Refluxo – O que é, Causas Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Refluxo – O que é, Causas Sintomas e Tratamentos que não devemos ignorar. Além disso, o Refluxo é o retorno do conteúdo do estômago para o esôfago em direção à boca, causando dor e inflamação. A sensação, que é conhecida por quem sofre com os sintomas do Refluxo, é incomoda e persistente. Entretanto, é possível combate-la! quando a rotina começa a ser prejudicada por conta de alguma disfunção na saúde, é preciso buscar a solução para o problema o mais rápidos possível.

O Refluxo– nome implicado da doença do Refluxo gastresofágico -, distúrbio geralmente atrelado a recém-nascidos e crianças, também pode atingir as pessoas na fase adulta e, em alguns casos, está relacionado á imunidade ou ao ganho excessivo de peso. A doença é caracterizada pela regurgitação dos ácidos que estão presentes dentro do estômago (como o suco gástrico) por meio do esôfago, causando irritações na parede do órgão e proporcionando grandes incômodos.

O Refluxo ocorre, principalmente, pela diminuição dos movimentos propulsivos do esôfago, fraqueza da musculatura inferior do órgão e mudança da anatomia, causada, por exemplo, pela hérnia de hiato. O excesso de peso e certos alimentos também são fundamentais para essa mecânica. Então, confira agora Refluxo – O que é, Causas Sintomas e Tratamentos:

Principais Causas: Uma série de fatores – ou a soma deles – pode contribuir para que o Refluxo resolva atrapalhar a rotina. O tabagismo, por exemplo, é um deles, já que as substâncias tóxicas presentes no cigarro podem danificar a mucosa do esôfago, dificultado o seu trabalho no organismo e ocasionando o Refluxo. Além da obesidade, distúrbios respiratórios (com asma), diabetes a até mesmo a gravidez – assunto que será aprofundado na matéria da página 15 – também podem contribuir para o aparecimento do Refluxo gastroesofágico.

 

Principais Sintomas: Tanto o nutricionista quanto o nutrólogo têm a função de indicar o melhor caminho para a saúde plena, por meio da consciência alimentar para aliviar o Refluxo.

  • Dores abdominais.
  • Azia.
  • Irritação, rouquidão e dores na garganta.
  • Regurgitação de líquidos (suco gástrico).
  • Enjoos (principalmente após às refeições).
  • Dificuldades para engolir.
  • Tosse seca.

Tratamento Adequado: Uma das principais maneiras de obter sucesso no tratamento do Refluxo é por meio da alimentação. O consumo de alimentos leves mostra-se fundamental para que a causa seja resolvida. A ingestão de bebidas alcoólicas e gaseificadas também deve ser deixada de lado durante o processo. Perder peso, dieta pobre em gorduras e evitar o consumo de álcool e cigarro são medidas ideais para evitar o Refluxo.

Outro método é por meio de um diagnostico correto dos distúrbios motores do esôfago, além de medicação adequada por tempo especifico. Vale ressaltar que, ao apresentar qualquer sintoma do Refluxo, o médico deverá ser consultado. Principalmente quando se fala em doenças estomacais incluindo o Refluxo, sempre é possível contar com indicação de medicamentos de alguma pessoa que passa pelo mesmo; só depois, então, é que será possível pessoas são mais sensíveis a alguns remédios em relação a outras.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Suco Detox de Couve e Maracujá

Suco Detox de Couve e Maracujá Para Perder 3Kg em 7 Dias

Suco Detox de Pepino Para Secar os Culotes

Suco Detox de Pepino Para Secar os Culotes