Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Dicas de Saúde Dicas Variadas Medicamentos

Captopril – Para que Serve, Como Tomar e Efeitos Colaterais

Captopril – Para que Serve, Como Tomar e Efeitos Colaterais
Gostou do post? Avalie!

Captopril – Para que Serve, Como Tomar e Efeitos Colaterais que muitos ainda não conhecem. Além disso, o Captopril é um remédio vendido apenas com receita médica e indicado para quem tem a pressão alta, insuficiência cardíaca congestiva, infarto do miocárdio ou doença renal causada por diabetes.O Captopril atua diminuindo a pressão arterial, ocorrendo reduções máximas da pressão 60 a 90 minutos após consumido.

O Captopril atua através da inibição da enzima conversora de angiotensina I em II. O Captopril é uma alternativa eficaz, pois têm eficácia comprovada evidenciada em situações clínicas especiais ou secundárias à hipertensão, como cardiopatia isquêmica e insuficiência cardíaca.

Além disso o Captopril se destaca por seu efeito protetor na progressão de nefropatia diabética em pacientes hipertensos ou não. A maioria dos estudos foram realizados com o Captopril e o enalapril, dos quais o primeiro possui menor custo, é produzido em larga escala pelos laboratórios oficiais brasileiros e faz parte da relação Nacional de medicamentos Essenciais.

Para que Serve Captopril: O Captopril é indicado para tratar pacientes com:

  • Hipertensão;
  • Insuficiência cardíaca congestiva (usado com outros medicamentos – diuréticos e digitálicos);
  • Infarto do miocárdio;
  • Nefropatia diabética (doença renal causada por diabetes).

Como Usar Captopril: O Captopril deve ser utilizado com a supervisão médica, seu uso para a hipertensão é de 1 comprimido de 50 mg, por dia, 1 hora antes da refeição ou 2 comprimidos de 25 mg, 1 hora antes das refeições, a cada dia.

Se não houver redução da pressão arterial, a dose do Captopril poderá passar para 100 mg, 1 vez ao dia ou 50 mg duas vezes ao dia. Já o uso do Captopril para a insuficiência cardíaca é de 1 comprimido de 25 mg a 50 mg, 2 a 3 vezes ao dia, uma hora antes das refeições.

Precauções e Advertências de Captopril:

Advertências: Você deve relatar imediatamente ao seu médico quaisquer sinais ou sintomas que possam indicar presença de angioedema, como por exemplo: inchaço da face, pálpebras, lábios, língua, laringe e extremidades, assim como dificuldade para engolir ou respirar, ou rouquidão. Nestes casos, você deve interromper o uso de Captopril.

Precauções: Você deve relatar imediatamente ao seu médico qualquer sintoma de infecção (p.ex., dor de garganta, febre), que não esteja respondendo ao tratamento normalmente usado.

A transpiração em excesso e a desidratação podem levar a uma elevada queda da pressão arterial, por causa da redução do volume de líquidos. Se você tem insuficiência cardíaca, é recomendável que você não aumente rapidamente a atividade física, enquanto estiver usando Captopril.

Uso em Crianças: A segurança e a eficácia do Captopril em crianças não foi estabelecida.

Uso em Idosos: Os inibidores da ECA (por exemplo, captopril) são considerados mais efetivos na redução da pressão arterial em pacientes com atividade de renina plasmática normal ou alta. Como esta atividade pode diminuir com o aumento da idade, os efeitos dos inibidores da ECA (diminuição da pressão arterial) podem ser menores em pacientes idosos. Porém, como a função renal também pode diminuir com a idade, pode haver aumento das concentrações destes inibidores no sangue, compensando a menor quantidade de renina.

Em alguns pacientes idosos, os efeitos hipo tensores (diminuição da pressão arterial) destes medicamentos podem ser menores e, assim, poderão precisar de maiores cuidados, quando receberem um inibidor da ECA.

Uso de Captopril na Gravidez e Amamentação: O uso de Captopril durante a gravidez pode causar danos e até morte ao feto. Quando a gravidez for detectada, Captopril deve ser descontinuado o quanto antes.

Você deve parar de amamentar ou interromper o uso de Captopril, pois há riscos potenciais à criança, portanto informe ao seu médico se estiver grávida, amamentando ou iniciar amamentação durante o uso de Captopril.

Efeitos Colaterais do Captopril: Os efeitos colaterais mais frequentes do Captopril podem ser tosse seca e persistente, e a dor de cabeça. Podendo ocorrer também diarreia, perda do paladar.

Em indivíduos com insuficiência renal crônica, podem induzir hiperpotassemia. Em pacientes com hipertensão renovascular bilateral ou com rim único, podem promover redução da filtração glomerular com aumento dos níveis séricos de creatinina e ureia. Alguns outros efeitos colaterais do Captopril podem ocorrer, como neutropenia, síndrome nefrótico, rache cutâneo, distúrbio do paladar e febre medicamentosa.

Estes efeitos colaterais do Captopril podem diminuir com o uso prolongado. A ocorrência de neutropenia parece estar mais associada aos pacientes com insuficiência renal e à associação com Alopurinol

Insuficiência renal aguda pode ocorrer, particularmente em pacientes com estenose bilateral da artéria renal . Este efeito é comum a todos os inibidores Tonteira, desmaio e delírio podem ocorrer nos primeiros dias de tratamento com captopril, além da tosse seca e persistente, por isso muitas vezes não há necessidade de suspender a medicação.

Obs: O Captopril não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

Este artigo foi útil?
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie este post)
Loading...

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Avalie este post)
Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.