Doenças e Tratamentos

O que Causa a Deficiência de Potássio?

O que Causa a Deficiência de Potássio

O Potássio é um electrólito, o que significa que conduz eletricidade dentro do corpo. O potássio é essencial para o bom funcionamento das células nervosas e musculares, especialmente o músculo cardíaco. As melhores fontes de alimentos ricos em potássio, são uma alternativa para acaba com a deficiência e ter a quantidade necessária para uma boa saúde.

Deficiência de Potássio

A deficiência de potássio, também conhecido como hipocalemia pode ocorrer por uma série de razões. Os sintomas de hipocalemia incluem ritmos cardíacos anormais, constipação, ruptura muscular, fadiga e paralisia. Então, confira O que causa a deficiência de potássio?.

Antibióticos: Certos antibióticos podem causar uma deficiência de potássio. Estes incluem gentamicina, anfotericina B e carbenicilina, de acordo com o National Institutes of Health. As pessoas que estão em maior risco de deficiências de potássio devem falar com seus médicos sobre a escolha de um antibiótico diferente.

Se outras opções antibióticos não são uma opção de escolha ( ou seja, tem que usar), os médicos podem recomendar o aumento do Potássio em sua dieta ou em forma de suplemento.

Doença Renal: As doenças renais podem realmente manter o corpo sem o Potássio. Pessoas com hiperaldosteronismo, uma condição na qual o corpo produz muita aldosterona, podem ter níveis baixos de potássio.

Além disso, Pessoas com síndrome de Fanconi, uma doença em que o rim não absorve a quantidade ideal de certas substâncias, como o potássio, provocando assim, a deficiência de potássio.

Distúrbios Alimentares: Os transtornos alimentares, como bulimia, pode afetar balanços eletrolíticos, de acordo com a “Universidade de Maryland Medical Center”. A Bulimia é uma doença em que as pessoas consumem os alimentos e, em seguida usam laxantes ou o vômito para evitar o ganho de peso.

Além disso, os Vômitos constante pode causar a desidratação e causar um decréscimo nos níveis de potássio. que por sua vez, levam a deficiências de potássio e potencialmente causar ataque cardíaco e arritmias fatais.

Diuréticos: Os diuréticos são frequentemente prescritos para o tratamento de condições tais como hipertensão arterial, glaucoma e insuficiência cardíaca congestiva. A “Mayo Clinic” explica que os diuréticos elimina do corpo o excesso de sal e água, fazendo os rins colocar mais sal na urina, e a água vai com ele.

Alguns diuréticos tais como furosimide pode causar uma diminuição nos níveis de potássio. Os médicos geralmente recomendam o aumento de potássio na dieta e testes de química de sangue periódicas para monitorar os níveis sanguíneos de eletrólitos como potássio.

Transpiração excessiva: A transpiração excessiva pode ocorrer por vários motivos. O exercício pesado, febres altas ou trabalho pesado ao ar livre ou em temperaturas elevadas podem causar aumento da sudorese.

O Instituto Nacional de Saúde explica que o suor contém eletrólitos e a transpiração excessiva pode levar na diminuição dos níveis de potássio. Além disso, As pessoas devem evitar trabalhar no calor excessivo, se possível, e lembre-se de hidratar com freqüência com água ou bebidas eletrólito de reposição, como Gatorade.

Gostou do post? Avalie!
[Total: 0 votos: ]

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

2 comentários

  • […] níveis de potássio no corpo são regulados pelos rins e o excesso de potássio é excretado na urina para manter um equilíbrio de Potássio é sódio. Tomar suplementos de […]

  • […] deve ser tomado dentro de um par de horas após o resfriamento para alívio imediato na cistite. O Potássio facilita o processo de desintoxicação dos rins e da bexiga, evitando assim vários tipos de […]

Deixe um comentário