Scroll Top

Como EMAGRECER Definitivamente de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...

Coloque seu E-mail:

Como Conquistar o homem dos seus Sonhos

Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Sintomas

Os 6 Principais Sintomas de Pedra na Vesícula

Antes de ler o Artigo, Curta-nos Abaixo!

Os 6 Principais Sintomas de Pedra na Vesícula que todos devem ficar atentos. Além disso, também chamada de cálculo biliar, e colelitíase pelos médicos, a Pedra na Vesícula afeta cerca de 20% da população mundial, e ocorre em um órgão pequeno chamado de vesícula biliar.A vesícula biliar se localiza próxima ao fígado e tem a função de armazenar a bile produzida por ele. A bile auxilia na digestão das gorduras e contém grande quantidade de sais biliares que são sintetizados a partir de várias substâncias, entre elas o colesterol.

Quando algumas dessas substâncias aumentam a sua concentração na bile, elas podem ir se acumulando na vesícula. Ao passar dos meses e anos, esses acúmulos formam os cálculos, também chamados de pedras. Então, confira agora Os 6 Principais Sintomas de Pedra na Vesícula:

Causas de Pedras na Vesícula: As Pedras na Vesícula são formadas por alterações na composição da bile, e alguns fatores que podem causar essas alterações são:

  • Dieta rica em gorduras e carboidratos simples, como pão branco e refrigerantes.
  • Dieta pobre em fibras, como alimentos integrais, frutas e verduras.
  • Diabetes.
  • Colesterol alto.
  • Falta de atividade física.
  • Hipertensão arterial.
  • Fumo.

Principais Sintomas de Pedra na Vesícula: Estes sintomas acontecem em poucos casos e, por isso, é possível descobrir a Pedras na Vesícula durante exames de rotina, como ecografias abdominais.

  • Dor forte no lado direito da barriga até 1 hora após comer.
  • Febre acima de 38º C.
  • Cor amarelada nos olhos ou na pele.
  • Diarreia constante.
  • Enjoos ou vômitos, especialmente após as refeições.
  • Perda de apetite.

Porém, estes sintomas acontecem em poucos casos e, por isso, é possível descobrir a Pedras na Vesícula durante exames de rotina, como ecografias abdominais. As pessoas com maior risco de Pedra na Vesícula devem marcar uma consulta no gastroenterologista para manter vigilância e identificar o problema desde o início.

A vesícula biliar é responsável por armazenar a bile, um líquido esverdeado que ajuda na digestão das gorduras. No momento da digestão, a bile atravessa os canais biliares e chega ao intestino, mas a presença de pedras pode bloquear esse caminho, causando inflamação da vesícula e dor. Também pode acontecer de as pedras serem pequenas e conseguirem atravessar os canais biliares até chegarem ao intestino, onde serão eliminadas juntamente com as fezes.O que Acontecer se Você não Tratar as Pedras na Vesícula: Quando as pedras são pequenas e não causam dor, a pessoa pode passar a vida inteira sem sentir nada. No entanto, as pedras podem crescer e bloquear os canais biliares, causando complicações como:

  • Colecistite: inflamação da vesícula com aumento do risco de infecção. Os sintomas são dores abdominais constantes, mesmo quando a pessoa não se alimenta, febre e vômitos.
  • Coledocolitíase: quando o calculo sai da vesicula e obstrui o coledoco, provocando icterícia. os sintomas costumam ser pele e olhos com coloração amarelada.
  • Colangite: infecção grave causada por bactérias, podendo levar à morte. Os sintomas são dor abdominal, febre, calafrios e icterícia.
  • Pancreatite Aguda: quando a pedra entope um ducto do pâncreas. Os sintomas são dor abdominal intensa, náuseas, vômitos e icterícia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.