Chá de Cebolinha Para Combater a Gripe e Resfriado

Revisado por

Formado em Medicina pela USP!

Especialista do Dicas de Saúde

O Chá de Cebolinha Para Combater a Gripe e Resfriado é uma excelente forma para diminuir os efeitos “chatos” destes males. Além disso, A Gripe ou resfriado, quem nunca ficou com algumas destas enfermidades? Pensamos que são doenças simples, mas se mal cuidadas podem levar à complicações sérias. Uma gripe forte pode “derrubar” qualquer pessoa. A doença causa febre, dor no corpo, coriza, mal estar e perda de apetite.

Gripe e ResfriadoO pior de tudo é que não existe um tratamento eficiente para o vírus. É o próprio organismo que precisar dar cabo da doença. Para evitar a desidratação, é importante beber bastante água e, mesmo sem apetite, é necessário manter o corpo nutrido. Pois a baixa imunidade só faz piorar o estado geral do paciente e a gripe demora a passar. A dica é aumentar a imunidade e a resistência. Elas decorrem de infecções entre si. Quando ficamos resfriados, nosso organismo fica com as defesas baixas e dar-se início as primeiras manifestações da gripe, que é uma condição mais séria.

O resfriado apresenta sintomas catarrais das vias respiratórias, já os sintomas que a gripe apresenta são em grau maior, com dor de cabeça e osteomuscular. Além disso, A alimentação deve ser especial neste período para facilitar a cura, deve-se comer alimentos adequados que fortaleça o sistema imunológico. Então, Confira a receita do Chá de Cebolinha Para Combater a Gripe e Resfriado.

INGREDIENTES:

MODO DE PREPARO:

  • Ferva a cebolinha e a água por 5 minutos.
  • Deixe esfriar e coe.
  • Tome uma xícara (chá) 3 vezes ao dia.

Além disso, para tratar a gripe é recomendado tomar este chá de 2 a 3 vezes ao dia, por exemplo no lanche da manhã e da tarde e antes de dormir.

0/5 (0 Reviews)

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Osmar da Costa Junior

Sou formado em medicina pela USP no ano de 2012. Atuo na área de estudo e orientação inicial de doentes; Coordenação de exames de saúde regular; Diagnóstico e tratamento de grande parte das doenças de adultos; Acompanhamento e tratamento de doentes crônicos; Orientação de pacientes que apresentam quadros complexos, com patologias raras e múltiplas, juntamente com a participação de outros especialistas, quando for necessário; Integração final de dados clínicos e exames complementares, decorrentes da observação dos pacientes por outro especialista.

Atualmente sou Clinico Geral residente no Hospital Regional de Cotia e Editor no site "Dicas de Saúde" onde tenho participação com comentários, e criação de artigos relacionados a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Suco de Limão para Ajudar a Controlar a Azia

Chá de Hortelã Para Gripe e Resfriado