Remédios Caseiros

Pepino e aipo para eliminar excesso de ácido úrico!

pepino e aipo para eliminar excesso de ácido úrico

O pepino e aipo para eliminar excesso de ácido úrico funciona, pois, a gota é uma forma complexa de artrite que é cheia de mistérios para tratar.

Este tipo de artrite ocorre quando o ácido úrico se acumula no sangue e causa inflamação das articulações. Gota é geralmente negligenciada por pessoas que não tiveram experiência com a ela. No entanto, é uma doença que pode ser insuportável para aqueles que sofrem com isso.

pepino e aipo para eliminar excesso de ácido úrico
pepino e aipo para eliminar excesso de ácido úrico

A gota é causada pelo excesso de ácido úrico no sangue, como resultado de uma degradação dos resíduos processados ​​pelos rins e dissolvidos no sangue.

Ataques de gotículas são causados ​​pela incapacidade dos rins para se livrar excesso de ácido úrico, o que leva à cristalização e acúmulo de detritos nas articulações.

Os sintomas mais comuns da gota são sensibilidade, dor súbita, vermelhidão nas articulações, sensação de calor.

É uma doença crônica e muitas pessoas que sofrem com isso não gostam de tomar aspirina por toda a vida. A mistura desses ingredientes cura e naturalmente previne os sintomas da gota melhor que os anti-inflamatórios da pele:

Pepino e aipo para eliminar excesso de ácido úrico:

Ingredientes:

Modo de Preparo:

  • Descasque o Abacaxi.
  • Além disso, misture bem.
  • Depois de liquefeito, adicione o suco de cereja, Gengibre e açafrão.
  • Além disso, você pode adicionar mel para melhorar o sabor.
  • Deixe descansar na geladeira.
  • Além disso, se você quiser consumir todos os dias, aproveite.

Outro remédio para eliminar excesso de ácido úrico:

Ingredientes:

Modo de Preparo:

  • Além disso, eu misturo tudo até ficar bem misturado.
  • Depois de liquefeito, adicione o suco de Limão e tome.
  • Além disso, se você quiser, pode consumir este suco duas vezes ao dia por 4-5 dias.
Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Drª. Wanessa Matos Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe um comentário