Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos

Fibroma Uterino – Sintomas, Tratamentos e Causas

Fibroma Uterino é um tumor benigno que atinge cerca de 50% das mulheres na faixa etária dos 30 aos 50 anos. Alem disso, o fibroma uterino se desenvolve a partir do tecido muscular liso do útero miométrio, também chamado de fibroide uterino. Uma única célula se divide repetidamente e desenfreadamente, até criar uma massa distinta dos tecidos próximos.

fibroma-uterino-sintomas-tratamentos-e-causas

Alguns miomas passam por surtos de crescimento, e alguns podem encolher por conta própria. Inclusive, muitos miomas que acontecem durante a gravidez tendem a encolher ou desaparecer após o parto. fibroma uterino são tumores não cancerosos do útero, que muitas vezes aparecem durante a idade fértil. Os fibroma uterino não estão associados a um risco aumentado de câncer de útero e quase nunca se transformam em câncer.

Para aqueles que apresentam sintomas, os mais comuns são:

  • Sangramento menstrual pesado
  • Períodos menstruais prolongados sete dias ou mais de sangramento menstrual
  • Sangramentos mensais atípicos, às vezes com coágulos
  • Pressão ou dor pélvica
  • Micção frequente
  • Dificuldade esvaziar a bexiga
  • Prisão de ventre
  • Dor durante as relações sexuais

Outros fatores de crescimento dos miomas: substâncias que ajudam o corpo a manter os tecidos podem afetar o crescimento dos miomas.

Mudanças genéticas: muitos miomas contêm alterações nos genes que os diferem das células normais do músculo uterino. Há também algumas evidências de que miomas são mais comuns entre membros da mesma família e que as gêmeas idênticas são mais propensas a terem miomas, se comparadas com gêmeas não idênticas.

Fatores hormonais: o estrógeno e a progesterona, dois hormônios que estimulam o desenvolvimento do endométrio durante cada ciclo menstrual, a fim de prepará-lo para a gravidez, quando em desequilíbrio podem promover o crescimento dos fibroides. Miomas podem conter mais receptores de estrógeno e progesterona do que as células musculares do útero normais. Além disso, alguns miomas tendem a diminuir após a menopausa, provavelmente porque a produção hormonal também diminui

Tratamento do Fibroma uterino: Não há uma abordagem única para o tratamento do mioma uterino. Se você tiver sintomas, converse com o médico sobre as opções mais adequadas ao seu caso. Muitas mulheres com fibroma uterino não experimentam sintomas, ou então apenas sinais leves e pouco irritantes. Se esse for o seu caso, fazer o acompanhamento médico, sem necessariamente usar algum medicamento ou fazer uma cirurgia, pode ser a melhor opção.

Já para as mulheres cujos sintomas de mioma uterino incomodam as atividades diárias ou casos mais avançados, existem algumas modalidades de tratamento:

  • Medicamentos hormonais para impedir o desenvolvimento do óvulo
  • (DIU) liberador de progesterona
  • Contraceptivos
  • Anti-inflamatórios não esteroides para a dor
  • Suplemento de vitaminas e ferro, por conta dos nutrientes pedidos no sangramento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.