Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde

Corrimento Esverdeado é Normal? é Grave?

Corrimento Esverdeado é Normal? é Grave? perguntas como essas são feitas todos os dias por nossos internautas, pensando nisso, nós do Dicas de Saúde resolvemos tirar todas as suas dúvidas sobre o Corrimento Esverdeado.

Além disso, se a mulher expele pela vagina um líquido incolor, inodoro, com consistência de clara de ovo e não sente coceira, dor ou ardência, provavelmente não há nada de errado com a saúde da área íntima. No entanto, se o corrimento apresentar coloração esverdeada, pode ser um sintoma de tricomoníase.

Corrimento Esverdeado

A tricomoníase é uma infecção causada pelo protozoário Trichomonas vaginalis e ataca o colo do útero, a vagina e a uretra. Além do Corrimento Esverdeado ou amarelo-esverdeado, dor durante o sexo, ardência ao urinar e coceira na vagina são alguns dos sintomas da doença.

Causas do Corrimento Esverdeado:

As principais causas do Corrimento Esverdeado são:

Vulvovaginite: A vulvovaginite é um inflamação que ocorre em simultâneo na vulva e na vagina, sendo a combinação de uma vulvite (inflamação na vulva) e de uma vaginite (inflamação do revestimento da vagina).

Esta inflamação além do Corrimento Esverdeado, causa também irritação, coceira, vermelhidão e inflamação genital, cheiro desagradável, desconforto ou sensação de queimação ao urinar.

A vulvovaginite pode ter diversas causas, pois pode ser causada por bactérias, fungos, vírus ou outros parasitas ou por substâncias químicas encontradas em espumas, sabonetes ou perfumes, por exemplo.

Geralmente, o tratamento da vulvovaginite pode ser feito recorrendo ao uso de remédios antibióticos, antifúngicos ou anti-histamínicos, dependendo do tipo e da causa da infecção. Por exemplo, se vulvovaginite estiver a ser causada por uma alergia a algum produto deverão ser usados remédios para a alergia anti-histamínicos para tratar o problema.

Tricomoníase: A tricomoníase é uma infecção vaginal causada pelo protozoário Tricomonas Vaginalis que pode ser sexualmente transmissível, sendo por isso considerada uma DST (doença sexualmente transmissível).

Esta infecção vaginal além de provocar Corrimento Esverdeado, causa também dor durante a relação sexual, cheiro desagradável, irritação e coceira genital, dor ao urinar e aumento da frequência urinária. Conheça todos os sintomas que esta doença pode causar em tricomoníase.

Geralmente, a tricomoníase é tratada recorrendo ao uso de remédios antibióticos como o Metronidazol ou Tinidazol, que devem ser tomados 2 vezes por dia durante 5 a 7 dias de tratamento.

Corrimento Esverdeado na Gravidez é Normal:

Ter um corrimento durante a gravidez é algo comum quando se trata de um corrimento de tonalidade clara, sem cheiro e com textura aquosa ou leitosa. Esse tipo de corrimento é provocado por alterações hormonais na gravidez e também pelo aumento da circulação sanguínea, não apresentando nenhum tipo de prejuízo ao bebê ou necessidade de tratamento.

Porém, quando há um Corrimento Esverdeado na gravidez, isso pode ser o sinal de algum tipo de doença que poderá prejudicar o bebê caso não seja tratada. Se não receber o tratamento adequado, esses micro-organismos podem se dirigir para o canal vaginal e causar um parto prematuro ao romper as membranas, podendo até mesmo provocar uma infecção no bebê.

Motivo do Corrimento Esverdeado:

O Corrimento Esverdeado é uma secreção que pode variar a espessura e o aspecto, sendo que o motivo que leva as mulheres a ter esse tipo de corrimento está, na maioria das vezes, ligados a infecções ou doenças sexualmente transmissíveis. Quais seriam os motivos do Corrimento Esverdeado:

Esse corrimento é resultado de bactérias que se formam na parte genital da mulher, sendo que a mesma pode apresentar sintomas diferentes de mulher para mulher. A alteração na cor do corrimento faz parte de uma das alterações dos sintomas causados às mesmas, como também a intensidade de secreção vaginal e o seu odor.

Tratamento Para o Corrimento Esverdeado:

Para completar o tratamento, existem alguns cuidados de higiene e dicas caseiras que podem ajudar quando existe Corrimento Esverdeado, que incluem:

  • Lavar 2 a 3 vezes por dia a região genital com água corrente sendo dispensável o uso de sabão.
  • Fazer banhos de assento com água morna ou com Chá de goiabeira, para ajudar a aliviar a coceira na região genital.
  • Evitar o uso de roupas íntimas sintéticas ou apertadas, apostando nas roupas íntimas de algodão.

Qualquer alteração no corrimento vaginal pode ser uma forma do organismo avisar de que existe algum problema, sendo por isso um alerta para procurar o médico ginecologista logo que possível.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.