Câncer Dicas de Saúde Doenças

As 13 Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres

As 13 Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres

Revisado por

Educação Física pela UGF

Especialista do Dicas de Saúde

As 13 Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres
4.8 (95.53%) 152 voto[s]

As Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres. A saúde é o bem mais precioso que possuímos. Normalmente. Alem disso,  as mulheres são mais preocupadas com a saúde do que os homens. São elas que procuram mais vezes o médico para fazer exames e despiste de doenças, evitando problemas maiores. Existem fatores que influenciam o aparecimento de doenças, como o sedentarismo, excesso de peso ou uma alimentação rica em frituras e gorduras.

Doenças Mais Temidas

Um estilo de vida saudável é muito importante para prevenir doenças, mas nem sempre é fácil fazer uma alimentação equilibrada e praticar exercício físico, pois há que conciliar isto com o trabalho, a casa e a família. Como já referimos, a mulher preocupa-se mais com a saúde, por isso, Então confira As 13 Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres.

Ovário Policístico: É um problema hormonal que afeta as mulheres em idade reprodutiva. Os principais sintomas são: uma menstruação irregular, elevados níveis de testosterona e pequenos quistos nos ovários. Se não for tratada, esta doença pode levar à infertilidade. Agora já sabe quais as doenças que mais afetam as mulheres e como preveni-las. Se tem algum destes sintomas, procure seu médico para fazer exames de despiste.

Corrimento Vaginite: Quando existe uma infeção vaginal existe um corrimento com odor desagradável, também chamado de vaginite. Este pode ser evitado se usar roupa interior de algodão, evitar o uso de antibiótico, praticar uma higiene intima adequada, fizer uma alimentação equilibrada e for no ginecologista periodicamente, A Vaginite se tornou uma das Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres por causa do aumento de pessoas com essa doença.

Depressão: A doença do século XXI afeta 350 milhões de pessoas em todo o mundo, principalmente mulheres. Alterações hormonais podem estar na origem desta doença que provoca crises de choro, desinteresse pelo mundo em redor e levar ao suicídio.

Evite situações de estresse e ansiedade, e procure sempre manter-se tranquila. É essencial a ajuda de um profissional para contornar a situação, pois pessoas com depressão tem a autoestima em baixo e não conseguem ultrapassar o problema sem ajuda médica

Alzheimer: Uma doença degenerativa e progressiva que afeta o cérebro e provoca demência em pacientes idosos, até levar à morte. Ainda não existe cura para a doença, o que pode ser um problema grave a nível mundial, pois especula-se que em 2050 existirão 115 milhões de pessoas com Alzheimer em todo o mundo.

A única forma de prevenir a doença é estimular o cérebro com atividades como fazer palavras cruzadas ou ler. Também é importante praticar exercício físico e fazer uma alimentação equilibrada e variada. E não se esqueça de dormir 8 horas por noite, para o cérebro descansar.

Vaginose Bacteriana: Como o próprio nome indica, é causada por uma bactéria que existe naturalmente no organismo, mas sofre alterações quando há um desequilíbrio da flora vaginal, que aumenta o número destes micro-organismos na vagina. A Vaginose Bacteriana se tornou uma das principais Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres porque ela se Caracteriza-se por um forte odor e corrimento vaginal. Utilizar preservativo nas relações sexuais e fazer uma higiene adequada podem prevenir a doença.

Osteoporose: Com o inicio da menopausa, as mulheres sofrem com a falta de cálcio no organismo, o que causa osteoporose. É algo muito comum nas mulheres que afeta 3 em cada 4 pessoas do sexo feminino. O sedentarismo, álcool, tabaco e uma alimentação incorreta agravam o problema.

Pratique atividade física, como caminhadas, para ter ossos saudáveis. O corpo precisa de vitamina D para fortalecer os ossos, e nada melhor do que apanhar sol moderadamente.

Infeção urinária: Quando a região íntima sofre uma queda de estrogênio e micro-organismo, fica mais suscetível ao aparecimento de infeções. Cerca de 90% das mulheres têm infeção urinária, durante a idade reprodutiva.

Apesar de não ser uma doença sexualmente transmissível, ter relações sexuais sem preservativo pode originar ou agravar o problema. Por isso, não se esqueça de utilizar o preservativo e faça uma higiene correta da zona intima. Para prevenir esta doença ingira muitos líquidos, evite reter a urina na bexiga por muito tempo e pratique uma alimentação saudável e equilibrada.

Câncer do colo do útero: Este problema esta associado à menopausa, pois é mais comum em mulheres com idade entre os 50 e os 60 anos. É o quarto tipo de Câncer mais comum nas mulheres e os sintomas não surgem imediatamente. Se não houver exames que comprovem o diagnóstico, a doença leva entre 10 a 20 anos para se desenvolver.

O câncer do colo do útero é mais comum em pessoas com hipertensão, obesidade e diabetes, mas pode surgir em qualquer pessoa e a prevenção passa por consultas regulares no ginecologista, para fazer exames de rotina, que permitem detetar a doença ainda numa fase inicial.

Candidíase: É uma doença genital, embora não esteja associada a relações sexuais. Caracteriza-se por um corrimento vaginal, esbranquiçado e espesso, originado por uma infeção na zona genital. Estudos indicam que 75% das mulheres têm este problema. Não é uma doença sexualmente transmissível, embora o sexo sem proteção possa causar ou agravar o problema, Atualmente ela se tornou umas das Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres por causa do aumento entre as Relações que vem aumentando ano por ano.

Para prevenir o aparecimento da doença opte por usar roupa interior de algodão, limpe bem a zona genital depois do banho, use preservativo e pratique uma alimentação equilibrada.

Mioma: Trata-se de um tumor benigno que surge no útero, sem causa aparente, e que pode permanecer nele durante anos, sofrendo alterações repentinas. Os principais sintomas são: menstruação por demasiados dias, com grande fluxo de sangue, anemia, perda de sangue sem estar com a menstruação e dores. Não se sabe o que causa esta doença, mas ela é mais comum em mulheres negras e obesas.

Papiloma Vírus Humano: É uma doença sexualmente transmissível, que provoca problemas de pele, infeções genitais ou Câncer do colo do útero. Existem mais de 100 tipos desta doença e o melhor tratamento é mesmo a prevenção, por isso, proteja-se quando tiver relações sexuais.

Câncer da mama: O Câncer da mama é um tumor maligno que afeta, maioritariamente, as mulheres. Quando as células se desenvolvem muito rápido, surgem pequenos nódulos no peito, que precisam de tratamento imediato. Este é o tipo de tumor mais mortífero, mas os tratamentos têm evoluído e 85% das mulheres com Câncer da mama conseguem recuperar.

Não se sabe o que origina a doença, mas o excesso de peso, um estilo de vida sedentário, ter filhos tardiamente e o histórico familiar são fatores de risco. Acredita-se que é possível prevenir a doença, praticando atividade física regularmente e fazendo uma alimentação equilibrada. Mulheres acima dos 45 anos devem fazer uma mamografia anualmente, para detetar a doença precocemente.

Endometriose: O tecido que cobre a parte interna do útero começa a descamar, acabando por sair da cavidade uterina e se instalando no peritônio ou ovários. Isto causa fortes dores menstruais, diarreia, dores nas relações sexuais, infertilidade, entre outros problemas. E não são conhecidas as causas da doença, por isso, não à como prevenir.

0/5 (0 Reviews)
Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.