Dicas de Saúde

6 benefícios da lecitina para saúde e beleza!

benefícios da lecitina

Os benefícios da lecitina que poucos conhecem são muitos. pois, o consumo de lecitina é uma parte essencial e em alguns casos, você pode precisar de suplementos. Portanto, compreender todos os detalhes é importante. Poucas pessoas sabem ou já ouviram falar sobre a lecitina de soja, e , pior que isso, quase ninguém sabe dos inúmeros benefícios que ela traz ao nosso organismo.

Então, antes de mais nada, vamos falar um pouco sobre o que é a desconhecida de soja! de soja é um produto originário da gordura extraída da soja e, tal como o óleo de cártamo e a lecitina de soja, apresenta benefícios que você mal pode imaginar!

benefícios da lecitina
benefícios da lecitina

O que é lecitina?

É um termo bastante genérico para uma combinação de fosfolipídios; variações deste composto são encontradas em fontes animais e vegetais. Esses fosfolipídios, que são formalmente referidos como fosfatidilcolina, são perfeitamente seguros e estão comumente presentes nas membranas celulares. No corpo humano, está diretamente relacionada ao desenvolvimento adequado do cérebro e é encontrada em altas concentrações no fígado, nos rins e no sistema cardiovascular.

Enquanto a maioria das pessoas não tem ideia do que, eles consomem uma boa quantidade em sua dieta, mesmo sem perceber. É extremamente importante para a atividade metabólica normal no corpo. Uma vez que foi isolada pela primeira vez, foi possível usar formas mais puras para fins medicinais e suplementares.

Há muitas alegações sobre os efeitos desse composto à saúde e, embora muita pesquisa tenha sido feita, os parâmetros exatos de sua atuação não foram definidos com firmeza. Há muito cruzamento entre este composto e a colina, já que eles tendem a estar presentes em certos alimentos e podem servir a propósitos similares dentro do corpo.

Benefícios da lecitina para saúde:

Os muitos benefícios dos níveis adequados de lecitina incluem o seguinte:

  • Baixar os níveis de colesterol;
  • Melhor função imunológica;
  • Melhora digestão;
  • Reduz risco de doença cardiovascular;
  • Melhora função cognitiva.

1. Função cognitiva:

Uma vez consumido, este composto é uma parte vital da saúde cognitiva e dos processos de reparação no cérebro depois de ser convertido no neurotransmissor acetilcolina. Isso pode ajudar no retardamento do declínio cognitivo e prevenir doenças neurodegenerativas, como a doença de Parkinson ou Alzheimer.

2. Sistema imunológico:

Ao aumentar a saúde vascular e metabólica, este composto ajuda na proteção do corpo contra inflamações desnecessárias, bem como a defesa contra infecções da água.

3. Saúde do coração:

Sabe-se que a lecitina melhora os níveis de colesterol e, portanto, reduz a quantidade de acúmulo de placa nas artérias e vasos sanguíneos, diminuindo assim o risco de aterosclerose, ataque cardíaco e derrame.

4. Aparência da pele:

Esses fosfolipídios são de natureza antioxidantes, o que significa que podem prevenir os efeitos negativos dos radicais livres em todo o corpo, incluindo a pele. A suplementação ou níveis adequados podem prevenir rugas e manchas da idade.

5. Saúde sexual masculina:

Este grupo fosfolipídico pode aumentar a circulação e melhorar a saúde cardiovascular, o que pode melhorar o desejo sexual e a virilidade nos homens.

6. Redução do colesterol:

Esse é o principal benefício de soja: reduzir o mau colesterol! Essa redução ocorre porque ela age como emulsificante, dissolvendo as gorduras e evitando que placas lipídicas se formem nos vasos e artérias. Dessa forma, de soja reduz o mau colesterol e diminui o risco de infarte e derrames.

7. Digestão:

Extra é frequentemente usada como um aditivo ou emulsificante em alimentos, e ajuda na melhora da função digestiva, incluindo a absorção de nutrientes pelo intestino delgado.

Fontes alimentares de lecitina:

Caso queira aumentar seus níveis , há várias fontes de alimento que são fáceis de serem adicionados em sua dieta, como as seguintes:

  • Frutos do mar;
  • Vegetais verdes;
  • Legumes;
  • Carne vermelha;
  • Ovos;
  • Lacticínios.

Na maioria das pessoas, a quantidade desse composto que você consome em sua comida é suficiente, e nenhuma suplementação é necessária. No entanto, foi demonstrado que certos problemas de saúde podem ser mitigadas com mais lecitina no organismo.

Caso tenham prescrito ou aconselhado a tomar suplementos, o intervalo de dosagem é entre 1 grama e 35 gramas. Fale com o seu médico caso tenha alguma razão para acreditar que pode estar deficiente neste nutriente essencial e antes de adicioná-lo ao seu regime de saúde.

Efeitos colaterais:

Quando este composto é consumido em sua dieta, há uma chance muito baixa de efeitos colaterais, mas caso esteja tomando um suplemento mais concentrado, há um risco aumentado de efeitos gastrointestinais e possíveis complicações para a gravidez.

1. Problemas de estômago:

Como muitas vezes pode acontecer quando você muda drasticamente a quantidade de um determinado nutriente em sua dieta, este suplemento pode causar diarreia, cólicas, inchaço e outros efeitos colaterais gastrointestinais.

2. Gravidez:

Não se conhece se uma dose concentrada de lecitina pode ser passada através do leite materno ou na placenta, por isso não é recomendado o uso de suplementos durante a gravidez ou amamentação.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário