Como Eliminar a Coceira Nas Partes Intimas em Apenas 1 Minuto

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Dicas de Saúde

Como Eliminar a Coceira Nas Partes Intimas em Apenas 1 Minuto
4.8 (95.86%) 261 votos

Como Eliminar a Coceira Nas Partes Intimas em Apenas 1 Minuto de forma rápida e natural. Alem disso, o prurido em suas partes íntimas é um assunto embaraçoso de ser discutido, mas é mais comum do que você pensa.

Enquanto homens e mulheres podem experimentar coceira em suas áreas privadas em algum momento da vida, as mulheres são mais propensas a esse problema.

Como Eliminar a Coceira Nas Partes Intimas

As áreas genitais são as áreas mais delicadas do nosso corpo. E a coceira nas áreas sensíveis, como a vagina e vulva, pode ser muito desconfortável. Pode levar o paciente à loucura com o constante desejo de coçar.

Alguns motivos comuns por trás deste problema incluem irritantes (qualquer tipo de produto químico entrando em contato com as partes privadas), vaginose bacteriana, menopausa, doenças de pele (como eczema e psoríase), câncer vulvar e doenças sexualmente transmissíveis.

Doenças como diabetes, tuberculose e câncer; infestação de vermes; e remédios como esteroides, antibióticos e anticâncer aumentam a chance de infecção nas partes íntimas.

Às vezes, a coceira pode ser devido à falta de higiene ou simplesmente uma alergia a roupas feitas com poliéster. O estresse excessivo e um sistema imunológico fraco também podem atuar como um catalisador para esse problema.

Além da coceira, pode haver outros sintomas como dor vaginal, vermelhidão, leve sangramento na área, escorrimento com mal cheiro, vagina com odor desagradável e dor ao urinar em alguns casos.

Caso esteja com coceira nas partes íntimas, é hora de agir seriamente. Na maioria dos casos, você pode tratar o problema sem qualquer intervenção médica. Existem vários remédios caseiros eficazes e simples para tratar a coceira lá embaixo. Então veja os 10 melhores remédios caseiros para coceira em suas partes íntimas.

1. Higiene:

Coceira Nas Partes Intimas

Manter uma higiene adequada é um pré-requisito para evitar a coceira em suas partes íntimas. A higiene adequada evitará que micróbios nocivos cresçam na área sensível e causem uma infecção bacteriana ou por levedura.

Além disso, boas práticas de higiene ajudam no mantimento do nível adequado de pH da área vaginal.

Tome um banho diariamente, mas não lave ou esfregue suas partes íntimas excessivamente, pois isso resulta em pele seca que, por sua vez, causa mais coceira.

Após um movimento intestinal, lembre-se de limpar da frente para trás.

Mude os absorventes e tampões menstruais com frequência durante os períodos para evitar a comichão.

Evite duchas a qualquer custo.

Evite produtos que tenham fragrâncias, como papel higiênico, banho de espuma e sabão em pó.

Evite usar sabonetes e sprays de higiene feminina para limpar sua vagina. A vagina é um órgão autolimpante e a água é suficiente para limpeza.

2. Compressa Fria:

Eliminar a Coceira Nas Partes Intimas

Para alívio rápido e rápido da coceira na área genital, experimente uma compressa fria.

Pode aliviar a coceira entorpecendo os nervos que causam a sensação de coceira. Também ajudará na redução do inchaço e a inflamação.

Enrole um pouco de gelo em um pano limpo e coloque a compressa nas áreas com coceira por 5 a 10 minutos de cada vez. Repita conforme necessário.

Se os cubos de gelo estiverem muito frios para usar, você pode mergulhar um pano de algodão em água fria e aplicá-lo na área afetada por alguns minutos. Faça uma pequena pausa e faça de novo.

3. Alho:

Quando se trata de remédios caseiros para coceira em suas partes íntimas, o alho é muito eficaz. Isto é principalmente devido às suas excelentes propriedades antibióticas e antimicrobianas.

Também melhora o sistema imunológico e ajuda o corpo no combate à infecções.

Um estudo de 2005 destacou a atividade antifúngica do extrato de alho fresco contra biofilmes de C. albicans.

Coceira Nas Partes Intimas

Um estudo publicado em 2014 explicou os benefícios terapêuticos do alho no combate a várias infecções microbianas.

Outro estudo de 2014 descobriu que o alho poderia ser uma alternativa adequada para o metronidazol no tratamento da vaginose bacteriana em pessoas interessadas em fitoterápicos ou naqueles afetados pelos efeitos colaterais do metronidazol.

Para uso Tópico: Dilua algumas gotas de óleo de alho em 1 colher de chá de óleo de vitamina E. Aplique na área afetada. Aguarde 10 minutos e depois enxague com água morna. Use este remédio duas vezes ao dia por algumas semanas.

Para Consumo: Mastigue 3 dentes de alho crus diariamente. Alternativamente, você pode tomar suplementos de alho depois de consultar o seu médico.

4. Iogurte Grego:

Para coceira leve nas partes íntimas, o iogurte grego é um excelente remédio natural.

Eliminar a Coceira Nas Partes Intimas em Apenas 1 Minuto

O iogurte grego é um probiótico, pois contém bactérias vivas, como o lactobacillus acidophilus. Essas bactérias são essenciais para criar um ambiente saudável em sua vagina. Eles podem ajudar no tratamento de um crescimento excessivo de micróbios e ajuda no mantimento do equilíbrio do pH.

Uma revisão de 2006 descobriu que alguns probióticos podem ser eficazes contra C. albicans.

Um estudo de 2012 relatou a eficácia do uso de iogurte para tratar os sintomas da vaginose bacteriana.

Para uso Tópico: Você pode aplicar iogurte grego cru diretamente em sua vagina. Para aplicar, mergulhe um tampão em iogurte grego e insira na vagina. Deixe por 2 horas e repita o processo duas vezes ao dia até que a coceira pare.

Para Consumo: Coma 1 a 2 xícaras de iogurte grego por dia. No entanto, garanta que o iogurte não contenha adição de açúcar, o que pode levar ao crescimento do fungo cândida.

5. Vinagre De Maçã:

Para interromper a sensação de coceira em suas partes íntimas, você também pode usar vinagre de cidra cru e não filtrado.

Ele contém propriedades antifúngicas e antibacterianas, portanto, pode ajudar eliminar os micróbios que podem causar uma infecção na área sensível e levar à coceira intensa. Também ajuda na restauração do equilíbrio natural do pH da sua vagina.

Como Eliminar a Coceira Nas Partes Intimas em Apenas 1 Minuto

Para uso Tópico: Mergulhe um tampão em uma mistura diluída de quantidades iguais de vinagre de maçã cru e não filtrado e água. Insira em sua vagina por 15 a 20 minutos. Retire o tampão, lave a área genital com água morna e seque completamente. Faça isso duas vezes ao dia.

Alternativamente, adicione 2 xícaras de vinagre de cidra de maçã cru e não filtrado à sua água de banho e deixe de molho por cerca de 20 minutos.

Para Consumo: Adicione 1 colher de sopa de vinagre de maçã cru e não filtrado e 1 colher de chá de mel cru em um copo de água morna. Beba duas vezes ao dia.

6. Óleo de Árvore do Chá:

Para conseguir alívio da coceira na área genital, use óleo de melaleuca.

Contém fortes propriedades antibacterianas. O óleo da árvore do chá não só ajuda no alivio da coceira, também é eficaz no tratamento de uma infecção por fungos.

Um estudo de 2006 relatou que as propriedades medicinais do óleo da árvore do chá são atribuídas a um composto químico chamado terpinen-4-ol, que é eficaz contra germes que causam infecções bacterianas e fúngicas.

Como Eliminar a Coceira

Um estudo de 2015 confirma a eficácia do óleo da árvore do chá para prevenir a candidíase vaginal aguda ou recorrente.

Apenas Para uso Tópico: Adicione 4 a 6 gotas de óleo de árvore do chá à sua banheira. Mergulhe nesta água por 10 a 15 minutos. Faça isso uma vez por dia até conseguir alívio da coceira.

Alternativamente, adicione 4 a 6 gotas de óleo de árvore do chá em 2 colheres de sopa de gel de aloe vera e misture bem. Aplique esta mistura na sua área genital. Aguarde 15 minutos e enxágue com água. Faça isso duas vezes ao dia.

7. Óleo De Coco:

O óleo de coco também é eficaz no tratamento de infecções em partes íntimas que podem causar coceira intensa.

É rico em propriedades antivirais, antifúngicas e antimicrobianas que ajudam no combate ao crescimento de micróbios. Além disso, o óleo de coco tomado internamente ajuda no impulsionamento do sistema imunológico.

Eliminar a Coceira

O teor de ácidos graxos do óleo de coco ajuda no alivio da coceira na pele e até ajuda no combate da secura vaginal.

Um estudo de 2009 confirma a eficácia do óleo de coco virgem no combate às infecções fúngicas.

Um estudo de 2016 informa que o óleo de coco é eficaz contra C. albicans.

Para uso Tópico: Aplique óleo de coco em torno da área afetada e deixe descansando por 30 minutos. Lave com água morna e seque a área. Faça 2 ou 3 vezes ao dia.

Adicione 2 colheres de sopa de óleo de coco em 3 xícaras de água morna. Use esta mistura para lavar suas partes íntimas, 2 ou 3 vezes ao dia.

Para Consumo: Consuma 2 colheres de sopa de óleo de coco por dia, adicionando em sua salada, sopa ou para cozinhar.

8. Ácido Bórico:

Acabar com a Coceira Nas Partes Intimas

Ácido bórico contém agentes antifúngicos e é muito eficaz no tratamento de infecções fúngicas das partes íntimas que causam prurido intenso.

De acordo com um estudo de 2009, o ácido bórico tópico mostrou resultados promissores como tratamento para infecções vaginais.

Em uma revisão científica de 2011 de estudos, os especialistas sugerem que o ácido bórico é uma opção segura, alternativa e econômica para mulheres com sintomas recorrentes e crônicos de vaginite.

Apenas Para uso Tópico: Adicione ¼ colher de chá de ácido bórico a 1 xícara de água. Misture bem. Lave suas partes íntimas com esta solução. Faça isso duas vezes ao dia até que a coceira desapareça.

Alternativamente, você pode usar supositórios vaginais de ácido bórico que estão disponíveis no mercado. Use como indicado.

Cuidado: Não tome ácido bórico por via oral. Caso esteja grávida, não deve usar ácido bórico de nenhuma forma.

9. Óleo de Orégano:

O óleo de orégano é outro bom remédio caseiro para manter um controle sobre o crescimento de micróbios, especialmente o crescimento de cândida que causa infecções fúngicas e prurido intenso.

Como acabar com a Coceira Nas Partes Intimas

Contém propriedades antifúngicas, antibacterianas e antivirais e ajuda no equilíbrio do nível de pH da vagina.

Um estudo de 2001 descobriu que o óleo de orégano selvagem pode parar ou retardar o crescimento de C. albicans, dependendo da dosagem usada.

Para uso Tópico: Misture 2 ou 3 gotas de óleo de orégano em 1 colher de sopa de óleo de coco virgem. Aplique na área com coceira. Deixe por 2 horas antes de enxaguar com água morna. Repita o remédio uma ou duas vezes ao dia até que qualquer coceira e sinais de infecção tenham desaparecido.

Para Consumo: Adicione 5 gotas de óleo de orégano em um copo de água morna. Beba 1 ou 2 vezes ao dia.

Cuidado: Não tome óleo de orégano caso tome anticoagulantes para outro problema de saúde. Além disso, evite o óleo de orégano se estiver grávida.

10. Lilás Indiano:

O lilás indiano, também conhecido como neem, é um ótimo remédio caseiro para infecções genitais.

Ele contém fortes propriedades antifúngicas e antibacterianas que ajudam no combate a infecção e reduzem a coceira e outros desconfortos.

Para uso Tópico: Coloque um punhado de folhas de neem em 4 xícaras de água e deixe fervendo por 10 minutos. Deixe a água esfriando e use para enxaguar suas partes íntimas duas vezes ao dia.

Alternativamente, misture algumas gotas de óleo de neem em óleo de coco e aplique em suas partes íntimas. Delicadamente, limpe após 20 minutos. Faça 2 ou 3 vezes por dia.

Para Consumo: Você pode beber chá de neem algumas vezes ao dia ou tomar cápsulas de nim após consultar seu médico.

Dicas Adicionais:

Evite banheiras de hidromassagem, pois elas ajudam as bactérias a crescerem mais na vagina.

Quando sofrer de coceira em suas partes íntimas, tente dormir sem usar roupas íntimas.

Use apenas roupas íntimas de algodão, pois o tecido é leve e permite que a área respire também.

Evite roupas íntimas e cuecas de nylon ou seda.

Tanto quanto possível, use roupas soltas para permitir mais fluxo de ar ao redor da área infectada e evitar o acúmulo de umidade.

Beba uma grande quantidade de água ao longo do dia para ajudar seu corpo na liberação das toxinas do seu sistema e equilibrar os níveis de pH no corpo.

Não fique tentado arranhar a área afetada, o que só causará mais coceira e vermelhidão.

Faça uma dieta saudável e balanceada e evite junk food.

Evite consumir carboidratos refinados e açúcar.

Consuma muitos alimentos fermentados, como kefir, iogurte probiótico e miso.

Reduza o fumo e beba álcool.

Evite quaisquer alérgenos desencadeantes que possam causar coceira nas partes íntimas.

Caso esteja com coceira enquanto tiver relações sexuais, espere alguns dias para fazer sexo, até que a coceira se acalme.

Mantenha uma boa higiene, lave sempre a vagina e mantenha a vagina seca.

Depois de se exercitar ou nadar, tome um banho imediatamente.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *