Gravidez

Corrimento na Gravidez – O que é? é Normal?

Corrimento na Gravidez – O que é? é Normal? Tire suas dúvidas aqui. Além disso, além da alegria inexplicável que implica estar grávida, as mulheres devem estar conscientes de que vamos experimentar uma série de mudanças em nível físico, psicológico e emocional, uma das quais é a maior presença de corrimento vaginal, situação em que surgem uma série de dúvidas. É por isso que consultamos um profissional capaz de esclarecer alguns pontos que são necessários conhecer.

Corrimento na Gravidez

É Comum que o Corrimento na Gravidez Varie?

É normal aumentar a quantidade de corrimento na gravidez, mas permanece com muco e sem causar desconforto à mãe. Este fluxo normal é favorecido pelo aumento dos níveis hormonais e congestão da mucosa durante a gravidez.

O Aumento do Corrimento na Gravidez é Normal?

Sim, é normal aumentar as secreções vaginais, especialmente no final da gravidez. Em geral, é caracterizada por um escoamento esbranquiçado, com pouco odor e muito líquido. O fluxo aumenta ainda mais visivelmente à medida que a entrega se aproxima, tornando-se mais espessa e mais mucosa do que o habitual. Se este aumento no fluxo fosse acompanhado de comichão, a perda de líquido transparente deixaria de ser normal e seria aconselhável consultar o médico ou a parteira.

Qual é a Causa do Aumento do Corrimento na Gravidez?

O fluxo é mais abundante em parte devido à maior produção de hormônios e maior suprimento de sangue para a área vaginal.

Posso Evitar o Corrimento na Gravidez?

As alterações no corrimento vaginal fazem parte da adaptação normal da gravidez, pelo que não podem ser evitadas. No entanto, algumas medidas higiênicas podem ser tomadas para reduzir o desconforto que pode ocorrer:

  • Mantenha a área genital limpa e seca. Mude a roupa interior com frequência.
  • Se o fluxo é realmente muito abundante, ele pode ser usado como um deslizamento para evitar molhar a roupa íntima. O uso de tampões não é recomendado.
  • Evite calças apertadas, material sintético, compressas ou papel higiênico perfumado e sabonetes com perfumes.

Corrimento na Gravidez Pode Prejudicar a Mãe ou o Bebê?

Na gravidez geralmente há fluxo fisiológico, o que não causa problemas para a mãe ou o bebê. No entanto, o fluxo também pode aparecer com características anormais (corrimento vaginal patológico), que geralmente é devido a infecções vaginais. Esse fluxo patológico pode causar desconforto à mãe, de intensidade variável, como coceira, irritação, ardor, entre outros. Às vezes pode, através da inflamação que gera, provocar o nascimento prematuro ou, eventualmente, a ruptura prematura da membrana amniótica, expondo o bebê aos riscos e dificuldades do parto prematuro.

É Aconselhável Usar Protetores Diários?

Os protetores diários são amplamente utilizados pelos pacientes, porém, não são recomendados, principalmente naqueles pacientes que geram irritação persistente.

Qual é a Cor Normal que o Corrimento Deve Ter?

Corrimento na Gravidez

A aparência normal do fluxo é mucosa, esbranquiçada, um pouco mais densa durante o segundo e terceiro trimestres da gravidez.

Quando Devemos ir ao Médico? Quais Sintomas São Alarmantes?

As mulheres devem procurar monitorização médica quando as mudanças de descarga vaginal a partir habitual, ou seja, muda a sua aparência, a cor, a quantidade, ou está associada com desconforto tais como prurido, irritação, ardor, dor ou aumento da sensibilidade durante o coito.

Quais Recomendações Devemos Levar em Consideração?

Na gravidez pode haver mais abundante do que o fluxo normal, o que é normal. No entanto, se o paciente percebe que muda na aparência ou desconforto associado, suspeitando de uma infecção vaginal, que é importante verificar com o seu obstetra que vai avaliar o fluxo de corrente para a gestão adequada e oportuna. Auto – medicação não é recomendada, nem usar tratamentos que serviram para outras situações.

Como o Corrimento na Gravidez é Diferente do Tampão Mucoso?

Durante o terceiro trimestre, geralmente no final, é possível perder o tampão mucoso, o que bloqueia o útero para impedir a entrada de bactérias nocivas e corresponde a uma descarga normalmente sangrenta mucoídeo-aparência (usualmente escura ou vermelho-de-rosa). Não é patológico e pode ser observado comumente associado a horas ou dias antes do parto. Muitas vezes é confundido com sangramento na gravidez, e com corrimento vaginal patológico.

Algumas Dicas Para Levar em Conta?

Corrimento na Gravidez

  • Use apenas roupa interior de algodão ou fibra natural. Roupas sintéticas podem irritar.
  • Não use papel higiênico perfumado ou géis de banho, porque os produtos químicos nos perfumes podem causar uma infecção.
  • Lave a roupa interior com sabão neutro, em vez de detergente normal.

O que Posso Fazer com Corrimento na Gravidez?

Não há muito o que fazer para eliminar o corrimento vaginal na gravidez, a menos que seja causado por uma infecção que possa ser tratada. Você pode usar lenços higiênicos para absorvê-lo, se achar necessário (não use tampões durante a gravidez).

As seguintes medidas ajudarão você a manter sua área genital limpa e saudável:

  • Sempre limpe-se da frente para trás depois de ir ao banheiro.
  • Use roupas íntimas de algodão.
  • Evite calças apertadas e meias de nylon.
  • Não use banhos de espuma, compressas perfumadas ou papel higiênico, ou sprays de higiene feminina ou sabonetes com perfumes ou desodorantes.

E não dê ducha, porque elas podem afetar o equilíbrio natural das bactérias benéficas que vivem na vagina e aumentam o risco de uma infecção. Além disso, os médicos e parteiras não aconselham a ducha durante a gravidez porque podem introduzir ar no sistema circulatório através da vagina. Isso, embora raramente aconteça, pode causar sérias complicações.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.