Arformoterol – O Que é, Como Funciona e Efeitos Colaterais!

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Arformoterol – O que é, Como Funciona e Efeitos Colaterais que muitos desconhecem. Além disso, o Arformoterol é usado como um tratamento de longo prazo (manutenção) para prevenir e diminuir o chiado e a falta de ar causados ​​por problemas respiratórios (como doença pulmonar obstrutiva crônica, incluindo bronquite crônica e enfisema ). Arformoterol pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como broncodilatadores. Funciona nas vias aéreas, abrindo passagens respiratórias e relaxando os músculos.

Controlar os sintomas dos problemas respiratórios pode diminuir o tempo perdido no trabalho ou na escola. Este medicamento não funciona imediatamente e não deve ser usado para ataques repentinos de problemas respiratórios. Seu médico deve prescrever um medicamento de alívio rápido / inalador (como albuterol, também conhecido como salbutamol) para falta de ar súbita enquanto estiver usando Arformoterol. Você deve sempre ter um inalador de alívio rápido com você.

Arformoterol

O que é o Arformoterol?

Arformoterol é um broncodilatador. Funciona relaxando os músculos das vias aéreas para melhorar a respiração. O Arformoterol é utilizada para prevenir a broncoconstrição em pessoas com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), incluindo bronquite crônica e enfisema. Arformoterol não irá tratar um ataque de broncoespasmo que já tenha começado.

Informação Importante:

  • Arformoterol não é um medicamento de resgate. Não funcionará rápido o suficiente para tratar um ataque de broncoespasmo;
  • Arformoterol pode aumentar o risco de morte ou hospitalização em pessoas com asma, mas o risco em pessoas com DPOC não é conhecido;
  • Procure assistência médica caso os problemas respiratórios piore ou se acha que seus medicamentos também não estão funcionando;
  • Antes de tomar este medicamento;
  • Não deve utilizar Arformoterol se for alérgico a esse composto.

Arformoterol pode aumentar o risco de morte ou hospitalização em pessoas com asma, mas o risco em pessoas com DPOC não é conhecido. Converse com seu médico sobre seu risco individual.

  • Para garantir de que o remédio é segura para si, informe à seu médico caso já tenha tido;
  • Doença cardíaca, pressão alta;
  • Convulsão;
  • Diabetes;
  • Doença hepática;
  • Distúrbio da tiroide;
  • Não se conhece se Arformoterol irá prejudicar o feto. Informe o seu médico caso esteja grávida ou planeja engravidar;
  • Não se conhece se o remédio passa para o leite materno ou se pode afetar o bebê em amamentação. Informe o seu médico caso esteja amamentando
  • remédio não é aprovado para uso por menores de 18 anos.

Como Devo Usar Arformoterol?

Use Arformoterol exatamente como prescrito pelo seu médico. Siga todas as instruções presente no seu rótulo de prescrição. Não use este medicamento em quantidades maiores ou menores ou por mais tempo do que o recomendado. Leia todas as informações do paciente, guias de medicação e folhas de instruções. Pergunte ao seu médico ou farmacêutico caso tenha alguma dúvida.

Arformoterol não é um medicamento de socorro. Não funcionará rápido o suficiente para tratar um ataque de broncoespasmo. Use apenas um medicamento de inalação de ação rápida para um ataque. Informe a seu médico caso pareça que seus medicamentos para asma não funcionem tão bem.

Dosagem de Arformoterol:

  • Dose adulta do remédio para doença pulmonar Obstrutiva Crônica;
  • Manutenção: 15 mcg inalado por nebulização duas vezes ao dia (manhã e noite);
  • Dose Diária Máxima: 30 mcg.

O que Acontece se eu Perder uma Dose?

Use a dose esquecida assim que lembrar. Ignore a dose em falta caso esteja quase na hora da próxima dose agendada. Não use remédio extra para compensar a dose esquecida.

O que Acontece se Tiver Overdose?

  • Procure atendimento médico de emergência ou ligue para o serviço de emergência. Uma overdose de inalação de Arformoterol pode ser fatal.
  • Os sintomas de sobredosagem podem incluir dor no peito, batimentos cardíacos rápidos ou irregulares, nervosismo, tremores, cãibras musculares, sentindo-se tonto e desmaios.

O que devo evitar ao usar Arformoterol?

  • Não use um segundo broncodilatador a menos que o seu médico lhe diga o que fazer. Isso inclui formoterol, indaca terol, aterologia, salmeterol ou vilanterol.

Efeitos Colaterais de Arformoterol:

Procure ajuda médica de emergência caso tenha sinais de uma reação alérgica o remédio: urticária; dificuldade ao respirar; inchaço do rosto, lábios, língua ou garganta.

Ligue para o seu médico imediatamente caso tenha:

  • Chiado, asfixia ou outros problemas respiratórios após o uso deste medicamento;
  • Agravamento dos problemas respiratórios;
  • Dor no peito, batimentos cardíacos acelerados;
  • Açúcar elevado no sangue – aumento da sede, aumento da micção, boca seca, hálito com odor frutado, dor de cabeça, visão turva;
  • Aumento da pressão arterial – dor de cabeça severa, visão embaçada, batidas no pescoço ou nos ouvidos, ansiedade, hemorragia nasal;
  • Baixa quantidade de potássio – cãibras nas pernas, prisão de ventre, batimentos cardíacos irregulares, agitação no peito, aumento da sede ou micção, dormência ou formigueiro, fraqueza muscular ou sensação de claudicação.
  • Os efeitos comuns de Arformoterol podem incluir:
  • Dor no peito, dificuldade para respirar;
  • Dor nas costas;
  • Diarreia;
  • Cãibras nas pernas;
  • Erupção cutânea;
  • Inchaço nas mãos ou pés;
  • Nariz entupido;
  • Sintomas da gripe.

Que Outros Remédios Podem Interagir com Arformoterol?

Outros remédios podem interagir com o remédio, incluindo medicamentos prescritos e de venda livre, vitaminas e produtos fitoterápicos. Informe o seu médico sobre todos os seus medicamentos atuais e qualquer medicamento que tenha iniciado ou parado de usar.

Outras Informações:

Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance de crianças, nunca compartilhe seus medicamentos com outras pessoas e use Brovana apenas para a indicação prescrita.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Água Gaseificada – Para que Serve, Benefícios e Efeitos Colaterais!

Como Eliminar as Rugas Com Apenas 2 Ingredientes