Os 8 Principais Sintomas da Gripe

Revisado por

Formado em Medicina pela USP!

Especialista do Dicas de Saúde

Os Principais Sintomas da Gripe que muitos ignoram. Além disso, a Gripe é uma infecção aguda do trato respiratório superior provocada pelo vírus influenza, que ocorre em surtos e epidemias em todo o mundo, principalmente durante o inverno. Então, confira Os 8 Principais Sintomas da Gripe:

Sintomas da GripeSintomas da Gripe: A lista com os principais sinais e sintomas da Gripe que serão abordados neste artigo é a seguinte:

Causas da Gripe: A Gripe é causada pelo vírus influenza. Seus sintomas geralmente aparecem de forma repentina, com febre, vermelhidão no rosto, dores no corpo e cansaço. Entre o segundo e o quarto dia, os sintomas do corpo tendem a diminuir enquanto os sintomas respiratórios aumentam, aparecendo com frequência uma tosse seca.

Transmissão da Gripe: O vírus da Gripe é transmitido de uma pessoa à outra por intermédio das partículas aéreas (microgotículas) transmitidas por exemplo, através do espirro, da tosse, ou de um simples aperto de mão. Sendo assim, a Gripe é uma doença infecciosa muito contagiosa. Um Gripe mal curada pode levar a uma superinfecção bacteriana, que requer um tratamento à base de antibióticos, o que representa uma situação particularmente crítica para os grupos de risco.

Tratamento de Gripe: Ainda não existem medicamentos que tenham demonstrado bons resultados no combate aos vírus da Gripe e do resfriado. Por isso, o tratamento é direcionado ao alívio dos sintomas da Gripe. Os principais medicamentos sintomáticos utilizados são os analgésicos e antitérmicos, que aliviam a dor e a febre.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Osmar da Costa Junior

Sou formado em medicina pela USP no ano de 2012. Atuo na área de estudo e orientação inicial de doentes; Coordenação de exames de saúde regular; Diagnóstico e tratamento de grande parte das doenças de adultos; Acompanhamento e tratamento de doentes crônicos; Orientação de pacientes que apresentam quadros complexos, com patologias raras e múltiplas, juntamente com a participação de outros especialistas, quando for necessário; Integração final de dados clínicos e exames complementares, decorrentes da observação dos pacientes por outro especialista.

Atualmente sou Clinico Geral residente no Hospital Regional de Cotia e Editor no site "Dicas de Saúde" onde tenho participação com comentários, e criação de artigos relacionados a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

As 8 Principais Causas da Náuseas e Vômitos

Os 6 Sinais que Você Pode Ter Um Coágulo de Sangue