Doenças e Tratamentos

Gardnerella Vaginalis: Sintomas, Causas e Tratamentos!

Gardnerella Vaginalis: Sintomas, Causas e Tratamentos que muitos desconhecem. Além disso, a  Gardnerella Vaginalis e a Gardnerella Mobiluncus sp são duas bactérias que normalmente vivem na vagina sem causar qualquer tipo de sintoma. No entanto, quando se multiplicam de forma exagerada, podem causar uma infecção conhecida popularmente como vaginose bacteriana, que levam à produção de corrimento acinzentado e cheiro fétido.

O tratamento da Gardnerella Vaginalis é feito com remédios antibióticos, como Metronidazol ou Clindamicina, em forma de comprimido oral ou pomadas que devem ser aplicadas na vagina, embora, em alguns casos, a cura possa ser alcançada apenas com a lavagem adequada da região. A infeção Gardnerella Vaginalis geralmente ocorre em mulheres, porém os homens também podem ser infectados através de relações sem preservativo com uma parceira infectada.

Gardnerella Vaginalis

Sintomas da Gardnerella Vaginalis:

É fácil reconhecer a Gardnerella Vaginalis bacteriana, já que os sintomas desta condição são tão caraterísticos que você vai perceber assim que aparecerem. No entanto, algumas mulheres com esta infecção vaginal não apresentam nenhum tipo de mal-estar, o que faz que apenas se apercebam muito mais tarde, quando a condição já piorou. Os sintomas da Gardnerella são:

  • Corrimento amarelo acinzentado;
  • Odor vaginal forte, semelhante ao peixe;
  • Ardência ao urinar;
  • Coceira dentro e fora da vagina.

Para diagnosticar esta infecção vaginal, é necessário que o ginecologista realize um exame pélvico para identificar a bactéria. Garanta que o diagnóstico é eficaz, evitando o uso de tampões e as relações sexuais 36 horas antes da consulta médica. Para examinar a pélvis, o médico vai pedir que você se deite na maca com os pés elevados. Posteriormente, ele vai introduzir um espéculo para abrir ligeiramente a vagina e poder examinar o seu interior, retirando assim uma amostra do fluxo com um cotonete. Esta amostra é examinada com um microscópio para procurar sinais de infecção.

Causas da Gardnerella Vaginalis:

Ainda não existe uma causa específica para o surgimento da infecção por Gardnerella Vaginalis, no entanto, fatores como ter vários parceiros sexuais, fazer lavagens vaginais frequentes ou fazer uso de cigarro, parecem estar relacionados a um aumento do risco de ter a Gardnerella Vaginalis. Esta infecção não pode ser considerada uma doença sexualmente transmissível, uma vez, que também acontece em mulheres que ainda não tiveram relações sexuais. Para evitar pegar esta infecção algumas recomendações incluem manter uma higiene íntima adequada, utilizar preservativo em todas as reações sexuais e evitar usar roupa íntima muito apertada.

  • Ter um novo parceiro sexual ou múltiplos parceiros sexuais;
  • Duchas vaginais;
  • Usar um dispositivo intra-uterino (DIU) como contraceptivo;
  • Não usar preservativo.

Tratamento da Gardnerella Vaginalis:

A Gardnerella Vaginalis é de fácil cura e seu tratamento é feito pelo uso de antibióticos, sendo o como Metronidazol a droga de escolha, pois age no combate à Gardnerella Vaginalis e a outras bactérias anaeróbias que geralmente estão associadas ao quadro. Mas também pode ser feito pelo uso de drogas como Secnidazol ou Azitromicina tomados via oral, ou em pomadas, que devem ser aplicadas no local. Mesmo que o parceiro não apresente os Sintomas da Gardnerella Vaginalis o tratamento deve sempre ser estendido a ele.

Prevenção Contra a Gardnerella Vaginalis:

Previne-se qualquer doença retirando os fatores causais. Neste caso, é importante: uso de preservativos durante a relação sexual, evitar a promiscuidade (vários parceiros sexuais), higiene íntima diária adequada, tratar infecções do trato genital e consultar periodicamente o seu médico de escolha.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.