Sinusite Aguda – O que é, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

Drª. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Dicas de Saúde

Sinusite Aguda – O que é, Sintomas e Tratamentos
4.8 (95.94%) 207 votos

Sinusite Aguda – O que é, Sintomas e Tratamentos que você deve ficar atento. Além disso, a Sinusite Aguda é uma inflamação da mucosa dos seios da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos. A sinusite aguda pode ser secundária a uma infecção, quadro alérgico ou qualquer fator que atrapalhe a correta drenagem de secreção dos seios da face. O nome mais utilizado para sinusite aguda é rinossinusite, pois o processo inflamatório atinge tanto a mucosa dos seios da face como a mucosa nasal.

Sinusite Aguda
Sinusite Aguda

Um nariz recheado e pressão em nossas maçãs do rosto geralmente podem significar que você tem sinusite aguda. Sinusite aguda, também chamada de rinossinusite aguda, é uma infecção ou inflamação a curto prazo das membranas que alinham os seios nasais. Evita que o muco saia do nariz, a sinusite aguda é comum, afetando mais de 37 milhões de americanos por ano.

Causa da Sinusite Aguda: A sinusite aguda tanto pode ser causada por agentes infecciosos, como bactérias, fungos e vírus, quanto por fatores alérgicos. Poeira, choque térmico e cheiros ativos são listados como desencadeadores da rinopatia alérgica. Exposição a determinados agentes químicos e alterações na anatomia nasal ou dos seios da face fazem parte do outro grupo de responsáveis pela sinusite aguda. Há ainda, casos mais raros que levam à sinusite aguda, como a presença de um tum Doenças e condições que podem causar sinusite aguda incluem:

  • Resfriados
  • Infecções bacterianas do tracto respiratório superior
  • Infecções dos seios fúngicos
  • Alergias que causam a produção de muco nos seios
  • Falta de motilidade de cílios, causada por doença (os cílios são os cabelos pequenos localizados em seus seios que se movem para empurrar o
  • muco para fora de seus seios )
  • Pólipos nasais ou tumores
  • desvio de septo
  • Adenoides ampliadas ou infectadas
  • Dente infectado (em casos raros, bactérias podem se espalhar do dente infectado para os seios )
  • Fibrose cística (uma doença que faz com que o muco espesso e pegajoso se acumule no corpo)

Sintomas da Sinusite Aguda: A sinusite crônica e sinusite aguda têm sinais e sintomas semelhantes, mas a sinusite aguda é uma infecção temporária dos seios muitas vezes associada a um resfriado. Já a rinossinusite crônica corresponde a um processo inflamatório com duração prolongada (maior que 12 semanas) podendo ainda ser classificada em rinossinusite crônica com polipose e rinossinusite crônica sem polipose. Para o diagnóstico de rinossinusite crônica devemos ter dois ou mais sintomas. Os sintomas da sinusite aguda incluem:

  • Congestão nasal
  • Secreção de muco grosso, amarelo ou verde do nariz
  • Dor de garganta
  • Tosse (geralmente pior à noite)
  • Drenagem de muco na parte de trás da garganta
  • Dor de cabeça
  • Dor, pressão ou ternura atrás de seus olhos, nariz, bochechas ou testa
  • Dor de ouvido
  • Dor de dente
  • Mal hálito
  • Sensação de cheiro reduzida
  • Senso de gosto reduzido
  • Febre
  • Fadiga
Sinusite Aguda
Sinusite Aguda

Prevenção Para Sinusite: Você pode prevenir a sinusite aguda. Veja como:

  • Coma uma dieta saudável para manter o seu sistema imunológico forte.
  • Evite a fumaça de cigarro e outros poluentes do ar.
  • Minimize seu contato com pessoas com resfriados.
  • Lave as mãos com frequência e antes das refeições.
  • Use um umidificador em clima seco para manter seus seios úmidos e saudáveis.
  • Receba anualmente uma vacina contra a gripe.
  • Trate as alergias prontamente.

Os sinais e sintomas de sinusite aguda crônica são semelhantes à sinusite aguda, exceto que eles duram mais tempo e muitas vezes causam mais Fadiga, febre não é um sinal comum de sinusite.

0/5 (0 Reviews)

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Valéria Carneiro

Drª. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiencia clinica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *