Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Chikungunya – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

Chikungunya – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento que todos devem ficar atentos. Além disso, a Chikungunya é uma doença viral transmitida pela picada de um mosquito. Seu nome vem da língua da Tanzânia makondée que significa “doença do homem curvado” ou “doença quebra-ossos”. Refere-se à atitude da pessoa infectada que sofre de dor aguda nas articulações e é obrigada a adotar uma postura curvada. Então, confira sobre a Chikungunya – O que é, Causas, Sintomas:

O que é Chikungunya: Chikungunya é uma doença parecida com a dengue, causada pelo vírus CHIKV, da família Togaviridae. Seu modo de transmissão é pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado e, menos comumente, pelo mosquito Aedes albopictus.

Causas da Chikungunya: Chikungunya é causada por arbovírus chamado CHIKV, um vírus de RNA, este é um alfavírus. O vírus Chikungunya e dengue são muito semelhantes em suas estruturas.A doença é transmitida por mosquitos fêmeas do Aedes, nomeadamente Aedes aegypti e Aedes albopictus. O Aedes aegypti também é responsável pela transmissão da dengue e o Zika. Esses mosquitos são muito ativos na África, no Oceano Índico, Ásia, no subcontinente indiano, das Américas e no Caribe.

Alguns casos foram relatados até mesmo na Europa, especialmente no Var, em 2010, no nordeste da Itália, em 2007. Isso ocorreu devido à aclimatação nos últimos anos Aedes albopictus, às margens do o Mediterrâneo. Quando um mosquito pica uma pessoa infectada com Chikungunya, ele é capaz de carregar o vírus CHIKV e transmitir para um indivíduo saudável através da picada.

Sintomas da Chikungunya: A Chikungunya é caracterizada por dor articular aguda, especialmente nas cinturas articulares, como nos dedos, pulsos, tornozelos, joelhos ou pés. Estas dores fazem com que o paciente adote uma posição deitada e parada por muitas horas. Eles penalizam fortemente o indivíduo em sua vida diária, uma vez que ele apresenta grande dificuldade até mesmo para agarrar um objeto, por exemplo. As dores são frequentemente acompanhadas de um surto de febre (acima de 39°C), dores de cabeça, dores e manchas vermelhas na pele. Às vezes, podem ocorrer sintomas gastrointestinais.

Estes sintomas aparecem de repente. Na maioria dos pacientes, os sintomas de Chikungunya melhoram após duas a três semanas. Ressalta-se que as crianças com Chikungunya raramente se queixam de dor nas articulações. Entre eles, a manifestação da doença se assemelha geralmente uma simples gripe, associada ao sangramento gengival leve. De acordo com o Ministério da Saúde brasileiro, que incorporou uma lista de sintomas em setembro de 2016, o Chikungunya pode levar à perda de cabelo que pode se manifestar semanas ou meses após os sintomas iniciais ou agudos da doença.

A razão por trás desta queda é que o organismo se concentra principalmente na luta contra a doença (causada por um vírus) e negligencia outras atividades secundárias, tais como o crescimento do cabelo. Na grande maioria dos casos, esta perda de cabelo sessa com o tempo, este é um processo reversível.

Fatores de risco da Chikungunya: A maioria das infecções por CHIKV que ocorre durante a gravidez não resulta na transmissão do vírus para o feto. Existem, porém, raros relatos de abortos espontâneos após a infecção maternal por febre Chikungunya. Aqueles infectados durante o período intraparto podem também desenvolver doenças neurológicas, sintomas hemorrágicos e doença do miocárdio. Anormalidades laboratoriais incluíram testes de função hepática aumentados, plaquetas e contagem de linfócitos reduzidos e níveis de protrombina diminuídos.

Tratamento Para Chikungunya: Atualmente, não há tratamento específico disponível para a febre Chikungunya. Para limitar a transmissão do vírus, os pacientes devem ser mantidos sob mosquiteiros durante o estado febril, evitando que algum Aedes aegypti o pique, ficando também infectado.

É importante apenas tomar muito líquido para evitar a desidratação. Caso haja dores e febre, pode ser receitado algum medicamento antitérmico, como o paracetamol. Em alguns casos, é necessária internação para hidratação endovenosa e, nos casos graves, tratamento em unidade de terapia intensiva.

Como na dengue, pacientes com febre Chikungunya devem evitar medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (aspirina) ou que contenham a substância associada. Esses medicamentos têm efeito anticoagulante e podem causar sangramentos. Outros anti-inflamatórios não hormonais (diclofenaco, ibuprofeno e piroxicam) também devem ser evitados. O uso destas medicações pode aumentar o risco de sangramentos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.