Dermatite Esfoliativa – O que é, Sintomas e Tratamentos!

Revisado por

Drª. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Dicas de Saúde

Dermatite Esfoliativa – O que é, Sintomas e Tratamentos que não pode ser ignorados. Além disso, Dermatite esfoliativa é a descamação da pele em grandes partes do corpo. O termo esfoliativo se refere à esfoliação, ou descamação, da pele. Dermatite esfoliativa significa irritação da pele.

Em algumas pessoas, a descamação da pele pode estar associada a doenças preexistentes, enquanto que em outras a causa não é conhecida. A dermatite esfoliativa, também chamada de eritrodermia, é uma doença grave, porém rara. As complicações dessa doença incluem infecção, perda de nutrientes e desidratação. Então, confira Dermatite Esfoliativa – O que é, Sintomas e Tratamentos.

Dermatite Esfoliativa
Dermatite Esfoliativa

Sintomas: Os principais sintomas incluem:

Quando existe suspeita é recomendado ir ao pronto-socorro para avaliar o problema e iniciar o tratamento adequado, evitando o surgimento de complicações como infecções da pele , infecção generalizada e, até, parada cardíaca.

Causas: A causa raiz da dermatite esfoliativa é um distúrbio da células cutâneas. As células morrem e descamam muito rapidamente em um processo chamado de descamação generalizada.

A descamação generalizada da pele deixa a pele exposta. A esfoliação e descamação também podem ser descritas como descamação epidérmica. Existem duas causas que podem desencadear a Dermatite esfoliativa:

Doenças não Aparentes: Muitas pessoas que já sofrem de distúrbios crônicos da pele , incluindo doenças autoimunes, psoríase e eczema, podem também desenvolver Dermatite esfoliativa.

Reações a Medicamentos: Reações adversas a vários medicamentos também podem contribuir para a descamação maciça da pele . Medicamentos que podem provocar essa doença:

  • medicamentos contendo sulfa;
  • penicilina;
  • barbitúricos;
  • fenitoína (Dilantin);
  • Isoniazida.

Tratamentos: O tratamento deve ser feito em internamento no hospital sob a orientação de um dermatologista, sendo que, normalmente, é feito com remédios ou cremes corticoides, como Betametasona ou Dexametasona, para reduzir a inflamação da pele e aliviar os sintomas da dermatite esfoliativa.

Além disso, o médico também pode receitar antibióticos na veia, como Amoxicilina ou Ciprofloxacino, para combater infecções que possam estar se desenvolvendo na pele , além de fototerapia para fortalecer as camadas de pele.

Nos casos em que é possível identificar a causa da dermatite esfoliativa, o médico deverá ainda fazer o tratamento adequado para a causa de forma a evitar que a dermatite esfoliativa volte a surgir. Isto é, no caso da dermatite esfoliativa provocada por medicamentos, o paciente deve deixar de tomar o remédio que está provocando a alergia, por exemplo.

0/5 (0 Reviews)

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Valéria Carneiro

Drª. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Retina

Retina – O que é, Causas Sintomas e Tratamentos!

Abcessos Dentários

Os 12 Principais Sintomas do Abcesso Dentário!