Doenças e Tratamentos

Os 5 Sintomas Principais da Doença de Parkinson e Alzheimer!

Os Sintomas Principais da Doença de Parkinson e Alzheimer são diversos, por isso deve-se ficar atento. Além disso, a Doença de Parkinson e Alzheimer são enfermidades degenerativas crônicas que, em geral, se manifestam depois dos 50, 60 anos, provocadas pelo decréscimo na produção de neurotransmissores responsáveis pela propagação de sinais na cadeia de circuitos nervosos. No entanto, há diferenças entre elas que são fundamentais para o diagnóstico e tratamento.

Doença de Parkinson e Alzheimer

A doença de Parkinson é um distúrbio motor com quatro características principais: rigidez muscular, tremor em repouso, bradicinesia (lentidão de movimentos) e instabilidade postural. Na doença de Alzheimer, a principal característica é o declínio progressivo de funções intelectuais. Na verdade, ela representa a forma mais comum de demência.

Embora esteja cada vez mais em pauta, ainda existe um longo caminho para que essas doenças não sejam alvos de preconceito e de tantas dúvidas. Para garantir que a qualidade de vida não se perca mesmo com o diagnóstico do Parkinson ou do Alzheimer, é fundamental que as pessoas saibam identificar alguns sintomas para que, com isso, o tratamento seja iniciado o quanto antes. Então, a seguir, você descobre quais são os principais sinais que podem indicar que algo está errado com o cérebro. Então, confira Os 5 Sintomas Principais da Doença de Parkinson e Alzheimer.

Perda de Memória:perda de memória é sem dúvidas um dos Sintomas Principais da Doença de Parkinson e Alzheimer, o sintoma mais lembrado quando o assunto é Alzheimer, mas vale lembrar que os lapsos de memória também podem ser comuns com o envelhecimento. A característica mais marcante do esquecimento é que a pessoa não consegue se lembrar das pequenas coisas do dia a dia, como o nome de indivíduos próximos e algumas conversas recentes.

Problemas Para Realizar Atividades Simples: A capacidade cognitiva fica debilitada em decorrência do Alzheimer e, por isso, manter o foco e a concentração pode se tornar um desafio para quem sofre com a doença .

Dessa forma, ações que antes pareciam simples ficam mais complicadas. Por exemplo: uma pessoa que costurava todos os dias com extrema facilidade, pode não conseguir realizar essa tarefa com destreza, por isso, ter dificuldades em realizar algumas atividades é um dos Sintomas Principais da Doença de Parkinson e Alzheimer.

Desorientação Constante: Sintomas Principais da Doença de Parkinson e Alzheimer, é em relação à percepção do tempo e do espaço. Com isso, é comum que a pessoa com essa doença fique perdida na rua, uma vez que não se recorda do local onde Vive e não tem a noção das datas. Uma boa estratégia e colocar uma plaquinha de identificação no paciente, a fim de garantir sua segurança, caso de perca.

Doença de Parkinson e Alzheimer

Tremores Constantes: Um dos Sintomas Principais da Doença de Parkinson mais claros, é o tremor, que ocorre principalmente nas regiões dos dedos, mãos, queixo e lábios. Ao perceber que esse sintoma está cada vez mais frequente, o indicado é procurar a ajuda de um profissional qualificado, como o neurologista.

Redução do Olfato: Embora esse não seja o sinal mais clássico do Parkinson, muitos pacientes relatam que a perda considerável do olfato foi o primeiro sinal da doença . Assim, se a pessoas começar a ter dificuldades para sentir o aroma de comidas temperadas ou para escolher perfumes, por exemplo, é melhor consultar um médico, lembrando que este também pode ser um dos Sintomas Principais da Doença de Parkinson e Alzheimer.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Graduada em jornalismo com especialização em Marketing social na UFMG Universidade Federal de Minas Gerais, escreve artigos com conteúdos sobre beleza, saúde e bem estar com noções de SEO e tem a dinâmica e versatilidade na elaboração de artigos.

15 comentários

  • […] que mulheres grávidas, menores de 6 anos e pessoas com gastrite ou doenças neurológicas como Parkinson não devem tomar óleos essenciais de nenhum tipo, nem de flor de […]

  • […] nervoso. Pois o Óleo de Capim Limão auxilia no tratamento de vários distúrbios nervosos como a doença de Parkinson, a doença de Alzheimer, convulsões, falta de reflexos, […]

  • […] Doença de Parkinson; […]

  • […] as mulheres grávidas, menores de seis anos e pessoas com gastrite ou doenças neurológicas como Parkinson não devem tomar óleos essenciais de nenhum tipo, nem de Flor de […]

  • […] e segundo uma pesquisa da Universidade da Califórnia é capaz de reduzir o risco da doença de Alzheimer. A cúrcuma também protege contra diversos tipos de câncer e tem ação […]

  • […] celulares são reduzidos pelo consumo de açafrão. Além disso, As Doenças como Alzheimer e Parkinson podem ser mantidos longe pela ingestão regular do Açafrão, Isso ajuda a proteger o sistema […]

  • […] por um processo prejudicial chamado estresse oxidativo, reduzindo assim o risco de doença de Parkinson pela […]

  • […] processo prejudicial chamado estresse oxidativo, reduzindo assim o risco de doença de Parkinson pela […]

  • […] formigamento e dormência. Estudos estão sendo conduzidos sobre seus benefícios potenciais para a doença de Parkinson, que é uma doença que afeta o sistema nervoso. Óleo de linhaça também é encontrado para ter […]

  • […] Benefícios da Água de Berinjela na Saúde do Cérebro: A Água de Berinjela contém diversos fito nutrientes que ajudam no desenvolvimento do cérebro. Além disso, a Água de Berinjela oferecer um cérebro ativo e saudável longe da doença de Alzheimer. […]

  • […] Benefícios do Suco de Pêssego na Prevenção de Doença de Alzheimer: O sistema colinérgico é um sistema neurotransmissor que atua como a espinha dorsal da memória e das funções de aprendizagem. Os componentes presentes no Suco de Pêssego impedem o sistema colinérgico de degenerar e prevenir vários distúrbios como a doença de Alzheimer. […]

  • […] Essa erva estimula a mente e ajuda a combater convulsões, nervosismo, vertigem e até mesmo distúrbios neuronais como os males de Alzheimer e Parkinson. […]

  • […] humor. Isso também é importante para as pessoas que sofrem ou estão em alto risco de doença de Alzheimer e outras doenças […]

  • […] uma colher de sopa diariamente ajuda na proteção do cérebro à doenças degenerativas, como Parkinson e Alzheimer. Um estudo constatou os efeitos neuroprotetores da spirulina devido à sua capacidade […]

  • […] levodopa é a mesma substância química que você pode encontrar em remédios usados para tratar a doença de Parkinson. Embora a quantidade deste produto químico possa variar dependendo do tipo de fava, 85 […]

Deixe um comentário