Catalepsia – O que é, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Nutrição - CRN6-MA 16199

Catalepsia – O que é, Sintomas e Tratamentos
4.8 (95.68%) 148 voto[s]

Catalepsia – O que é, Sintomas e Tratamentos desta condição que poucos conhecem. Além disso, a Catalepsia é um distúrbio que impede o doente de se movimentar, apesar de continuarem funcionando os sentidos e as funções vitais (só um pouco desaceleradas). A Catalepsia é uma condição transitória, mas às vezes duradoura (muito rara), em que o paciente sofre uma paralisia geral de todos os seus músculos, ficando impossibilitado de se mover ou mesmo falar, embora continue consciente e com os seus sentidos ativos e as funções vitais funcionantes (embora um pouco desaceleradas).

Catalepsia
Catalepsia

O que mais aflige as pessoas é o fato de perceberem tudo que ocorre à sua volta e não conseguirem esboçar qualquer reação. Normalmente, os músculos da pessoa cataléptica ficam rígidos e se alguém levá-la a uma determinada postura (levantar seu braço, por exemplo) ela permanece desse jeito, incapaz de se mover (flexibilidade cérea).

Ao longo dos anos, principalmente nos séculos passados, foram muitos os casos de pessoas que foram dadas como mortas e que mais tarde viriam a acordar, algumas até mesmo durante o seu velório (isto para não falar do número de pessoas que terão sido enterradas vivas).

Causas da Catalepsia: Algumas das causas da Catalepsia são desconhecidas, mas, a Catalepsia tem sido associada a diversos fatores genéticos, ou determinadas má formações em alguma região do cérebro.

A Catalepsia pode ainda surgir como resultado de algumas outras doença do sistema nervoso, como:

Este problema pode ainda surgir como efeito colateral do uso de determinados medicamentos que são usados no tratamento da Esquizofrenia.

Sintomas da Catalepsia: A Catalepsia poder ser caracterizada por rigidez do corpo e/ou dos membros. Os membros ficam na mesma posição quando movidos (também conhecido como flexibilidade cerosa), há falta de resposta física, perda de controle muscular, e um retardamento severo das funções corporais (tais como a respiração).

No passado a Catalepsia foi por vezes diagnosticada como morte e resultou em pessoas sendo, na verdade, enterradas vivas.

Sintomas Mais Comuns:

  • Rigidez e paralisia geral de todos os músculos do corpo;
  • Sinais vitais drasticamente reduzidos.

Diagnósticos da Catalepsia: Há muito tempo atrás a Catalepsia não era entendida como uma doença e não havia diagnóstico. Sendo assim muitas pessoas catalépticas eram enterradas vivas porque acreditava-se que eles estavam realmente mortos. Obviamente quando essas pessoas acordavam do episódio da doença enfrentavam o desespero de estarem fechados dentro de caixões.

Muitas dessas pessoas acabavam morrendo sufocadas dentro das suas próprias covas, outros ainda tinham força para se debater e chamar a atenção dos demais.

Claro que essas situações apenas reforçava a lenda de mortos vivos e fantasmas. As populações que assistiam incrédulas essas situações chegavam até mesmo a pensar que os catalépticos eram vampiros. O estado cataléptico já foi associado a hipnose e a abdução por alienígenas.

Catalepsia
Catalepsia

Tratamentos da Catalepsia: O tratamento da Catalepsia consiste no uso de medicamentos benzodiazepínicos que ajudam a evitar as crises catalépticas. Estes medicamentos ajudam a relaxar os músculos e a evitar a imobilidade total. No entanto, estes medicamentos podem provocar diminuição da concentração, sonolência e até mesmo tonturas.

em outros casos mais graves, quando esta doença não corresponde ao uso de benzodiazepínicos, pode ser eficaz o uso da eletroconvulsoterapia (ECT). Em qualquer dos casos, é muito importante que quem sofre de Catalepsia seja acompanhado por um neurologista.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Ana Karolynne Goncalve

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão(UFMA), CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal do Maranhão(UFMA), Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Demência

Demência – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Cárie Dentária

Cárie Dentária – O que é, Causas e Tratamentos