Medicamentos

Milnaciprano – para que serve, como usar e efeitos colaterais!

milnaciprano

O milnaciprano apresenta a propriedade de inibir a recaptação da serotonina e da noradrenalina de forma equivalente e afirma ter menos efeitos colaterais do que os antidepressivos clássicos. A fibromialgia é caracterizada por dor e sensibilidade persistente e generalizada, problemas de sono e fadiga. Medicamentos comuns para aliviar a dor, como o paracetamol e o ibuprofeno, geralmente não são considerados eficazes. Medicamentos usados para tratar a epilepsia ou a depressão podem ser eficazes em algumas pessoas com fibromialgia e outras formas de dor crônica (persistente, de longa duração), onde pode haver danos nos nervos.

milnaciprano
milnaciprano

O que é milnaciprano?

O milnaciprano é um antidepressivo e os antidepressivos são amplamente recomendados para o tratamento da fibromialgia. Além disso, ele  está licenciado para tratar a fibromialgia apenas em algumas partes do mundo, particularmente nos EUA.

Para que serve o milnaciprano?

Milnaciprano é usado para tratar a dor causada por uma doença chamada fibromialgia que afeta os músculos, tendões, ligamentos e tecidos de suporte.

Este medicamento é um inibidor da recaptação da serotonina-noradrenalina (SNRI) que funciona ajudando na restauração do equilíbrio de certas substâncias naturais no cérebro (neurotransmissores).

Como usar o milnaciprano?

Leia a bula fornecida pelo seu farmacêutico antes de usar o milnaciprano e cada vez que receber uma remessa. Caso tenha alguma dúvida, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Tome este medicamento por via oral com ou sem alimentos, geralmente 2 vezes ao dia ou conforme indicado pelo seu médico. Caso tenha náusea, tomar pode medicamento com comida pode ajudar.

A dosagem é baseada em seu problema médico e resposta ao tratamento.

Para reduzir o risco de efeitos colaterais, o seu médico pode recomendar com uma dose baixa e aumentar gradualmente a dosagem. Siga as instruções do seu médico cuidadosamente. Não aumente sua dose nem tome este medicamento com mais frequência do que o prescrito. Seu problema não melhorará mais rapidamente e o risco de efeitos colaterais graves pode ser aumentado.

Caso este medicamento tenha sido usado regularmente por muito tempo, os sintomas de abstinência (como alterações de humor, dor de cabeça, cansaço, alterações no sono e breves sentimentos semelhantes ao choque elétrico) podem ocorrer caso pare de usar este medicamento repentinamente. Para evitar reações de abstinência, seu médico pode reduzir sua dose gradualmente. Consulte o seu médico ou farmacêutico para mais detalhes, e relate imediatamente quaisquer reações de retirada.

Informe o seu médico caso o problema não melhore ou se piorar.

Efeitos colaterais do milnaciprano:

Náuseas, vômitos, boca seca, constipação, perda de apetite, tontura, sudorese aumentada, dor de cabeça ou ondas de calor (rubor) podem ocorrer. Caso algum destes efeitos persista ou piore, informe o seu médico imediatamente.

Lembre-se de que seu médico receitou este medicamento porque julgou que o benefício é maior do que o risco de efeitos colaterais. Muitas pessoas que usam este medicamento não têm efeitos colaterais graves.

Este medicamento pode elevar sua pressão arterial. Verifique a sua pressão arterial regularmente e informe à seu médico caso os resultados sejam altos.

Informe à seu médico imediatamente caso tenha quaisquer efeitos secundários graves, incluindo: batimentos cardíacos acelerados, alterações na capacidade sexual, diminuição do interesse sexual, micção dolorosa, convulsões, olhos e pele amarelados, urina escura, dor abdominal, fezes pretas ou sanguinolentas e vômito que parece pó de café.

o que e milnaciprano
o que e milnaciprano

Procure ajuda médica imediatamente caso tenha quaisquer efeitos secundários muito graves, incluindo: dor, inchaço, vermelhidão dos olhos, pupilas alargadas e alterações na visão.

Este medicamento pode aumentar a serotonina e raramente causa um problema muito séria chamada síndrome de serotonina e toxicidade. O risco aumenta caso também esteja tomando outros medicamentos que aumentam a serotonina, então informe o seu médico ou farmacêutico sobre todos os medicamentos que estiver tomando.

Procure ajuda médica imediatamente caso desenvolva alguns dos seguintes sintomas: batimento cardíaco acelerado, alucinações, perda de coordenação, tontura grave, náusea, vômito, diarreia intensas, contração dos músculos, febre inexplicável e agitação.

Uma reação alérgica muito grave a este remédio é rara. No entanto, procure ajuda médica imediatamente caso note quaisquer sintomas de uma reação alérgica grave, incluindo: erupção cutânea, comichão, inchaço (especialmente da face, língua e garganta), tonturas graves e dificuldade em respirar.

Notas:

  • Não compartilhe este medicamento com os outros.
  • Laboratório e/ou exames médicos (como pressão arterial, frequência cardíaca e função hepática) devem ser realizados periodicamente
  • para monitorar seu progresso ou verificar se há efeitos colaterais. Consulte o seu médico para mais detalhes.

O que fazer se esquecer de tomar uma dose?

Caso perca uma dose, tome assim que lembrar. Se estiver perto da hora da próxima dose, pule a dose e retome o seu esquema posológico habitual. Não duplique a dose para recuperar o atraso.

Armazenamento:

  • Armazene em temperatura ambiente longe de luz e umidade.
  • Não guarde no banheiro. Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.
    Não descarte os medicamentos no vaso sanitário ou em um ralo, a menos que seja recomendado.
  • Descarte este produto adequadamente quando expirar ou não for mais necessário.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário