Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Distúrbio Neurológico – Causas, Sintomas e Tratamentos

Distúrbio Neurológico – Causas, Sintomas e Tratamentos
Gostou do post? Avalie!

Distúrbio Neurológico – Causas, Sintomas e Tratamentos que todos devem saber. Além disso, o Distúrbio Neurológico é uma doença hereditária que provoca a degeneração progressiva de células nervosas do cérebro. Descrito pelo médico norte-americano George Huntington em 1872, o Distúrbio Neurológico tem sido amplamente estudado nas últimas décadas. Foi inclusive em 1993, pouco mais de cem anos após o primeiro caso oficial da doença, que os cientistas descobriram o gene causador da afecção – localizado no cromossomo.

Distúrbio Neurológico está presente em todo o mundo, porém, em algumas regiões ela tem uma incidência elevada, como na Venezuela. Estima-se que, nos Estados Unidos, entre cinco e dez a cada 100 mil habitantes nasçam com a doença. Não existem dados estatísticos no Brasil para esse Distúrbio Neurológico.

Causas da Doença de Huntington: Em 1993, pesquisadores encontraram o gene que causa o Distúrbio Neurológico. Todos têm o gene HD, mas em algumas famílias uma cópia anormal do gene passa de pai para filho. Se você tem um pai com Distúrbio Neurológico, você tem 50% de chances de ter o gene e desenvolver a doença. Além disso:

  • Homens e mulheres são igualmente susceptíveis de herdar o gene anormal.
  • Se você não possui o gene anormal, não pode obter o Distúrbio Neurológico ou passar para seus filhos.
  • A doença não pula gerações. Se você ou os membros da sua família planejam serem testados para Distúrbio Neurológico, é uma boa ideia obter o aconselhamento
  • genético profissional primeiro. Os conselheiros podem ajudar a explicar o que esperar dos resultados do teste.

Com conhecimento sobre o gene HD, os cientistas conseguiram aprender muito sobre como a doença afeta o cérebro. Mais importante ainda, essa descoberta pode ajudar a abrir caminho para futuros tratamentos.

Sintomas da Doença de Huntington: Distúrbio Neurológico (HD) é um distúrbio cerebral hereditário e progressivo . Você não pode “pegá-lo” de outra pessoa. Embora os sintomas possam aparecer pela primeira vez na meia-idade, a Doença de Huntington pode atacar alguém desde a infância até a idade avançada. Mais de 10 a 25 anos, a doença mata gradualmente as células nervosas no cérebro. Isso afeta o corpo, a mente e as emoções.

  • Os sintomas podem variar muito de pessoa para pessoa. E o estresse ou a excitação podem piorar os sintomas. Alguns sintomas são mais fáceis de detectar do que outros. Movimentos anormais podem ser a primeira coisa que você percebe. A perda de peso pode ser uma preocupação em todas as etapas.
  • Os sintomas do Distúrbio Neurológico tendem a se desenvolver em etapas. Etapa inicial. As mudanças podem ser bastante sutis em estágios iniciais, permitindo manter a condução e o trabalho. Você pode exigir apenas uma ajuda extra.

Alguns Sintomas Iniciais Comuns:

  • Pequenas mudanças na coordenação, afetando o equilíbrio ou tornando-se mais desajeitado.
  • Movimentos fúteis que você não pode controlar.
  • Lento ou rigidez.
  • Problemas para pensar em problemas.
  • Depressão ou irritabilidade.
  • Estágio médio. Com o tempo, os sintomas começam a interferir mais com o seu dia a dia.
  • Por exemplo, você pode começar a soltar coisas ou a cair. Ou você pode ter problemas para falar ou engolir.

Manter organizado pode ser difícil. E mudanças emocionais podem exercer pressão sobre os relacionamentos. Etapa tardia. Nesta fase, as pessoas com Distúrbio Neurológico devem depender de outras pessoas para seus cuidados. Andar e falar não é possível, provavelmente você ainda estará ciente dos entes queridos ao seu redor. Os movimentos fúteis podem tornar-se graves ou podem diminuir. Em crianças ou adolescentes, o Distúrbio Neurológico pode progredir mais rapidamente e causar sintomas como:

  • Caminhada rígida ou estranha.
  • Maior falta de torpeza.
  • Mudanças na fala.
  • Problemas para aprender novas informações ou perda de habilidades previamente aprendidas.

Tratamentos da Doença de Huntington: Ainda não há cura para a enfermidade, mas há tratamento. Os movimentos involuntários e os distúrbios psiquiátricos são tratados com neurolépticos tradicionais e atípicos.

Antidepressivos são úteis nos estados depressivos, e benzodiazepínicos, em alterações comportamentais. Fisioterapia e fonoaudiologia também podem ser úteis em auxiliar na manutenção da qualidade de vida dos doentes.

Prevenção: Por se tratar de uma doença genética e hereditária, não existem formas capazes de prevenir o Distúrbio Neurológico.

Este artigo foi útil?
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie este post)
Loading...

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie este post)
Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.