Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Os 7 Sintomas de Reumatismo que Muitos Ignoram

Os 7 Sintomas de Reumatismo que Muitos Ignoram
Gostou do post? Avalie!

Os 7 Sintomas de Reumatismo que Muitos Ignoram são simples de se perceber mais todos devem ficar atentos. Além disso, o Reumatismo é um termo médico antigo, que há muitas décadas deixou de fazer parte dos dicionários médicos, mas que ainda é muito utilizado pela população leiga. O Reumatismo costuma ser empregado nos casos de doenças dos sistemas muscular e osteoarticular de origem não traumática, o que, na prática, acaba por englobar centenas doenças de origens distintas.

Apesar de ser um termo amplo, é muito comum ouvirmos a palavra Reumatismo sendo empregada de forma mais específica, como se fosse sinônimo de osteoartrose ou artrite reumatoide. O termo Reumatismo também é muito empregado quando o paciente apresenta um quadro de artrite (inflamação de uma articulação). É bom lembrar que existe um número imenso de doenças que podem provocar uma artrite, desde infecções até doenças de origem imunológica.

Apesar de haver centenas de doenças cujos sintomas podem ser taxados como Reumatismo, na maioria dos casos, quando alguém diz que está reumático, a osteoartrose ou a artrite reumatoide costumam ser o verdadeiro motivo.

Também é relativamente comum ouvirmos a expressão “Reumatismo no sangue” como forma de descrever a febre reumática, uma outra doença completamente diferente, que costuma acometer crianças com amigdalite bacteriana não tratada. O Reumatismo no sangue também não é uma expressão médica, não sendo utilizada em nenhum meio científico.

Atualmente, a palavra Reumatismo foi substituída pelo termo “doenças reumatológicas”. Não se diz mais que o paciente tem Reumatismo, mas sim que ele tem uma doença reumatológica. Mas, mais importante do que dizer que o paciente tem uma doença reumatológica é identificar qual delas é a causa, uma vez que a origem, os sintomas e os tratamentos de cada uma costumam ser completamente diferentes. A área da medicina que estuda as doenças reumatológicas é a Reumatologia, e o médico especialista é o reumatologista.

Apesar de Reumatismo ser um termo obsoleto, a maioria da população ainda o utiliza, e nos motores de busca da Internet, como o Google, a palavra “Reumatismo” ainda é muito mais procurada que o termo “doença reumatológica”. Portanto, como esse texto é voltado para a população leiga, e para que as pessoas tenham mais facilidade de encontrar as informações que estão procurando, vou continuar utilizando a palavra Reumatismo, apesar de já ter deixado claro que o termo correto é mesmo doença reumatológica (ou artrite, quando o quadro clínico se resumir a uma inflamação da articulação).

O mito de que o Reumatismo é “coisa” de idoso pode estar ligado a uma das doenças reumáticas mais frequentes, a osteoartrite, ou artrose. É uma perda da cartilagem, que é o tecido da articulação. E é normal esta perda vir com a idade, o que pode levar a ao Reumatismo. Depois dos 50 anos, quase todo mundo tem artrose.

Tipos do Reumatismo: Há entre 100/150 variedades de doença reumática e o termo Reumatismo é um termo leigo descrevendo a dor e rigidez em articulações e não especificamente doenças reumáticas. Por exemplo, a maioria das descrições tradicionais de Reumatismo aponta aflições e dores nas articulações conforme a pessoa envelhece. Muitos destes casos eram na realidade osteoartrite.

Osteoartrite não é incluída nas enfermidades articulares inflamatórias denominadas doenças reumáticas. No entanto, quando descrevendo as doenças de Reumatismo, as formas inflamatórias e não inflamatórias podem ser incluídas.

Doenças Inflamatórias e Não Inflamatórias: O Reumatismo ou doenças reumáticas têm duas formas:

  • Doenças não inflamatórias, incluindo osteoartrite.
  • Doenças inflamatórias afetando articulações, músculos e ossos. Estas são classificadas como articular ou não articular. A articular ou a afetando articulações que geralmente inclui artrite reumatoide, lúpus, gota, espondilite, entre outros. A não articular, ou as que afetam tecidos moles, músculos, e levam às síndromes de dor.

Por esse motivo que não podemos afirmar que Reumatismo não tem cura, já que o seu termo engloba várias doenças, alguns que não possuem cura e outras que a cura pode ser total.

Causas do Reumatismo: A causa principal do Reumatismo é a idade avançada, mas ele também pode surgir devido às infecções bacterianas ou virais, doenças autoimunes, LER e demais doenças que afetam músculos, ossos e tendões e desgastam as articulações.

Há também o fator genético que pode influenciar no surgimento do Reumatismo. Pessoas cujos familiares próximos possuem alguma doença reumatológica pode apresentar uma tendência maior para desenvolvê-la. O ato de fumar e contrair infecção por algumas bactérias específicas no intestino também pode influenciar no surgimento do Reumatismo.

Sintomas de Reumatismo que Muitos Ignoram: Embora o Reumatismo possa durar pela vida inteira, os sintomas são intermitentes, ou seja, eles vão e vêm e podem progredir com o tempo. Quando os sintomas do Reumatismo aparecem, diz-se que a doença está ativa, e nesse período o paciente pode exibir alguns dos Os 7 Sintomas de Reumatismo que Muitos Ignoram:

  • Dor e inchaço nas articulações (pés, mãos e joelhos).
  • Fadiga.
  • Perda de apetite.
  • Rigidez na área inflamada.
  • Febre.
  • Nódulos reumatoides.
  • Elevação da temperatura na região afetada.

Mesmo no início do Reumatismo pode haver deformação nas articulações, que podem ou não estar acompanhadas de todos os sintomas acima.

Tratamento do Reumatismo: O uso de medicamentos como analgésicos e anti-inflamatórios auxiliam no combate à dor. A fisioterapia é uma prática adotada para reeducar fisicamente o corpo e para ajudar no retorno dos movimentos. Hidroterapias também são muito indicadas, já que ajudam no relaxamento muscular e promovem o reforço do músculo. Compressas de gelo, massagens, alongamentos e mobilizações articulares são outras medidas que podem ser tomadas no intuito de reduzir os incômodos do Reumatismo.

O tratamento do Reumatismo é basicamente sintomático, já que muitas vezes as causas do Reumatismo são desconhecidas. É importante que todas as pessoas com dores procurem por ajuda médica. O estado da lesão pode piorar bastante quando não recebe tratamento ou acompanhamento médico. Através de simples medidas muitos dos incômodos podem ser sanados e o indivíduo volta a levar uma vida normal. Portanto, não deixe de pedir ajuda. Além disto, é fundamental ficar atento a quaisquer sinais que seu corpo possa estar lhe enviando. Algo aparentemente simples pode ser sintoma de um problema muito maior.

Este artigo foi útil?
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie este post)
Loading...

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie este post)
Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.