Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças Doenças e Tratamentos

Intertrigo – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Intertrigo – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos e muito mais é o que você vai aprender a partir de agora, então continue conosco e desvende tudo sobre o Intertrigo, doença essa que mata mais brasileiros a cada dia. Além disso, o Intertrigo é uma infecção da pele causada por Candida albicans, o mesmo fungo que causa a candidíase.

Esse micro-organismo habita normalmente a pele e alimenta-se de queratina (ceratina), uma proteína presente na epiderme e principal constituinte do cabelo, pelos, unhas, etc. Em geral, as lesões causadas pelo Intertrigo ocorrem nas áreas de atrito das dobras da pele, em qualquer região do corpo, mas especialmente nas axilas, virilhas, debaixo das mamas e entre as coxas.

No início, elas têm aparência de uma placa eritematosa (avermelhada), úmida e descamativa, que vai crescendo e ao redor da qual se espalham pequenas vesículas vermelhas à distância. Essas vesículas acabam se rompendo e unindo-se entre si, favorecendo assim a formação de novas placas que agravam o quadro.

O que é Intertrigo: O Intertrigo é uma doença de pele, uma infecção que ocorre principalmente pelo atrito entre as peles, em que há proliferação de bactérias e fungos do gênero dermatófito. Ocorre principalmente em regiões onde há dobras de pele, que propiciam um atrito mais frequente.

Causas do Intertrigo: O Intertrigo é causado principalmente pela proliferação de bactérias e fungos do gênero dermatófito, em locais do corpo mais exposto a umidade, calor e atrito. Então confira agora As 8 Principais Causas do Intertrigo:

  • Proliferação de bactérias e fungos nas axilas
  • Proliferação de bactérias e fungos na virilha
  • Proliferação de bactérias e fungos nas nádegas
  • Proliferação de bactérias e fungos na barriga
  • Proliferação de bactérias e fungos no pescoço
  • Proliferação de bactérias e fungos sob as mamas
  • Proliferação de bactérias e fungos entre os dedos das mãos e dos pés
  • Proliferação de bactérias e fungos na parte interna das coxas.

Intertrigo inicialmente não é uma doença contagiosa. Isso apenas ocorre quando surge infecção secundária por bactérias e/ou fungos é que ele pode se tornar contagioso através do contato de outras pessoas com o local da ferida.

Diagnóstico de Intertrigo: O diagnóstico do Intertrigo é feito com base na observação dos sintomas da doença e através de exames como:

  • Raspagem da pele e exame KOH (hidróxido de potássio) para eliminar uma infecção por fungo
  • Lâmpada de Wood (luz negra) para eliminar uma infecção bacteriana chamada eritrasma
  • Biopsia da pele, que pode ser necessária em casos mais raropara confirmar o diagnóstico.

Também é indicada a realização de exame de sangue para o diagnóstico mais preciso do Intertrigo, principalmente, para verificar se o indivíduo não está com diabetes. O Intertrigo pode ser um dos sintomas iniciais da diabetes.

Sintomas de Intertrigo: O principal sintoma de Intertrigo é o surgimento de vermelhidão na pele afetada, no entanto, outros sintomas, então confira agora Os 3 Principais Sintomas de Intertrigo:

  • Cheiro fétido;
  • Coceira ou dor na região afetada;
  • Feridas na pele.

O paciente com sintomas de Intertrigo deve consultar um dermatologista para diagnosticar o problema e iniciar o tratamento adequado, evitando que a situação agrave, impossibilitando algumas tarefas diárias, como caminhar, no caso do Intertrigo na virilha, por exemplo.

Prevenção do Intertrigo: Para prevenir o Intertrigo o paciente deve ser aconselhado a perder peso, controlar os níveis sanguíneos de glicose, manter boa higiene corporal, secar bastante as dobras da pele e expor regularmente ao sol as áreas afetadas.

Tratamentos Para o Intertrigo: O Intertrigo normalmente responde ao auto-tratamento em algumas semanas:

  • Mantenha a pele limpa e seca.
  • Não use roupas que friccionem e irritem a região.
  • Aplique antifúngicos tópicos ou talcos sem prescrição médica, como aqueles que contêm miconazol, clotrimazol ou tolnaftato.

Você pode precisar de tratamento com um médico se o Intertrigo durar mais de 2 semanas, for grave e voltar com frequência. O seu médico pode prescrever medicamentos antifúngicos mais fortes para tratar o Intertrigo. Antibióticos podem ser prescritos para tratar infecções bacterianas que ocorrem juntamente com o fungo (por exemplo, ao coçar a região).

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.