Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Hiperparatireoidismo – O que é, Sintomas e Tratamentos

Hiperparatireoidismo – O que é, Sintomas e Tratamentos desta condição. Além disso, o Hiperparatireoidismo ocorre ocorre com o aumento dos hormônios paratireoidianos. As glândulas paratireoides são quatro glândulas endócrinas de tamanho de ervilha localizadas no pescoço, perto ou presas na parte traseira da tireoide. As glândulas endócrinas secretam hormônios necessários para o funcionamento normal do corpo.

Apesar de ter nomes semelhantes e estar adjacentes ao pescoço, as glândulas paratireoides e a tireoide são órgãos muito diferentes. Os hormônios paratireoidianos ajudam a regular os níveis de cálcio, vitamina D e fósforo em seus ossos e sangue.

Algumas pessoas com essa condição não apresentam sintomas e não precisam de tratamento. Outros apresentam sintomas leves ou graves que podem requerer cirurgia.

Causas do Hiperparatireoidismo: No Hiperparatireoidismo, uma ou mais das suas glândulas paratireoides se tornam hiperativas e fazem excesso de hormônios paratireoidianos. Isso pode ser devido a um tumor, aumento da glândula ou outros problemas estruturais das glândulas paratireoides.

Quando seus níveis de cálcio são muito baixos, suas glândulas paratireoides respondem aumentando a produção de hormônios paratireoidianos. Isso faz com que seus rins e intestinos absorvam uma maior quantidade de cálcio. Também remove mais cálcio dos seus ossos. A produção de hormônios paratireoidianos volta ao normal quando seu nível de cálcio aumenta de novo.

Sintomas da Hiperparatireoidismo: Os sintomas podem variar de leve a grave, dependendo do seu tipo de Hiperparatireoidismo.

Hiperparatireoidismo Primário: Alguns pacientes não apresentam nenhum sintoma. Se você tem sintomas, eles podem variar de leve a grave.

Os Sintomas Mais Leves Podem Incluir:

Os Sintomas Mais Graves Podem Incluir:

  • Perda de apetite;
  • Prisão de ventre;
  • Vômito;
  • Náusea;
  • Sede excessiva;
  • Aumento da micção;
  • Confusão;
  • Problemas de memória;
  • Pedras nos rins.

Hiperparatireoidismo Secundário: Com este tipo, você pode ter anormalidades esqueléticas, como fraturas, articulações inchadas e deformidades ósseas. Outros sintomas dependem da causa subjacente, como insuficiência renal crônica ou deficiência grave de vitamina D.

Diagnósticos do Hiperparatireoidismo: Seu médico pode suspeitar que você tem Hiperparatireoidismo se exames de sangue de rotina mostrarem altos níveis de cálcio no sangue. Para confirmar este diagnóstico, o seu médico precisará realizar outros testes.

Exames de Sangue: Testes de sangue adicionais podem ajudar seu médico a fazer um diagnóstico mais preciso. O seu médico verificará o seu sangue para níveis elevados de hormônios paratireoidianos, altos níveis de fosfatase alcalina e baixos níveis de fósforo.

Testes de Urina: Um teste de urina pode ajudar seu médico a determinar a gravidade da sua condição e se os problemas renais são a causa. Seu médico verificará sua urina para ver quanto cálcio contém.

Testes de Rim: Seu médico pode tirar raios-X do seu abdômen para verificar anormalidades nos rins.

Tratamentos do Hiperparatireoidismo: Você pode não precisar de tratamento se seus rins estiverem funcionando bem, se seus níveis de cálcio são apenas um pouco altos, ou se sua densidade óssea estiver normal. Nesse caso, o seu médico pode monitorar sua condição uma vez por ano e verificar seus níveis de cálcio no sangue duas vezes por ano.

Seu médico também recomendará observar quanto cálcio e vitamina D você recebe em sua dieta. Você também precisará beber muita água para reduzir o risco de cálculos renais. Você deve fazer exercícios regulares para fortalecer seus ossos.

Se o tratamento for necessário, a cirurgia é o tratamento comumente usado. Os procedimentos cirúrgicos envolvem a remoção de glândulas paratireoides ou tumores aumentados nas glândulas. As complicações são raras e incluem nervos do cordão vocal danificados e níveis baixos de cálcio a longo prazo.

Os calcimiméticos, que atuam como cálcio no sangue, são outro tratamento. Essas drogas podem enganar suas glândulas para fazerem menos PTH. Os médicos prescrevem estes, em alguns casos, se a cirurgia não for bem sucedida ou não uma opção.

Os bisphophonates, que impedem os ossos de perder cálcio, podem ajudar a reduzir o risco de osteoporose.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.