Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde

Os 3 Problemas Provocados Pelo Hábito de Segurar o xixi

Os Problemas Provocados Pelo Hábito de Segurar o xixi por muito tempo. Além disso, a demora ao ir banheiro, ou a retenção urinária, pode levar a um aumento da capacidade da bexiga e causar um aumento do risco de infecção com a incontinência urinária. Isto significa que temos de ir ao banheiro regularmente: cerca de seis vezes por dia ou mais.

Especialistas alertam que a retenção de urina na bexiga mais do que deveria, não é bom para a saúde pois pode provocar dor e enfraquecimento dos músculos pélvicos e a incontinência ou também o vazamento de urina. Embora deva ir ao banheiro, em média, quatro a seis vezes por dia, muitas vezes, as pessoas urinam apenas duas vezes. Você não deve atrasar a micção, pois pode levar a problemas de saúde. Então, confira agora Os 3 Problemas Provocados Pelo Hábito de Segurar o xixi:

Os sintomas de Retenção Urinária: Os principais sintomas de retenção urinária são frequentemente apresentados como desconforto geral no corpo, mas alguns deles são muito específicas:

  • Aquecimento e febre, este problema é geralmente causado por bactérias que não foram adequadamente eliminados através da urina.
  • Dores de estômago
  • Calafrios
  • Dor ao urinar
  • Ansiedade

Alargamento da Bexiga: Primeiro Problema Provocado Pelo Hábito de Segurar o xixiNas mulheres, uma bexiga normal armazena cerca de meio litro de líquido. Nos homens, um pouco menos: em torno de 400mL. Se você toma 2 litros de água, a bexiga pode armazenar 1 quarto desse consumo.

Então, não adianta beber muita água para hidratar o corpo, se você tem o costume de prender o xixi. Um dos motivos pelo qual devemos beber muita água é lavar os rins e fazemos isso, justamente, no momento que eliminamos a água que bebemos.

Incontinência Urinária: Incontinência Urinária é um Problema Provocado Pelo Hábito de Segurar o xixi. Além disso, Urinar regularmente durante o dia é importante pois auxilia no mantimento dos parâmetros anatômicas e funcionais do trato urinário inferior. A retenção urinária pode aumentar o tamanho da bexiga, resultando em um maior risco de desenvolvimento de infecções do trato urinário, e aumento da pressão sobre os músculos do pavimento pélvico.

Não foi encontrada uma relação direta entre a retenção urinária e incontinência, no entanto, sabe-se que a fraqueza muscular pode ser uma das suas causas. As principais razões para o aparecimento da incontinência é o enfraquecimento dos músculos pélvicos, que geralmente afetadas devido à gravidez e ao parto, alterações nos níveis hormonais em mulheres na pós-menopausa, ou devido ao excesso de peso, o uso a longo prazo de certas drogas, ou inflamação crónica, sem tratamento de certas doenças neurológicas.

Esvaziamento de Urina: Ao longo do tempo pode enfraquecer os músculos do assoalho pélvico ou lesão, e também situações, como tosse, são apresentadas ao espirrar, rir ou saltar pode causar perda de urina, um problema muito irritante e pode ter alguns tratamentos.

Pedras nos Rins: Um dos piores Problemas Provocados Pelo Hábito de Segurar o xixi e a pedra nos rins. Aqueles propensos a desenvolver pedras nos rins, mas não urinam e retém a urina, pode sofrer com desenvolvimento de pedras nos rins. Estas pequenas pedras (de cálcio e sódio) que se formam nos rins são muito dolorosas, especialmente quando elas são pequenas e filtra-se no trato urinário.

É melhor ter o hábito de urinar com frequência, e se você sofre de retenção urinária, trate o problema rapidamente. Se urina a cada 2 horas, isso significa seis vezes durante o dia. É importante urinar regularmente a cada duas ou três horas, mantendo a bexiga com um pequeno volume de urina e prevenindo a infecção do sistema urogenital.

É também importante manter a hidratação adequada, beber seis a oito copos de água por dia. Mulheres devem fazer exames ginecológicos regularmente para detectar outros problemas que podem causar retenção de urina involuntária.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.