Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Dicas Para Pele

Os 15 Sintomas da Alergia ao Arroz

Os Sintomas da Alergia ao Arroz que muitos ignoram e deixam passa despercebido durante um longo período. Alem disso, o arroz é um dos alimentos básicos mais importantes em diferentes partes do mundo. Embora raro, existem relatos e provas em que as pessoas apresentaram reações alérgicas ao arroz. A alergia ao arroz é mais comum no Leste Asiático e menos comum nos países ocidentais.

O arroz é consumido diariamente em grandes quantidades pelas pessoas na China e no Japão. Portanto, a frequência desta alergia é mais nesses países. Mas, esse alimento também é bem frequente nos pratos brasileiros.

Sintomas da Alergia ao arroz:

Em adultos: Os sintomas da alergia ao arroz são encontrados em adultos e crianças. Estes sintomas incluem o seguinte:

  • Asma;
  • Dermatite atópica;
  • Dermatite atópica com complicações oculares;
  • Contate a urticária;
  • Diarreia e vômitos;
  • Eczema;
  • Anafilaxia induzida pelo exercício;
  • Síndrome de enterocolite induzida por proteína alimentar (FPIES);

Os indivíduos alérgicos ao arroz também apresentam sintomas como cólicas abdominais e dor similar, rinite, rino conjuntivite, dispneia, urticária de contato e angioedema. Aqueles que apresentam alergia ao arroz também podem ser alérgicos aos seguintes alimentos, pois são membros da mesma família botânica.

  • Cevada;
  • Milho;
  • Trigo duro;
  • Pólen de grama;
  • Aveia;
  • Centeio;
  • Soja;
  • Triticale;
  • Trigo;

Um estudo foi relatado com objetivo de relatar os sintomas de um indivíduo não-asiático hipersensível. O estudado era um alemão de 33 anos. Os sintomas apresentados por este indivíduo incluíram vários episódios de urticária generalizada, prurido, angioedema dos lábios, pálpebras e língua, disfagia e dispnéia 15-20 minutos após comer refeições inteiras contendo arroz cozido.

Em Crianças: A síndrome de enterocolite induzida por proteínas alimentares (FPIES) é mais comumente observada em crianças. Os sintomas de FPIES começam no início da vida. Estes sintomas também podem se desenvolver depois que uma criança inicia o consumo de arroz, aveia, cevada e alimentos similares, tipicamente após quatro meses de idade.

Os sintomas da FPIES são confinados ao sistema gastrointestinal e incluem o seguinte:

  • Vômito crônico;
  • Diarreia (às vezes, sangrenta);
  • Perda de peso;
  • Desidratação;
  • Letargia;

Há um estudo que abordou as reações alérgicas físicas ao arroz também. O estudo envolveu 24 pacientes com idade média de 3-72 meses. Seis dos 24 pacientes apresentaram sintomas como erupção cutânea nos lábios, face e tronco após consumir o arroz ou produtos derivados do arroz.

  • Alérgenos encontrados no arroz;
  • Na alergia ao arroz, as proteínas com massas moleculares de 14-16, 26, 33 e 56 kDa demonstraram ser potencialmente alergênicas;
  • A maioria dos componentes alérgicos são as albuminas com pesos moleculares entre 14 e 16 kDa;
  • A proteína de arroz de 16 kilodalton foi descrita como um alérgeno importante e responsável pela alergenicidade entre os grãos de cereais na família Poaceae;
  • Embora o arroz cru seja mais alergênico do que o cozido, alguns dos alérgenos são resistentes ao calor e resistem à proteólise;
  • O arroz também contém uma proteína de transferência de lipídeos (LPT). As LPTs são proteínas estáveis ao calor e podem torna-se alégenas quando cozida;

Tratando Alergia ao Arroz: Tratar a alergia ao arroz pode ser um desafio. Eliminar o alimento desencadeante é a primeira coisa que se deve fazer para evitar as alergias alimentares. Portanto, a eliminação de arroz e produtos de arroz pode reduzir os sintomas da alergia. Consulte um clínico geral antes de eliminar qualquer alimento.

IgE desempenha um papel importante nas reações alérgicas. A imunoglobulina E ou IgE são anticorpos produzidos pelo sistema imunológico. Se você tem uma alergia, seu sistema imunológico reage em excesso a um alérgeno produzindo esses anticorpos.

Esses anticorpos viajam para células que liberam substâncias químicas, causando uma reação alérgica. Portanto, faça um exame de sangue e, se notar a presença desses anticorpos, a alergia existe. Para bebês e crianças, é importante levá-los imediatamente ao hospital para evitar complicações.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.