As 5 Maneiras de Tratar Síndrome do Intestino Irritável

Revisado por

Dermatologia graduada pela Unicamp

Especialista do Dicas de Saúde

As 5 Maneiras de Tratar Síndrome do Intestino Irritável
4.8 (95.81%) 129 votos

As Maneiras de Tratar Síndrome do Intestino Irritável de forma simples e natural. Além disso, a síndrome do intestino irritável pode ser tratada quando detectada à tempo. Este problema, também conhecido como cólon irritável, muitas vezes é acompanhada por sintomas, tais como indigestão, inflamação intestinal, cãibras intestinais, entre outros, mas pode ser tratada por remédios naturais eficaz junto com bons hábitos alimentares.

Síndrome do Intestino IrritávelA síndrome do intestino irritável é um dos problemas de saúde que cresce cada vez mais, assim como afeta cada vez mais pessoas em idade jovem. Embora as suas causas diretas sejam desconhecidas, acredita-se que esta síndrome está relacionada a uma dieta pobre em fibras, grandes refeições ou a ingestão de certos alimentos, como frutas cítricas, café ou leite.

Como Tratar Síndrome do Intestino Irritável de Forma Eficaz: Para tratar de forma eficaz, a principal coisa a ter em mente é uma série de modificações na dieta com objetivo de eliminar a mesma comida que o intestino humano é incapaz de remover completamente. Alguns destes alimentos que devem ser eliminados são cítricas, refrigerantes, produtos lácteos, molhos e geralmente aqueles alimentos que causam flatulência.

Idealmente, todos esses alimentos devem ser substituídos por outros que facilitam o trânsito intestinal, com o mínimo de gordura e rico em fibras e proteínas. Alguns destes alimentos são frutas e legumes, para não mencionar a água, uma vez que, nestes casos, é vital estar hidratado.

Atualmente, existem medicamentos cujo principal objetivo é combater a síndrome do intestino irritável, embora não seja totalmente adequado, uma vez que muitos deles são compostos de substâncias que podem agravar a situação. Existem muitos remédios caseiros que podem ser usados para combater a síndrome do intestino irritável. Então, confira As 5 Maneiras de Tratar a Síndrome do Intestino Irritável.

Aloe Vera Para Tratar Síndrome do Intestino IrritávelA seiva contida no interior da aloe vera tem um efeito curativo forte para nosso intestino, capaz de reparar a mucosa intestinal, além de reduzir a inflamação. A maneira mais eficaz de usá-la é misturando-a com água e mel e em jejum.

Suco de Cenoura Para Tratar Síndrome do Intestino IrritávelOs vegetais são essenciais para reverter a síndrome do intestino irritável, principalmente a Cenoura. Este suco de vegetais pode aliviar a sensação de dor. É um dos remédios populares mais eficazes para a síndrome do intestino irritável.

Intestino Irritável

Maçã e Mamão Para Tratar Síndrome do Intestino IrritávelEstas duas frutas têm um tremendo poder de cura, além de favorecer definitivamente quase qualquer doença intestinal. Faz um suco com um pedaço de cada uma dessas frutas e misture com o Suco de Limão. Tome com o estômago vazio e comece a ver resultados em breve.

Camomila Para Tratar Síndrome do Intestino IrritávelO chá de camomila é uma das mais poderosas ervas anti-inflamatórias, bem como acalma muito sintomas de intestino irritável. Preferencialmente, adoce a infusão com mel ou açúcar.

Óleo de Rícino Para Tratar Síndrome do Intestino IrritávelNo caso do óleo de rícino, seu objetivo é tratar cólon, sendo absorvido pela pele do abdômen, em vez de ingerido diretamente.

Você deve molhar um pano com óleo e colocá-lo no abdômen. Em seguida, uma água quente é colocada acima do pano e deixada esfriar. O óleo de rícino está disponível em qualquer loja de alimentos saudáveis.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Wanessa Matos

Drª. Wanessa Matos Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *