Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos

Sonambulismo – O que é, Sintomas e Tratamentos

Sonambulismo – O que é, Sintomas e Tratamentos com medicamentos. Além disso, o Sonambulismo é um transtorno do comportamento que se origina durante o sono profundo e resulta em andar ou realizar outros comportamentos complexos, enquanto está dormindo. É muito mais comum nas crianças do que nos adultos e é mais provável que ocorra se uma pessoa é privada de sono. Porque um sonâmbulo normalmente permanece no sono profundo durante todo o episódio, ele ou ela pode ser difícil de acordar e provavelmente não se lembrará do incidente do sonâmbulo.

Sonambulismo geralmente envolve mais do que apenas andar durante o sono; É uma série de comportamentos complexos que são realizados durante o sono, o mais óbvio do que é andar. Os sintomas do transtorno do sonambulismo variam de simplesmente sentar-se na cama e olhar ao redor, caminhar ao redor da sala ou da casa, sair da casa e até mesmo dirigir longas distâncias. É um equívoco comum que um sonâmbulo não deve ser despertado. Na verdade, pode ser bastante perigoso não despertar um sonâmbulo.

Causas do Sonambulismo: As causas exatas do Sonambulismo ainda não foram totalmente esclarecidas. No entanto, os médicos apontam para uma série de fatores que podem aumentar as chances de uma pessoa vir a desenvolver episódios de Sonambulismo – principalmente durante a noite. Eis as principais causas do Sonambulismo:

  • Ficar sem dormir por longos períodos
  • Fadiga
  • Estresse
  • Depressão
  • Ansiedade
  • Febre
  • Mudanças súbitas na rotina de sono
  • Determinados medicamentos
  • Ingestão de bebidas alcoólicas

Às vezes, o Sonambulismo pode ser decorrente de causas subjacentes que interferem na qualidade do sono de uma pessoa, como:

  • Apneia do sono (apneia obstrutiva do sono é o tipo mais comum)
  • Narcolepsia
  • Síndrome das pernas inquietas
  • Doença do refluxo gastroesofágico
  • Enxaqueca
  • Hipertireoidismo
  • Traumatismo craniano
  • Acidente vascular cerebral (AVC)

Sintomas do Sonambulismo: O Sonambulismo é mais frequentemente iniciado durante o sono profundo, mas pode ocorrer nos estágios de sono mais leves do NREM, geralmente dentro de poucas horas após o sono, e o sonâmbulo pode ser parcialmente despertado durante o episódio. Uma pessoa sonâmbula pode:

  • Sair da cama e caminhar pelo quarto
  • Sentar-se na cama e abrir os olhos
  • Apresentar expressão vaga nos olhos
  • Fazer atividades rotineiras, como se vestir, falar ou preparar um lanche
  • Não responder ou não se comunicar com os outros quando é chamada
  • Ser difícil de acordar durante um episódio de Sonambulismo
  • Apresentar rápida desorientação ou confusão depois de ter sido despertado
  • Voltar rapidamente ao sono
  • Não se lembrar de absolutamente nada quando despertar normalmente de manhã
  • Apresentar estresse, mau humor e sono diurno em decorrência das perturbações durante a noite
  • Apresentar terrores do sono

Raramente, uma pessoa com Sonambulismo:

  • Sai de dentro de casa
  • Dirige
  • Apresenta algum tipo de comportamento incomum, como urinar dentro do armário
  • Tem relações sexuais sem estar consciente disto
  • Machuca-se caindo da escada ou saltando de uma janela, por exemplo
  • Adquire comportamentos violentos durante os episódios
  • É violenta ou agressiva logo depois de despertar

Fatores de Risco do Sonambulismo: Há, em geral, dois grandes fatores são considerados de risco para desencadear episódios de Sonambulismo. Estes são:

  • Genética: Há indícios científicos de uma predisposição genética para o Sonambulismo, transmitida principalmente de pais para filhos. É muito comum, portanto, observar vários membros de uma mesma família com episódios recorrentes de Sonambulismo.
  • Idade: Crianças entre três e sete anos de idade estão mais propensas a desenvolver episódios de Sonambulismo. Esta é uma fase de desenvolvimento muito intensa do sistema nervoso e é natural, portanto, que essas mudanças reflitam-se no sono das crianças. O Sonambulismo tende a desaparecer durante a adolescência, mas pode também surgir em adultos. Nestes casos, ele está comumente mais relacionado a outras condições de saúde do que a um distúrbio do sono propriamente dito.

Tratamentos do Sonambulismo: O Sonambulismo é um distúrbio benigno do sono, que pode desaparecer espontaneamente nas crianças. O tratamento só se torna necessário, quando os episódios são frequentes e podem oferecer risco de acidentes ou constrangimento para o paciente.

Nesses casos, tem-se mostrado útil recorrer aos medicamentos que combatem os estados de tensão e ansiedade e atuam sobre o padrão do sono, entre eles os benzodiazepínicos e certos antidepressivos. Técnicas de relaxamento e psicoterapia também ajudam a controlar o distúrbio que ainda não em cura. Crises de Sonambulismo associadas a doenças, como a apneia do sono, o refluxo gastroesofágico e a febre, por exemplo, respondem bem quando as enfermidades de base são tratadas convenientemente.

Prevenção do Sonambulismo: Já que os médicos ainda não sabem afirmar com certeza o que causa o Sonambulismo, além dos indícios de predisposição genética, não existem medidas que possam comprovadamente prevenir episódios deste distúrbio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.