Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Cardíacas

Miocardite – Causas, Sintomas e Tratamento

Miocardite – Causas, Sintomas e Tratamento, que é uma inflamação do miocárdio, a camada muscular do coração, a qual pode perder sua força contrátil natural e prejudicar a ação de bombeamento de sangue para o resto do corpo. Como resultado de certa estase sanguínea podem se formar coágulos no coração, conduzindo potencialmente a um acidente vascular cerebral ou a um ataque cardíaco.

Quais são as Principais Causas da Miocardite: A miocardite acontece em pessoas de qualquer idade, com mais frequência em homens do que em mulheres. Muitas vezes não se encontra uma causa determinante, mas geralmente é uma complicação de doença infecciosa, quase sempre causada por vírus.

Outras causas menos comuns de miocardites são infecção pelo HIV, difteria, doença de Chagas, doença de Lyme (transmitida por picadas de carrapatos), timona (crescimento anormal do timo), lúpus eritematoso sistêmico ou tirotóxicos.

Causas ainda mais raras podem ser efeito colateral de medicamentos, agentes prejudiciais como álcool, radiação, substâncias químicas como hidrocarboneto e arsênico, por exemplo.

As principais consequências da miocardite são a falência do bomba cardíaca, ou seja, redução da capacidade do coração de bombear o sangue, e o surgimento de arritmias cardíacas.

Sintomas da Miocardite: Nos casos mais leves, como durante uma gripe ou resfriado, por exemplo, a miocardite não provoca qualquer tipo de sintoma. Porém, nos casos mais graves, como nos de infecção bacteriana, pode surgir:

  • Dor no peito;
  • Batimento cardíaco irregular;
  • Sensação de falta de ar;
  • Cansaço excessivo;
  • Inchaço das pernas e pés;

Como é Feito o Diagnóstico: Quando existe suspeita de miocardite, o médico pode pedir a realização de alguns exames como raio X do tórax, eletrocardiograma ou ecocardiograma para identificar alterações no funcionamento do coração.

Estes exames são especialmente importantes porque os sintomas podem estar apenas sendo provocados pela infecção no organismo, sem que exista alteração no coração.

Se as alterações identificadas durante este tipo de exames for muito grave o médico pode recomendar consultar um cardiologista para iniciar o tratamento com remédios para o coração. Caso contrário, geralmente só é indicado o tratamento da infecção que levou ao surgimento da miocardite.

Tratamento da Miocardite: O tratamento da miocardite depende da causa e da gravidade. Casos brandos não necessitam de tratamento especifico e costumam se curar espontaneamente com o tempo.

Nos pacientes com sintomas, o tratamento para insuficiência cardíaca da miocardite é semelhante ao que é preconizado para a insuficiência cardíaca clássica, provocada por hipertensão de longa data ou doença isquêmica cardíaca. Restrição do sal na dieta, diuréticos, beta bloqueadores e inibidores da ECA (IECA) são a base do tratamento.

Nas miocardites provocadas por viroses, medicamentos antivirais, como o Interferon beta, podem ser usados, mas eles só são eficazes se forem iniciados precocemente.

Nos casos de miocardite fulminante, o paciente precisa ficar internado em unidades de cuidado intensivo para receber todo o suporte hemodinâmico e respiratório que uma falência aguda da bomba cardíaca demanda.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.