Dieta e Nutrição

6 benefícios do açúcar de coco para saúde!

Por Valéria Carneiro, em 03/02/2018 (atualizado em 10/09/2020)

Os benefícios do açúcar de coco que muitos ignoram são muitos pois, contém muitos nutrientes que são benéficos para a saúde do corpo em geral. Nos últimos anos, o açúcar de coco tornou-se um adoçante popular, dada a preocupação com o aumento do consumo de açúcares sintéticos e xarope de milho de alta frutose. No entanto, antes de adicionar este adoçante natural à sua dieta, é importante entender de onde ela vem, como usá-la e também seus benefícios para saúde.

O açúcar de coco, como o próprio nome indica, é derivado do coco da palmeira de coco. Cientificamente conhecida como Cocos nucifera, esta árvore cresce em uma variedade de regiões do mundo, particularmente nas nações asiáticas e nas áreas tropicais.

Ao contrário do açúcar de mesa tradicional, devido ao processo de coleta e produção, o açúcar de coco contém uma quantidade significativa de nutrientes derivado da seiva, que incluem zinco, potássio, magnésio, cálcio, cobre, compostos polifenólicos, fibra , vitamina C e outros antioxidantes, em vez das “calorias vazias” do açúcar tradicional. No entanto, o açúcar de coco ainda é muito alto em frutose, o que é potencialmente ruim para uma série de problemas de saúde. Essencialmente, o açúcar de coco é considerado mais saudável que o açúcar normal, mas ainda deve ser consumido com moderação.

Nos países asiáticos, em particular na Indonésia, o açúcar de coco foi amplamente coletado e produzido há milhares de anos, mas foi apenas nas últimas décadas que ele foi considerado um substituto viável para o açúcar tradicional ou o xarope de milho rico em frutose.

Benefícios do açúcar de coco para a saúde:

Existem alguns benefícios impressionantes do açúcar de coco para a saúde, incluindo sua capacidade de controlar o diabetes, aumentar o sistema imunológico, fortalecer os ossos, baixar a pressão arterial, auxiliar nos esforços de perda de peso e melhorar o humor.

Menor quantidade de frutose:

Com um nível mais baixo de frutose do que o açúcar de mesa normal, é menos provável que o açúcar de coco contribua para a deposição de gordura. Quando o fígado processa a frutose, ele libera os triglicerídeos, que são uma forma de gordura. A frutose consumida das frutas é considerada saudável e apropriada, mas o açúcar possui um nível mais baixo de frutose. Em comparação com o xarope de milho de alta frutose e outros açúcares naturais, o açúcar de coco possui uma menor quantidade de frutose, o que significa que proporcionará um pequeno ganho de peso e deposição de gordura.

Circulação sanguínea: 

O pequeno nível de ferro encontrado no açúcar de coco terá um impacto na circulação do corpo, o que pode aumentar a oxigenação e a disponibilidade de nutrientes no corpo. O ferro é um componente fundamental nos glóbulos vermelhos. Caso não tenha quantidade adequada no corpo, você pode sofrer com os sintomas da anemia, incluindo fraqueza muscular, dores de cabeça, fadiga e problemas gastrointestinais.

Pressão sanguínea: 

A quantidade de potássio presente neste açúcar é mínima, mas o suficiente para ter um efeito sobre a pressão arterial. O potássio atua como vasodilatador no corpo, aliviando a tensão nos vasos sanguíneos e artérias. E evitando a tensão no sistema cardiovascular, incluindo a redução do risco de ataques cardíacos e derrames.

Para os diabetes:

Embora o açúcar esteja tipicamente associado a um risco aumentado de diabetes. O nível de inulina do b pode regular os a níveis de açúcar no sangue e insulina. Tornando-se uma opção mais saudável para diabéticos ou com risco de desenvolver essa doença. No entanto, uma quantidade excessiva pode aumentar o risco para esta doença.

Na saúde óssea: 

Existem vários minerais importantes encontrados no açúcar de coco, incluindo zinco. Potássio, ferro, cálcio e cobre, que desempenham um papel importante na construção da densidade mineral óssea. E na redução do risco de osteoporose à medida que envelhecemos.