Doenças

11 complicações mais comuns que ocorrem na gravidez!

Estas são as complicações mais comuns que ocorrem na gravidez são para você estar atento e alerta quanto aos sintomas, para que tome as medidas corretas o mais rápido possível, estar grávida pode ser um momento difícil para muitas mulheres, isto porque pode ocorrer muitas complicações, algumas das quais podem ser difíceis de prevenir.

Além disso, caso ache que sua gravidez não é normal, é muito importante que consulte um médico imediatamente e tome todas as medidas necessárias para prevenir ou tratar as complicações na gravidez.

Elas incluem pré-eclâmpsia, sangramento, gravidez ectópica, diabetes gestacional, placenta prévia e náuseas, entre outros. Estar informado sobre estes riscos e tomar precauções para prevenção ou tratamento é essencial para saúde da mãe e da criança.

complicaçoes mais comuns que ocorrem na gravidez
complicações mais comuns que ocorrem na gravidez

Complicações mais comuns que ocorrem na gravidez:

1. Aborto espontâneo:

Quando uma gravidez termina por conta própria, antes da marca de 20 semanas, pode ser prejudicial e emocionalmente devastador, mas é uma das complicações mais comuns que ocorrem na gravidez.

Portanto, Caso tenha observado a eliminação de sangue, tecido ou outros fluidos corporais em quantidades consideráveis, isto pode ser um sinal de um aborto ou da morte do bebê. Este processo é irreversível uma vez iniciado, e ocorre em cerca de 10 a 20% das gravidezes, às vezes antes da mulher perceber que está grávida.

2. Parto prematura: 

Normalmente, o período gestacional para a maioria dos bebês é de cerca de 40 semanas. Mas, há alguns fatores que podem causar parto prematuro, o que é basicamente seu corpo tentando dar à luz antes do momento apropriado e essa é uma das complicações mais comuns que ocorrem na gravidez.

Alguns dos fatores de risco para esses problemas são: múltiplas crianças simultaneamente, tabagismo, excesso de peso ou ter antecedentes de parto prematuro em gravidezes anteriores. Caso detecte quaisquer sintomas de parto prematuro, como dor nas costas, náusea inexplicada, sangramento vaginal ou pressão na virilha, fale imediatamente com seu médico ou com uma parteira.

3. Pré-eclâmpsia: 

Esta é uma das complicações mais comuns que ocorrem na gravidez mais perigosos. A pré-eclâmpsia leve pode provocar pressão arterial alta e proteína na urina, mas as formas mais graves destes problemas podem ter uma série de efeitos colaterais que incluem falta de ar, tonturas, visão turva, náuseas, vômitos e dores de cabeça.

4. Diabetes gestacional: 

Muitas mulheres experimentam diabetes gestacional, até mesmo aquelas mulheres que não tinha alto risco de diabetes antes da gravidez. Este problema geralmente é temporário, e muitas vezes desaparecerá dentro de algumas semanas após o parto.

A causa da diabetes gestacional é que o corpo tenta cuidar do crescimento do bebê. Ou seja, o corpo aumenta a sensibilidade a insulina do corpo para que uma taxa de glicose extra esteja disponível para nutrição do bebê. Se essa resistência à insulina se tornar um grande problema, então pode ocorrer diabetes gestacional, o que significa que a grávida precisará alterar a dieta durante gravidez.

5. Gravidez ectópica: 

Uma gravidez ectópica é aquela em que o óvulo não é implantado na parede do útero, mas se instala em uma parte diferente do sistema reprodutivo da mulher. Isso geralmente acontece na trompa de Falópio, que não tem espaço suficiente para o desenvolvimento de um feto.

Quando esta implantação incorreta ocorre, não há como reverter os efeitos, e a gravidez deve ser tratada (e consequentemente terminada) para o bem da saúde da mãe. Além disso, as gravidezes ectópicas ocorrem em cerca de 2% das gravidezes e é uma das complicações mais comuns que ocorrem na gravidez

6. Placenta prévia: 

Neste problema médico, o útero da mulher está posicionado mais baixo do que na maioria das gestações, o que bloqueia parcialmente o colo do útero, sendo uma das complicações mais comuns que ocorrem na gravidez.

Quando você sofre deste problema, cujo não é necessariamente perigoso para grávida e nem para o bebê, pode ser necessário que tenha uma cesariana para facilitar o parto, pois o colo do útero deveria ser dilatado antes do parto.

Alguns dos sintomas comuns da placenta prévia incluem hemorragia vaginal vermelho e brilhante, e nenhuma dor durante a gravidez, particularmente no segundo e terceiro trimestres.

7. Pressão alta: 

A hipertensão durante a gravidez vem de várias maneiras, como hipertensão pré-existente, hipertensão crônica, que estava presente antes da gravidez, ou hipertensão gestacional, que pode ocorrer em qualquer momento durante a gravidez, muitas vezes nos últimos trimestres.

No entanto, este problema deve ser levado a sério, pois pode levar à pré-eclâmpsia e perda de proteína através da urina, que pode ter grandes efeitos a longo prazo, por isso, é importante estar atento às complicações mais comuns que ocorrem na gravidez.

8. Sangramento:

O sangramento durante a gravidez não é incomum, particularmente hemorragias ou manchas leves nas primeiras semanas após a concepção, quando o óvulo se prende à parede do útero. Esta implantação geralmente proporciona um sangramento leve, o que é uma preocupação para muitas mulheres.

O sangramento ocasional em outros pontos da gravidez, particularmente no segundo e terceiro trimestre, pode ser uma indicação de muitos outros problemas. Desta forma, você deve discutir quaisquer casos de sangramento com seu médico o mais rápido possível.

9. Náuseas e vômitos: 

A doença da manhã é uma das complicações mais comuns que ocorrem na gravidez e afeta a maioria das mulheres em um determinado momento da gravidez. Isso pode ser causado pela mudança nos hormônios dentro do corpo, e muitas vezes será interrompido após o primeiro trimestre.

No entanto, náuseas e vômitos podem durar mais tempo na gravidez em algumas mulheres e, como isso pode indicar problemas mais sérios, é melhor conversar com um médico caso esteja vomitando e a náusea esteja persistindo em seu segundo ou terceiro trimestre.

complicaçoes na gravidez
complicações na gravidez

10. Doença do Rh-negativo: 

Esta doença pode afetar as mulheres que possuem sangue Rh-negativo e ficam grávida de uma criança com um homem com sangue Rh-positivo. O corpo da mãe não reconhecerá as plaquetas sanguíneas estrangeiras e desenvolverá anticorpos como resposta.

Felizmente, a maioria dos bebês nascem antes desses anticorpos serem produzidos em grande quantidade, mas esta doença pode afetar futuras gravidezes, já que os anticorpos podem atravessar o feto, causando mais complicações mais comuns que ocorrem na gravidez.

11. Dor:

Existem alguns tipos de dor que você pode experimentar durante a gravidez. As dores nas costas durante o crescimento do bebê podem ser causadas pelos nervos comprimidos. Embora dor e desconforto durante a gravidez seja normal, a grávida deve conhecer seu corpo melhor do que qualquer um.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

3 comentários

  • […] Gravidez. […]

  • […] plantas podem ser prejudiciais ao organismo quando não são utilizadas da maneira correta. Grávidas, mulheres em período de lactação e crianças menores de seis anos não devem fazer uso do chá […]

  • […] mãos. Além da exposição ao sol, essas manchas também tendem a aparecer devido o estresse, gravidez, deficiência de vitaminas, envelhecimento, mau funcionamento do fígado e genética. […]

Deixe um comentário