Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Sintomas

Os 10 Principais Sintomas Mais Comuns da Apendicite

Os Principais Sintomas Mais Comuns da Apendicite é uma doença extremamente comum. Alem disso, acontece cerca de 7% da população, o que a torna uma das principais emergências médicas em todo o mundo. A inflamação do apêndice geralmente surge entre os 10 e 30 anos, mas pode ocorrer em qualquer idade, apesar de ser rara nas crianças com menos de 2 anos.O apêndice é um órgão com tamanho e localização variáveis, e a sua proximidade com outros órgãos da pelve e do abdômen podem fazer com que os Principais Sintomas da Apendicite sejam parecidos com os de outras doenças. A dor abdominal do apêndice costuma fazer diagnóstico diferencial com várias outros problemas do abdômen ou da pelve, incluindo diverticulite, torção do ovário, gravidez ectópica e até cálculo renal.

Os 10 Principais Sintomas Mais Comuns da Apendicite

  • Dor abdominal .
  • Enrijecimento da parede do abdômen.
  • Enjoos.
  • Vômitos.
  • Perda do apetite.
  • Febre.
  • Diarreia
  • Prisão de ventre.
  • Distensão abdominal .
  • Leucocitose (aumento do número de leucócitos no hemograma).

Nem todos os sinais e sintomas listados acima estão necessariamente presentes nos pacientes com apendicite aguda. Na verdade, alguns deles, tais como diarreia, prisão de ventre ou distensão abdominal, ocorrem em menos da metade dos casos.

A seguir, vamos falar com mais detalhes sobre cada um desses Principais Sintomas da Apendicite, demonstrando a sua importância para o diagnóstico da apendicite. Vamos descrever primeiramente o quadro clínico da apendicite nos adultos e depois nos bebês, crianças e adolescentes.

Dor Abdominal: O sintoma mais típico e presente em praticamente 100% dos casos de inflamação do apêndice é a dor abdominal . Como a dor abdominal pode ser causada por dezenas de problemas diferentes, conhecer as características típicas da dor da apendicite é importante para o seu diagnóstico.

Outros Padrões de dor da Apendicite: Na verdade, quando o paciente apresenta-se ao serviço de emergência com a típica dor da apendicite, poucos são os médicos que têm dificuldades em estabelecer o diagnóstico. O problema ocorre quando o paciente apresenta um padrão atípico de dor, ou quando o mesmo não consegue descrever os seus Principais Sintomas da Apendicite de forma adequada.

Como nos casos de crianças muito pequenas ou idosos com demência. Pacientes imunossuprimidos, que não desenvolvem processos inflamatórios exuberantes, também podem ter apresentações atípicas da apendicite.

Em cerca de 15% das pessoas o apêndice localiza-se mais posteriormente, fazendo com que o local da dor da apendicite seja diferente. Em vez da típica dor no quadrante inferior direito, o paciente pode queixar-se de dor lombar à direita, dor no quadrante superior direito ou dor em todo o flanco direito.

Febre: A febre não costuma estar presente nos primeiros e Principais Sintomas Mais Comuns da Apendicite horas de evolução, principalmente nas crianças e nos idosos. Algumas pessoas, porém, podem ter febre baixa, com temperaturas ao redor de 37,5ºC e 38ºC.

Febre elevada não costuma ocorrer nos quadros de inflamação do apêndice, exceto nas situações mais graves, quando há perfuração do apêndice e extravasamento de material fecal dos intestinos para dentro da cavidade abdominal , o que gera uma intensa reação inflamatória e grave infecção.

Sintomas da Apendicite em Crianças Entre 5 e 12 Anos: Assim como nos adultos, a dor abdominal e os vômitos são os Principais Sintomas da Apendicite mais comuns nas crianças em idade escolar, embora a característica migração da dor da região peri-umbilical para o quadrante inferior direito possa não ocorrer.

A Frequência dos Sinais e Sintomas da Apendicite Aguda Nesta faixa Etária é a Seguinte:

  • Dor no quadrante inferior direito do abdômen – 82%
  • Náuseas – 79%
  • Perda do apetite – 75%
  • Vômitos – 66%
  • Febre – 47%
  • Diarreia- 16%

Note Qualquer Firmeza no Abdômen: Ao apertar a barriga, seu dedo consegue afundar nela um pouco ou a região parece estranhamente firme e dura? Caso note o segundo caso, você pode estar inchado, outro sintoma de apendicite. Se você tiver dor abdominal, mas não tiver náusea nem diminuição do apetite, pode não estar com apendicite.

Há muitas razões para a dor nessa região que não precisam de uma visita ao pronto-socorro. Por via das dúvidas, ligue para seu médico ou marque uma consulta com ele para qualquer dor abdominal que dure mais do que 3 dias, você fazendo esse procedimento ira ajudar a identificação nos Principais Sintomas da Apendicite.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.