Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Saúde Sintomas

Os 10 Principais Sintomas que Indicam a Perda da Audição

Os Principais Sintomas que Indicam a Perda da Audição, que muitos não sabem. Além disso, a perda da audição também chamado de surdez ou hipoacusia é a perda parcial ou total de audição. Ela pode ser de nascença ou causada posteriormente por doenças.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1 em cada 7 brasileiros sofrem com algum tipo de deficiência auditiva, cerca de 80% desses brasileiros não sabem que possuem problemas auditivos ou não tomam a iniciativa de procurar auxílio de um profissional especializado. Entre o início da perda auditiva e a procura de um tratamento, os indivíduos levam em média de 5 a 7 anos.

A Perda da Audição Está Dividida em Duas Categorias:

Perda da Audição Condutiva: Perda da Audição, que caracteriza-se quando o som não consegue chegar até o sistema auditivo interno. Isso pode acontecer quando há excesso de cerume (cera no ouvido), ferimentos no tímpano, infecções no ouvido médio e Otosclerose. Esses casos agem como se fossem barreiras, impedindo que os impulsos nervosos elétricos sejam transmitidos para o cérebro.

Perda da Audição Neurossensorial: A Perda da Audição Neurossensorial é quando existe uma falha do nervo auditivo. Portanto, mesmo que as ondas ou vibrações sonoras cheguem ao ouvido interno (não haja nenhum impedimento), elas não são transformadas em impulsos elétricos para o cérebro. Esse tipo de perda é resultado de danos no nervo auditivo. Esses danos podem ser causados por envelhecimento, ruídos muito altos, efeitos colaterais de medicamentos, infecções virais e etc…

Causas da Perda de Audição: A causa pode se dar por diversas doenças ou hábitos, mas as causas mais comuns são envelhecimento natural e exposição ao alto nível de ruído. Portanto, dependendo do tempo que a pessoa se expõe à poluição sonora, pode-se ter maior chance de perda auditiva.

Poluição Sonora: Dependendo do tempo que a pessoa se expõe, pode-se ter uma perda permanente. Tipos de trabalhos, onde barulho é uma parte da rotina normal do ambiente, como construção, trabalhos agrícolas, ou em fábrica podem acarretar danos na perda da audição.

Exposição a ruídos explosivos, como armas de fogo e fogos de artifício, pode causar perda da audição imediata. Outras atividades recreativas com os níveis de ruído perigosamente altos incluem motociclismo ou ouvir música em alto volume. MP3 players podem causar perda de audição permanente, se você aumentar o volume alto o suficiente para mascarar o som de outros barulhos altos, como o de um cortador de grama.

Envelhecimento: Ao longo dos anos pode danificar as células do seu ouvido interno.

Hereditariedade: Sua composição genética pode torná-lo mais suscetível a danos no ouvido.

Medicamentos: Drogas, como a gentamicina antibiótica e certas drogas de quimioterapia, podem danificar o ouvido interno. Efeitos temporários sobre a sua audição, zumbido no ouvido ou perda da audição, pode ocorrer se você tomar doses muito elevadas de aspirina ou outros analgésicos, como medicamentos contra a malária ou diuréticos de alça.

Doenças: Doenças que resultam em febre elevada, como a meningite, podem danificar a cóclea.

Sintomas da Perda da Audição: A maioria dos casos de perda da audição se desenvolve gradualmente, uma vez que os sintomas são difíceis de serem identificados. Confira agora, Os 10 Principais Sintomas que Indicam a Perda da Audição:

  1. Dificuldade em conversações da audição e da compreensão.
  2. Dificuldade em seguintes conversações sobre o telefone.
  3. Escuta a canção ou televisão uns volumes em mais altas do que outras pessoas.
  4. Sinos de porta ou anéis faltantes do telefone.
  5. Dificuldade que coloca o sentido do som próximo.
  6. Os Pacientes pedem frequentemente que o orador repita e tenha mais dificuldade em mulheres e em crianças compreensivas. Podem igualmente ter uma história do trabalho em um ambiente ruidoso.
  7. Descarga do líquido ou do pus claro das orelhas.
  8. Dor na orelha afetada.
  9. Vertigem.
  10. Tinnitus ou soada da orelha.
  11. Sentimento de plenitude da orelha afetada.

Obs: Para evitar a perda da audição precoce, procure periodicamente realizar exames para verificar o estado da sua saúde auditiva e lembre-se diariamente destas recomendações a fim de prolongar a sua audição em perfeito estado por muito tempo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.