Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Azia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Azia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos que todos devemos saber. Além disso, a Azia é uma sensação de queimação vinda da parte de trás do esterno, um osso localizado na parte anterior do tórax. Pode se apresentar como uma dor que se irradia pelo peito, pescoço ou a garganta. Os episódios de Azia podem ser ocasionais ou frequentes, podendo interferir na rotina e qualidade de vida do paciente, e até ser sinal de algum problema mais grave.

Apesar de ser um problema comum para muitas pessoas, ela atrapalha e deve ser tratada. Alguma vez você já sentiu uma espécie de queimação no estômago? Se sim, é bem possível que tenha sofrido com a famosa Azia. Ela é descrita como uma sensação de queimação que vai da boca do estômago até a garganta, causada pelo refluxo do conteúdo do estômago– que é acido – ao esôfago. Então, confira agora Azia – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos:

Não é Doença: Depois de comer alimentos gordurosos ou com temperos fortes é comum que a Azia resolva aparecer. Embora seja algo comum, poucas pessoas sabem que esse problema está entre as principais causas da doença do fluxo. Azia é um sintoma e não uma doença. Ou seja, a sensação de retorno de líquido para a garganta, chamada de regurgitação, e a queimação no estômago são sinais clássicos do refluxo.

Principais Causas: Ao ingerir alimentos líquidos ou sólidos, o esfíncter esofagiano inferior (uma faixa muscular no final do esôfago) funciona como uma válvula, que abre para a passagem do alimento e se fecha logo em seguida. Quando essa região não funciona bem, permite que o conteúdo do estômago chegue ao esôfago, conhecido como refluxo. Estão, esse material acido pode causar muitos sintomas, incluindo a Azia.

No caso de a pessoa se deitar logo se alimentar, é possível que esse quadro piore. Outros fatores que podem provocar ou intensificar a Azia são a gravidez e o uso excessivo de medicamentos. O consumo de determinados ingredientes também favorece o surgimento desse problema, justamente por serem ácidos . ficou confuso? É que existem alimentos  que aumentam a acidez do sangue – desequilibrado o seu pH – com isso, pioram os sintomas da Azia e do refluxo.

Para comprovar essa informação, um estudo publicado em uma revista, demostrou que os pacientes que sofrem com ambos os sintomas e não melhoram com os medicamentos prescritos podem recorrer à eliminação de alimentos ácidos, gerando uma melhora significativa. Assim, com a dieta correta, é possível reduzir a acidez do estômago e eliminar os desconfortos.

Sintomas da Azia: Os principais sintomas da Azia são uma sensação de “queimação” retroesternal (atrás do esterno), má digestão, gosto amargo ou ácido na boca, regurgitação (subida do conteúdo do estômago até a garganta), arrotos, tosse e dor no peito. A dor da Azia às vezes sobe pelo peito e se irradia para a garganta. Algumas dores de ataques cardíacos podem ser confundidas com a da Azia. Nem todas as pessoas apresentam todos estes sintomas ao mesmo tempo. Na gravidez, a ocorrência de Azia é comum porque o crescimento do bebê empurra o estômago para cima, facilitando o refluxo do conteúdo gástrico para o esôfago.

Permitidos X Proibidos: Confira alguns alimentos que devem ser evitados (ácidos) a fim de afastar a Azia e saiba quais são os que podem fazer parte do cardápio diário (os chamados de alcalinos, capazes de diminuir a acidez do sangue).

Inclua na Dieta:

Evite na Dieta:

É Possível Tratar: Para diagnosticar a Azia, é fundamental procurar um gastroenterologista –medico especialista no sistema digestivo. Depois disso, o profissional vai indicar os medicamentos necessários para realizar o tratamento. Contudo, para amenizar o problema é preciso ir além: mudar os hábitos alimentares, tanto em relação à dieta propriamente dita quanto à forma como os alimentos são consumidos (mastigação e frequência, por exemplo).

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.