjela: devido à alta concentração de Fibras presentes no legume, o açúcar do sangue passa a ser absorvido com maior lentidão, fator que contribui para o controle dos níveis glicêmicos.

Canela: a inclusão da especiaria na dieta de diabéticos tipo 2 melhora o controle glicêmico e os fatores de risco cardiovascular associados ao excesso de açúcar no sangue.

Farinha de Maracujá: esse ingrediente possui um alto teor de Fibras, por isso reduz a absorção de glicose (o açúcar do sangue). O processo para fazer a farinha de maracujá é simples: basta deixar alguns maracujás de molho em 1 litro de água com 1 colher (sopa) de vinagre. Depois, enxague as frutas e retire suas polpas e sementes.

Em seguida, corte as cascas em fatias finas e as distribua em uma forma, deixando-as separadas umas das outras. Leve ao forno a 200ºC por 40 minutos, mexendo duas vezes. Quando as cascas estiverem secas, deixe-as esfriarem e bata no liquidificador até virar pó. Depois, é só passar a mistura por uma paneira fina.

Feijão-Branco: a faseolamina (substância encontrada nesse alimento) tem a capacidade de impedir a absorção de cerca de 20% dos carboidratos presentes nos alimentos ingeridos, uma vantagem e tanto para a saúde dos diabéticos.

Integrais: macarrão, arroz, pão e vários outros produtos são mais benéficos quando consumidos na versão integral. Os alimentos integrais são opções saudáveis para todos, em especial para os diabéticos. Isso porque o alto teor de Fibras presentes nesses alimentos promove uma absorção da glicose de forma mais lenta, evitando os picos de glicemia.

alimentos para diabetesQuinoa: muito rica em proteína, vitaminas e minerais, esse ingrediente apresenta um índice glicêmico baixo e, exatamente por isso, torna-se um ótimo alimento para os diabéticos.

Sementes Oleaginosas: conhecidas por serem fontes de gordura boa, seu consumo está inversamente associado ao risco de diabetes tipo 2. Elas têm baixo índice glicêmico, alto teor de Fibras, Magnésio, gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas.

O Papel da Insulina: Ela é um hormônio produzido pelas células do pâncreas, sendo responsável pela absorção da glicose que fica na corrente sanguínea. Ao ingerir carboidratos, eles se transformam em glicose para fornecer energia ao corpo. No entanto, quando a insulina não é liberada, o açúcar fica na corrente sanguínea, prejudicando o organismo. Assim, é necessário haver a reposição desse hormônio em pessoa que apresentam o Diabetes.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.