Enurese – Sintomas, Causas e Tratamentos

Revisado por

Graduado em Ciências da Nutrição!

Especialista do Dicas de Saúde

Enurese – Sintomas, Causas e Tratamentos
4.8 (95.9%) 200 voto[s]

Enurese – Sintomas, Causas e Tratamentos que todos devemos ficar atentos. Alem disso, a Enurese é a micção involuntária da bexiga que pode ser causada por vários fatores. Estes incluem desordens nos rins, bexiga, uretra ou falta de controle dos músculos que liberam a urina, além de ser associada com fatores neurológicos. Em crianças até os cinco ou sete anos é comum ter episódios de enurese noturna, o famoso xixi na cama, e não gera preocupação. Pelo contrário, faz parte do desenvolvimento da criança.

EnureseSob determinadas circunstâncias, numa minoria de casos, episódios de perda de urina podem ocorrer na adolescência e na vida adulta enquanto a pessoa dorme.

Temos Dois Tipos de Classificação Para a Enurese: A Enurese noturna nas crianças pode ser classificada em:

  • Enurese noturna primária: quando a criança com cinco anos ou mais nunca apresentou um período prolongado de controle da urina durante o sono.
  • Enurese noturna secundária: quando, sem causa aparente, a criança volta a fazer xixi na cama depois de ter passado seis meses, no mínimo, sem molhar a cama. Neste caso, parece estar associada a acontecimentos sociais e familiares estressantes.

Causas: Ninguém sabe a exata causa da enurese, mas acredita-se que vários fatores possam causa-la ou contribuir com os sintomas. São eles:

  • Se a criança tem a bexiga pequena, ela pode não estar desenvolvida o suficiente para conseguir segurar a urina enquanto dorme;
  • Inabilidade de reconhecer quando a bexiga está cheia;
  • Algumas crianças não produzem hormônios antidiuréticos suficientes para reduzir a quantidade de produção de urina durante a noite durante a infância
  • Eventos estressantes para a criança, como começar ou mudar de escola, ganhar um irmão ou irmã ou dormir fora de casa;
  • Infecção do trato urinário;
  • Apneia do sono;
  • Pode ser um dos primeiros sinais de diabetes tipo 1;
  • Constipação crônica;
  • Problemas estruturais no trato urinário ou no sistema nervoso;

Sintomas da Enurese: Quando o xixi na cama é o único sintoma (enurese monossintomática primária e secundária), o diagnóstico da enurese noturna leva em conta o histórico do paciente, o exame clinico e os antecedentes familiares.

Havendo sintomas que possam sugerir comprometimento neurológico, do sistema urinário e do funcionamento dos intestinos ou, ainda, doenças, como diabetes, e apneia obstrutiva do sono, por exemplo, (enurese não monossintomática), exames laboratoriais e de imagem são úteis para estabelecer o diagnóstico diferencial e orientar o tratamento.

Tratamento Para a Enurese: No tratamento para enurese sem doenças concomitantes pode ser recomendado:

  • Criar uma rotina para que a criança vá ao banheiro, mesmo que não esteja “sentindo” vontade. Ela ainda está desenvolvendo esses sensores, por isso é importante que vá mesmo assim;
  • Limitar a quantidade de líquidos que a criança ingere a noite;
  • Fisioterapia para fortalecer os músculos da bexiga;
  • Em alguns casos, o médico pode recomendar o uso de medicamentos;

Prevenir episódios de enurese se dá de forma muito parecida com o tratamento. A criança precisa aprender a sentir quando está com vontade de urinar e também a controlar essa urina enquanto dorme, então envolve o desenvolvimento físico e também psicológico dela.

Por isso, é importante que os pais ajudem a criança a criar uma rotina de idas ao banheiro e de diminuição da quantidade de líquidos que ela bebe a noite, além de levar a criança para urinar imediatamente antes de colocá-la para dormir.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Chá de Banana

Os 10 Benefícios do Chá de Banana Para Saúde

Sintomas da Gengivite

Os 8 Principais Sintomas da Gengivite