Doenças e Tratamentos

Fígado Intoxicado – Causas, Sintomas e Como Tratar!

Fígado Intoxicado – Sintomas e Como Tratar. Além disso, os primeiros sintomas de problemas no fígado são: inchaço e dor abdominal do lado direito.

Além desses, também podem ocorrer os sinais de cor amarelada na pele e nos olhos e urina escura, de cor amarelo forte.

Figado Intoxicado
Fígado Intoxicado

Qual a Função do Fígado?

O fígado é o maior órgão interno e maior glândula do corpo humano. O fígado desempenha um papel vital em muitas funções do organismo.

Sua função da produção de proteínas por meio de coagulação do sangue e também regula os níveis de colesterol, glicose e no metabolismo do ferro.

E continuamente filtrando nosso sangue, desintoxica fígado e purifica nossos corpos. Exceto cérebro fígado é o órgão mais complexo.

Um ponto único e muito positivo é que o nosso fígado é realmente capaz de reparar-se.

O que significa é que dependendo da causa do dano e, se detectado precocemente, pode realmente fazer recuperações completas.

Quais as Causas do Fígado Intoxicado?

As causas mais comuns são:

  • Excesso de gordura no fígado;
  • Excesso de peso;
  • Falta de exercícios físicos;
  • Uso excessivo de álcool;
  • Uso abusivo de medicamentos;
  • Hepatite;
  • Cirrose;
  • Ascite;
  • Esquistossomose;
  • Hipertensão.

O que Acontece Quando o Fígado Fica Sobrecarregado?

O mau funcionamento do fígado faz com que o sangue não retorne completamente purificado ao corpo.

Quando o fígado está sobrecarregado, não elimina adequadamente as toxinas e elas interferem no bom funcionamento.

Quais os Sintomas do Fígado Intoxicado?

Icterícia:

Isto é principalmente devido à acumulação de ‘bilirrubina’, que é um pigmento biliar. Bile é feita no nosso fígado e é essencial no processo de digestão.

Se o seu fígado está tendo problemas para filtrar toxinas que são ingeridas bilirrubina se acumula na corrente sanguínea.

Assim, torna-se palidez amarelada da nossa pele, e este é um dos sinais mais comuns de fígado intoxicado.

Mudança de Cor na Urina e Fezes:

Enquanto as alterações de cor podem ser indicativas de muitos problemas no corpo, muitas vezes é um sinal de problemas no fígado.

Se você manteve-se bem hidratado, em seguida, a urina produzida deve ser sempre uma palha tipo de cor pálida.

Icterícia, no entanto, uma acumulação de bilirrubina pode manifestar-se como uma cor muito mais escura na urina.

Um mau funcionamento do fígado também pode causar fezes pálida, sangrenta, ou até mesmo preta.

Dores de Estômago e Inchaço:

Se você sentir dor ou cólicas abdominal persistentes, isso pode ser um sintoma de fígado intoxicado ou algo está funcionando incorretamente no fígado.

Você também pode perceber inchaço ou sensação constante de gases; isso pode desenvolver ascite.

A ascite é a acumulação de fluido no interior das paredes abdominais, e faz com que o excesso de pressão nos pulmões dificulta a respiração.

O tratamento é invasivo e requer cateter de drenagem de fluido.

Sensibilidade na Pele:

Um sintoma comum de fígado intoxicado é a pele hipersensível – coceira excessiva e irritação ao tocar.

Alguns desses podem ser aliviados ao passar hidratante, mas não vai melhorar sem tratamento do problema subjacente do fígado.

Refluxo Ácido:

Se você sofre de ataques cada vez mais frequentes de refluxo ácida indigestão, com ou sem vômitos.

Estes são outros sinais de alerta que nem tudo está bem e precisa investigar mais sobre o bom funcionamento do seu fígado.

Diarreia:

É evidente que a diarreia pode ter muitas causas além do sinal como um dos principais sintomas de fígado intoxicado.

Mas, se torna mais comum do que poderia ser devido a uma avaria do problema do fígado, porque é essencial para o sistema digestivo do corpo.

Fadiga Geral:

Não é apenas muito cansaço, mas sim uma fraqueza absoluta, letargia geral e constante. Se o fígado está sobrecarregado, terá um efeito em todo o corpo.

Se combinar este sintoma com quaisquer um dos outros mencionados abaixo, você deve procurar ajuda médica imediatamente.

Perda Súbita de Apetite:

Muitas vezes esse sintoma não aparece muito tarde no desenvolvimento de uma doença hepática, por isso é necessário a opinião de um especialista.

Causa Retenção de Líquidos:

Um dos primeiros e principais Sinais de fígado intoxicado e a retenção de fluidos que se manifesta como inchaço da área afetada.

Causa Mal-estar:

Você pode realmente perceber a diferença entre alguns “dias de descanso” e uma sensação geral de desconforto.

Isso ocorre porque nem todas as toxinas estão vazando de um fígado doente de forma eficiente e toxinas permanecem flutuando em nosso corpo.

Podendo se manifestar em dores de cabeça, erupções cutâneas, pele seca e até mesmo mau humor característico.

Mantenha seu fígado saudável, reconhecendo as mudanças e lidando com elas rapidamente. Isto vai dar ao fígado a melhor chance de recuperação.

Remédios Para Desintoxicar o Fígado Naturalmente:

Existem algumas plantas, minerais, ervas e especiarias que podem melhorar a saúde do fígado ou ajudar o fígado a fazer seu trabalho melhor.

Cardo de Leite:

O cardo de leite é usado há mais de dois mil anos devido aos seus efeitos notáveis ​​no fígado e na vesícula biliar.

Antigos filósofos reconheceram e usaram o poder do cardo de leite para limpeza e suporte do fígado.

O cardo de leite ajuda na desintoxicação de venenos, como álcool, regeneração do tecido hepático danificado, estimulação da produção de bile e digestão.

Raiz de Chicória:

A chicória é uma erva medicinal por sua capacidade de limpar o fígado. Antigos médicos usavam folhas e raízes de chicória para combater doenças do fígado.

Incluindo icterícia, vesícula biliar e pedras no fígado, pedras urinárias, constipação, indigestão, depressão e dores de cabeça.

Nozes:

As nozes são uma boa fonte de glutationa, ácidos graxos ômega-3 que ajudam o fígado a evacuar a amônia.

Esta substância é responsável por certas doenças. Elas também promovem a oxigenação do sangue.

Beterraba e Cenoura:

Beterraba e cenoura são ricos em glutationa, em flavonoides e betacaroteno, que ajudam o fígado a se regenerar e a desempenhar seu papel de purificação.

Dente-de-leão:

Esta erva humilde, é um limpador de fígado que tem sido comemorado ao longo dos tempos. A raiz do dente-de-leão estimula o fluxo biliar do fígado.

É usada pelos herbalistas em condições indesejáveis ​​do fígado, incluindo fígado gorduroso, cirrose, dominância de estrogênio e até acne.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Deixe um comentário